23/02/2021 às 14h02min - Atualizada em 23/02/2021 às 16h03min

Dicas de como melhorar as dores nas articulações

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

A mobilidade corporal depende, em grande parte, das nossas articulações. São elas que possibilitam os diferentes tipos de movimentação do nosso corpo, de diferentes formas. Quando surgem, as dores nas articulações limitam movimentos simples e podem indicar uma série de problemas. Saiba agora o que causam as dores articulares e o que fazer para aliviar o desconforto.

 

O que são as articulações?

As articulações são chamadas popularmente de “juntas” e se localizam nas extremidades dos ossos, unindo-os. Elas funcionam como uma espécie de dobradiça, permitindo os movimentos realizados pelos braços, pernas, dedos etc.

As articulações são formadas por cartilagens, tendões e ligamentos, basicamente, e, além de dar mobilidade ao corpo, também reduzem o atrito natural entre os ossos durante esses movimentos.

Dor nas articulações: como identificar?

Quando estão em perfeita ordem, as articulações funcionam muito bem, cumprindo o seu papel. Tanto é que só percebemos que elas estão ali quando sentimos algum desconforto diferente do normal. Geralmente, os sintomas relatados são:

  • Desconforto ou dor ao levantar ou fazer uma caminhada;
  • Dificuldade de realizar algum movimento específico;
  • Sensação de queimação nas articulações;
  • Sensação de rigidez nas articulações;
  • Vermelhidão e inchaço, no caso de infecções.

O desconforto pode atingir apenas uma articulação ou várias ao mesmo tempo e vai depender da causa do problema. As dores atingem com mais frequência os joelhos, tornozelos, os punhos, dedos e quadris.

O que causa a dor nas articulações

Nem sempre, a dor indica algo grave. Contudo, quando gera algum desconforto mais intenso, quando vem acompanhada de outros sintomas, quando reduz a mobilidade do indivíduo e quando dura muito tempo, ela deve ser investigada, pois pode ser fruto de uma simples tendinite, mas também de alguma doença autoimune. Veja a seguir as principais causas das dores articulares.

Artrite

Essa é uma das causas mais frequentes da dor nas articulações. Sua origem está relacionada ao excesso de peso, ao excesso de esforço físico e também ao desgaste natural das articulações. 

Artrite reumatóide

A artrite reumatóide é uma doença crônica, autoimune e que não tem cura. Apesar disso, há tratamentos que garantem alívio da inflamação e da dor, oferecendo mais qualidade de vida ao paciente.

Doenças causadas por esforço repetitivo

A inflamação nas articulações e nos tendões e que gera a dor também é resultado do esforço repetitivo e acomete muito aqueles profissionais que executam a mesma função diariamente como digitar, escrever, costurar, pintar etc.

As principais doenças do tipo são: tendinite, bursite e epicondilite.

Gota

A principal característica da gota é o excesso de ácido úrico nas articulações causando dores e inchaço, especialmente na região dos pés. Caso não seja tratada, a doença pode prejudicar gravemente a mobilidade do paciente, causando até invalidez.

Torções

As lesões também são causas comuns de dores articulares. Geralmente, acontecem durante a prática equivocada de algum exercício físico, quedas ou pequenos impactos na região. Quando não tratadas podem evoluir para tendinites ou dores crônicas.

Lúpus

O lúpus também é uma doença autoimune que provoca inflamação nas articulações, gerando dor e limitando movimentos.

Dicas para melhorar as dores nas articulações

As dores nas articulações podem ser agudas e crônicas. As dores agudas surgem rapidamente e somem por volta de um mês, após um tratamento rápido e eficaz. Já as dores crônicas acompanham o indivíduo por bastante tempo.

Para aliviar as dores que tanto prejudicam o desempenho das atividades diárias, veja algumas dicas.

Faça exercícios leves

Mantenha-se em movimento, sem sobrecarregar o corpo. Alongue-se antes e depois dos exercícios e use calçados adequados.

Perca peso

Estar acima do peso piora as dores porque sobrecarrega as articulações. Com dieta e exercício físico é possível entrar no seu peso ideal e ter uma vida mais saudável.

Consuma alimentos anti-inflamatórios e que aumentem a sua imunidade

Insira na sua alimentação itens como gengibre, alho, frutas vermelhas, castanhas, sementes de linhaça, chia, peixes e ovos. Além de combater processos inflamatórios, esses alimentos deixam o seu sistema imunológico mais resistente a doenças.

Faça massagens e aplique compressas

Quando a dor surgir, massageie o local usando hidratantes com ingredientes calmantes para aliviar a dor. Compressas geladas também reduzem a inflamação e o desconforto.

Use medicamentos para reduzir a dor

Analgésicos e anti-inflamatórios são excelentes opções para amenizar a dor, contudo, devem ser prescritos por um médico especialista.

Invista em remédios naturais como o Artrofan

Uma opção eficaz para evitar e tratar as dores musculares são os remédios naturais que não têm contraindicação e que ajudam a recuperar a área lesionada. É o caso do Artrofan, um medicamento rico em colágeno, ingrediente principal das cartilagens e necessário para a movimentação das articulações.

O artrofan ajuda a prevenir a instalação de doenças como a artrite, visto que fortalece as articulações, e também alivia a dor e a inflamação porque ajuda na reconstrução do tecido lesionado. Assim, você tem mais mobilidade e flexibilidade nos movimentos.

Além disso, o Artrofan é rico em vitaminas K, D, magnésio e Cálcio, garantindo ossos mais fortes e resistentes, mesmo com o passar dos anos.

Sentir dores nas articulações é uma reclamação comum a jovens e idosos. Além do desconforto, é um problema que dificulta a liberdade de movimentos, reduzindo a independência do indivíduo afetado. Diante de qualquer dor articular, procure um médico e tome as medidas necessárias para ficar livre da dor.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp