15/02/2021 às 09h30min - Atualizada em 15/02/2021 às 10h20min

Viagens de intercâmbio voltam a ser realidade

Retomar os planos de estudar o exterior já é possível desde que haja planejamento

DINO
https://coris.com.br/seguroviagem/


Muitas pessoas estão inseguras com os intercâmbios neste momento de pandemia, mas apesar do atípico cenário atual, o intercâmbio continua sendo muito importante para colher novas visões de mundo, diferentes perspectivas, culturas e experiências com outros idiomas. Segundo pesquisa do The Student World, 83% de 4,5 mil entrevistados afirmam que ainda planejam fazer um intercâmbio e, com os descontos que estão sendo oferecidos atualmente, pode-se dizer que é chago o momento de voltar a sonhar.

Desde que sejam tomadas algumas medidas e cuidados com a escolha do local, higiene, segurança e a política de migração, este é o momento para comprar programa de intercâmbio. Esta é a opinião da diretora da Belta (Assiociação Brasileira de Agências de Intercâmbio), Neila Chammas, que informa que muitas escolas estrangeiras estão oferecendo descontos de até 35%, nunca vistos antes no setor de intercâmbio.

O setor de intercâmbio registrou aumento de 20% no número de intercambistas em 2019 em relação a 2018 e movimentou US$ 1,2 bilhão. A expectativa da Belta é que o setor volte a ficar aquecido a partir do segundo semestre de 2021 com o avanço da vacinação na maioria dos países, que são os principais destinos dos estudantes brasileiros.

Portanto, um estudante que pretende fazer um intercâmbio e está se perguntando se já é hora de retomar os planos, a resposta é sim. Todavia, é importante pensar em destinos alternativos e mais acessíveis do ponto de vista econômico. Além de pesquisar bem e verificar a situação do país antes de fechar qualquer programa no exterior.

Neste momento, é primordial entender, de fato, o que está sendo contratado: pedir todos os documentos em português por mais que seja fluente em inglês. Assim, se é compreendido realmente tudo que está escrito e as condições de estudo. Pesquisar sobre a instituição de ensino: averiguar sites e também os comentários nas redes sociais sobre a escola/universidade.

Outro ponto significativo é guardar todos os papéis e não andar sem documentos: ter tudo impresso sobre os vistos e o que for dito no consulado brasileiro e do país ou países de destino.

Para se assegurar, uma forma é contratar o serviço apenas com agências que possuem o Selo Belta e é altamente recomendável que opte por escolher um bom seguro-viagem, haja vista que todos os programas exigem a contratação de forma obrigatória, e ele será o responsável por prevenir o intercambista de possíveis imprevistos.

“Viajando com seguro-viagem, o intercambista vai na confiança de proteção de uma Central de Assistência 24h com atendentes que falam português e ainda garante condições especiais e cobertura de COVID-19 sem necessidade de contratação de cobertura adicional. Além de benefícios como Atendimento Psicológico, importante item para cuidar da mente durante a viagem”, complementa Taís Mahalem, Head de Marketing & Digital da CORIS Seguro Viagem. 

O mais importante é ter foco, ser curioso, buscar novos aprendizados, interagir e se comunicar.



Website: https://coris.com.br/seguroviagem/
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp