11/02/2021 às 08h57min - Atualizada em 11/02/2021 às 11h20min

Arritmia cardíaca pode aumentar durante o verão

O Pilar Hospital conta com o procedimento de ablação e equipamento para mapeamento de arritmias mais complexas, com grande taxa de sucesso no tratamento

SALA DA NOTÍCIA PAULA BATISTA
Pixabay
A arritmia cardíaca pode ser definida como qualquer ritmo cardíaco fora da normalidade. A manifestação clínica é o aceleramento ou mesmo um descompasso no ritmo dos batimentos cardíacos, que resulta em uma sensação de palpitação. Quando ocorre, a pessoas podem ter tontura, dor no peito, náuseas, desmaio ou até mesmo morte súbita. Pode ter origem nos átrios ou nos ventrículos, sendo esta última a arritmia que pode ser mais perigosa.

O verão é a época do ano em que podem ocorrer fatores que favorecem o desencadeamento das arritmias. O clima mais quente pode gerar estresse corporal para o controle da temperatura do corpo. Quem mais sofre com isso são as pessoas com doenças cardiovasculares e os idosos, conforme alerta o Dr. Márcio Ortiz, cardiologista do Pilar Hospital.

“O forte calor agrava a situação dos pacientes cardiopatas, pois a desidratação e o suor excessivo ocasionam a perda de eletrólitos importantes para o funcionamento adequado do coração”, comenta o médico. “Os idosos são mais acometidos com elevações da pressão arterial. Já a ocorrência de quedas súbitas de pressão arterial ocorre mais frequentemente em mulheres jovens e magras”. Outro fator muito relacionado ao verão é o excesso da ingestão de álcool, que pode resultar em desencadeamento de arritmias cardíacas, incluindo uma específica, chamada fibrilação atrial.

O diagnóstico das arritmias cardíacas pode ser realizado com um simples eletrocardiograma quando feito durante o evento da arritmia. Existem uma gama de exames cardíacos que podem ser necessários. O Pilar Hospital apresenta uma grande infraestrutura em seu departamento de cardiologia, dispondo de todos os exames cardiológicos para investigação de doenças cardíacas, entre eles ecocardiograma, teste ergométrico, cateterismo cardíaco, ressonância e cintilografia cardíaca.

O hospital dispõe também de procedimentos de exames mais complexos, envolvendo tanto o diagnóstico das arritmias, como a possibilidade de realização de tratamento curativo. “Este procedimento chama-se Estudo Eletrofisiológico e Ablação. É um exame que estuda o sistema elétrico normal do coração e faz o diagnóstico de causas de arritmias cardíacas. O exame é realizado através de cateteres (cabos) que são introduzidos através dos vasos sanguíneos até o interior do coração”, explica Dr. Márcio.

O procedimento de Ablação tem uma alta taxa de sucesso na eliminação do mecanismo que causa a arritmia, segundo relata o médico. “Primeiramente se faz o diagnóstico do mecanismo da arritmia, que pode ser simples ou mais complexa. Após o diagnóstico pode-se fazer a Ablação por radiofrequência. É um tipo de cauterização da causa da arritmia, ou seja, a eliminação do mecanismo que causa a arritmia”, comenta.

O Pilar Hospital possui também um equipamento para mapeamento e Ablação de arritmias complexas, chamado de Sistema Carto ou de Ablação Complexa. É um aparelho que permite fazer uma reconstrução tridimensional dos mecanismos complexos. Assim, permite uma taxa maior de sucesso em eliminar a arritmia. “De uma forma geral, a taxa de sucesso depende do mecanismo da arritmia, variando de 70% a 80% nos casos complexos e chegando a 97% nos casos mais simples”, explica.

O médico recomenda que as pessoas tomem os devidos cuidados durante o verão e em outras épocas do ano para controlar os fatores de risco para doenças cardiovasculares, como controle rigoroso da pressão arterial, da obesidade, sedentarismo e do diabetes. “É preciso fazer uma avaliação médica de rotina e realização dos exames, se forem indicados. E falando mais especificamente, durante o verão, devemos procurar fazer uma ingestão de líquidos mais frequente, uma alimentação balanceada e ter uma vida mais saudável sem ingesta excessiva de álcool”, conclui.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp