12/02/2021 às 16h30min - Atualizada em 12/02/2021 às 16h24min

Juberto Galdino mobiliza mais de 50 cidades em 1 ano pra falar sobre direitos humanos

SUAIMPRENSA - cidadenoar.com
Juberto Luis Galdino, iniciou um projeto de políticas púbicas voltado a prevenção às drogas, as pessoas na dependência química, pessoas em vulnerabilidade social  com voluntários  e realizou ações que atingiu mais de 20 mil pessoas.

Composta por representantes de organizações sociais, a Reage tem entre seus objetivos a promoção do relacionamento, troca de experiências entre gestor público e segmentos da sociedade civil, por meio do conhecimento, divulgação, reflexão e aplicação das políticas públicas.
Há três anos a Reage desenvolve atividades em Botucatu e região centro oeste  (SP).

Participantes durante evento que debateu o tema das drogas na Câmara Municipal.
As ações de voluntariado de prevenção às drogas:
  • Ciclo de Diálogos na Comunidade
    O ciclo de diálogos busca identificar os problemas relacionados às drogas, com participação da população, entidades, guardas municipais e CRAS. Para criar estratégias de prevenção para adolescentes no trafico ou no uso de substâncias químicas.
  • Impacto na Comunidade – Prevenção às drogas:
    Atividade realizada no Monte Mor, participação de grupos de dança, teatro, comes e bebes com apoio da prefeitura e entidades sociais comparecendo mais de 1.000 (mil), pessoas no evento.
  • Organização do II MÊS de Cuidados e Prevenção às Drogas:
    Atividades em todos os CRAS, CREAS, em todas as unidades de saúde, capacitação para educadores e unidade básicas de saúde, audiência publica, visitas de escolas Municipais e Estaduais no Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), alcançando diretamente mais de 2 mil pessoas, fora a divulgação nas rádios, jornais e televisão.
  • I Fórum REGIONAL de Politicas Publicas Voltada às CTs – Comunidades Terapêuticas:
    Evento realizado no intuito de fortalecer as comunidades terapêuticas em Botucatu e região, através da participação da Febract – Federação Brasileira das Comunidades Terapêuticas, 7 cidades participaram, publico de 190 pessoas.
  • Encontro ESTADUAL de Conselhos sobre Drogas (Comads):
    No intuito de fortalecer o centro oeste paulista, para realizar o IX Encontro de Conselhos Municipais sobre Drogas do Estado de São Paulo. O evento foi promovido pelo Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (CONED) da Secretaria de Justiça e Cidadania, Prefeitura de Botucatu e Grupo Reage. Estiveram presentes 43 cidades e público estimado de 190 pessoas.
  • Primeira COOPERATIVA Social para Comunidades Terapêuticas do Estado SP
    Criação da “Primeira Cooperativa Social voltada a Dependentes Químicos do Estado de São Paulo”, através do Auxilio da Sescoop – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo e Febract – Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas.
  • Assessoria no Município de Buri-SP – Criação (Comad):
    Municípios estão solicitando assessoria do Grupo para implantar Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas.
  • Audiência Publica sobre o Cooperativismo:
    Participação da Sescoop – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo e Febract – Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas, Gestores do Município e Projetos voltados ao cooperativismo e economia solidária.
  • Minuta da lei para criação do Conselho Municipal de Politica sobre Drogas (Comad):
    O Grupo Reage reuniu a rede de cuidados para construção da criação do conselho, acompanhando todas as reuniões no período de 2 anos, estando hoje em avaliação pelo Jurídico da prefeitura para ser encaminhado para Câmara de Vereadores.
  • Atingiram diretamente 2.000 pessoas, indiretamente através de rádios, jornais, tvs (Tv Câmara e Tv Tem), no mínimo 20 mil pessoas em 2019.
  • Trouxeram para o Município de Botucatu 50 cidades.
  • Mobilizaram Executivo, Legislativo, Judiciário, ONGs e secretaria estadual.
    -12 entrevistas nas rádios municipais.
  • 15 Notícias nos jornais, 2 no site do Governo de São Paulo.
  • Organizaram com parceria eventos Municipais, Regionais e Estadual.
  •  
Juberto Galdino, 35 anos, nasceu em Botucatu. De família muito simples, ele nos contou que chegou a pedir comida pela cidade, antes de ir para o orfanato aos 4 anos, pois o pai não tinha condições de criá-lo. A Casa dos Meninos foi seu lar por 14 anos. Aos 18, se mudou para Curitiba após ter um irmão assassinado.
Morou em Curitiba durante 15 anos, onde sofreu necessidades financeiras, chegando a trabalhar um período catando reciclados para ganhar alguns trocados. Foi assim que ele conheceu o famoso “Sopão”, a ação que entrega sopas para os moradores de rua da cidade. Juberto foi acolhido pelo grupo, que chama hoje de família, ali ele sentiu um chamado, começou a participar dos projetos e acabou virando ativista social, lutando pela prevenção às drogas e ao combate à fome e a miséria.
 
Juberto dá palestras e consultorias para outros municípios. E para conseguir amparar ainda mais o coletivo, ele cursa atualmente Gestão Pública.
  • A história de Juberto é inspiradora, porque embora ele tenha tantos motivos – como a fome e a violência, para se render a criminalidade, ele decidiu seguir um outro caminho: o caminho do amor e da compaixão.
  •  
     Siga Juberto Galdino nas Redes :
@juberto Galdino
 
Alex Mídia
    
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp