21/02/2019 às 22h12min - Atualizada em 21/02/2019 às 22h12min

​Cheque Especial... Danger!


O cheque especial é um tipo de crédito pré-aprovado para você usar a qualquer momento, oferecido pelos bancos aos correntistas, e é bem aí que mora o perigo!  O limite depende diretamente do perfil do titular da conta corrente, mas o saldo extra que deveria ser um aliado apenas em casos de imprevisto, pode se transformar num grande problema para nossas finanças.

Com altas taxas de juros, a dívida do cheque especial pode sair do controle e virar uma bola de neve. Ele é um recurso caro pois o banco cede esse crédito sem pedir nenhuma garantia, ao contrário do que acontece com o empréstimo pessoal, por exemplo, onde você precisa ir até o banco, negociar as condições, sofrer uma análise de crédito mais detalhada e assinar um contrato para conseguir o dinheiro emprestado.

O grande problema ocorre quando você se acostuma com a facilidade de lançar mão do dinheiro com frequência. Agindo assim, fica fácil cair na armadilha de fazer suas despesas contando sempre com aquele limite de crédito. Por mais que ele esteja ali, fácil de usar e aparecendo na sua conta, é preciso lembrar que aquele dinheiro não é seu!

Todavia, caso você já esteja endividado no cheque especial, e não possua o valor integral para pagar a dívida, é mais assertivo quitá-la em suaves prestações do que optar por parcelas altas. Não é nada agradável estender parcelamentos, mas para não descontrolar a vida financeira, por vezes é necessário demorar um pouco mais para se ver livre da dívida. A melhor postura é escolher uma forma de pagamento que você possa cumprir pontualmente e sem gerar mais dívidas.

Procure seu gerente, exponha sua atual condição financeira e solicite uma negociação adequada ao seu orçamento. Durante a conversa, tire todas as dúvidas sobre prazos, valores das parcelas e eventuais descontos nos pagamentos à vista.

Outra boa saída para pagar a dívida do cheque especial pode ser a utilização do crédito consignado, isso porque as taxas de juros desse tipo de empréstimo são bem reduzidas. A vantagem de se utilizar o crédito consignado para pagar dívidas altas é a praticidade e segurança, já que o valor é deduzido diretamente da folha de pagamento do correntista.

Ainda existe a da portabilidade de crédito, que consiste na transferência da dívida de um banco para outra instituição financeira que ofereça juros menores. Neste caso, o processo é feito gratuitamente e o cliente tem a liberdade de escolher um novo banco. 

Contudo, se você é uma pessoa impulsiva e suas finanças estão descontroladas, cancele a linha de crédito até que a dívida do cheque especial seja completamente quitada! Situações extremas requerem medidas extremas!

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp