10/02/2021 às 11h24min - Atualizada em 10/02/2021 às 14h20min

Novozymes doa 100 computadores para crianças e adolescentes

SALA DA NOTÍCIA PAULA BATISTA
Divulgação
Incentivar o estudo, a cultura e a pesquisa é uma das propostas das atividades sociais da Novozymes, multinacional dinamarquesa que atua no segmento da biotecnologia (enzimas e microrganismo), Marista Escola Social Ecológica que atende gratuitamente mais de 300 crianças e adolescentes. Neste ano, a empresa está doando cerca de 100 laptops para os alunos da escola.

O objetivo é contribuir para que essas crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade social, com o conhecimento, a pesquisa e o estudo possam mudar o jeito como enxergam a si mesmas e a comunidade onde vivem. “Reunimos nossos recursos, em uma grande ação social da empresa, para oportunizar que esses jovens possam se desenvolver e estar mais conectados com o mundo globalizado. O conhecimento e o acesso à pesquisa podem fazer muita diferença no mundo”, destaca William Yassumoto, presidente Regional da Novozymes Latin América. “Esperamos que esse seja um incentivo e uma ajuda para que consigam desenvolver seus estudos principalmente nessa nova etapa, de grandes transformações pelas quais todos estamos passando”, completa o presidente.

Impacto da pandemia

O acompanhamento da Escola durante a pandemia da covid-19 faz com que os alunos possam receber os materiais de diversas maneiras. “Nos cercamos de muito diálogo com as famílias, oferecendo entregas presenciais de atividades com hora marcada, atividades online e até via redes sociais, já que muitos adolescentes têm o acesso ilimitado de internet somente no celular”, explica Gillys Vieira da Silva, diretora do Marista Escola Social Ecológica.

A doação dos computadores vai beneficiar o acesso desses adolescentes as atividades remotas. “Vamos monitorar por meio de indicadores de aprendizagem, fizemos uma análise de todas as famílias para falarmos desse acesso com qualidade. Com os notebooks os estudantes terão acesso maior na nossa plataforma, o que com certeza impactar a rotina e também a aprendizagem”, reforça.

Boa ação que transforma

Franciele Souza Santos Cechelero, mãe do aluno Pedro Henrique do 9º ano, comenta que esse é mais um incentivo para a motivação para os estudos. “Ajudou demais recebermos os computadores. O Pedro estudava com as atividades impressas e o celular, que nós sabemos que tem problemas, por travar, ter tela menor, a voz às vezes saia muito baixa e ele não conseguia conversar com os professores da melhor maneira. Agora com o computador ele tem o acesso à plataforma, a tela é maior e ajuda na aula diária. Ele está mais motivado a estudar. O Marista Escola Social Ecológica é fundamental no desenvolvimento dele como aluno, sou muito grata”. Pedro Henrique, 14 anos, concorda: “Está me ajudando a fazer as tarefas, celular travava muito, ainda mais em dia que tinha muitas atividades. Agora com o computador mudou tudo, podemos ver os professores, as aulas com muito mais tranquilidade. Quero ser jogador de futebol no futuro, mas sem deixar de estudar para ser alguém na vida”.

Projeto Inspirar
Esta ação faz parte do Projeto Inspirar, anunciado pela Novozymes em 2019. O objetivo do projeto é permitir que a empresa possa inspirar colaboradores e comunidade, ao disponibilizar recursos que visam contribuir com o enfrentamento de crises locais e também estimular que os colaboradores da empresa usem pelo menos 1% do seu tempo de trabalho em atividades que possam causar algum impacto positivo na sociedade.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp