25/02/2021 às 11h15min - Atualizada em 26/02/2021 às 00h20min

Altas temperaturas fazem aumentar procura por produtos que climatizem ambientes

No verão, as lojas de materiais de construção se preparam para receber o aumento natural da demanda por aparelhos de ar-condicionado e ventiladores

DINO
http://www.cec.com.br 


O verão é uma estação que proporciona dias lindos, ensolarados e cheios de vida. Neste período, o sol brilha na maior parte do dia e a sensação térmica pode ser de um tempo mais abafado. As altas temperaturas dividem a opinião da população entre aqueles que amam o verão e outros que preferem os climas mais amenos.

O que é consenso entre todos é a necessidade da umidificação e da climatização dos ambientes. Neste último ponto, o sonho de muita gente é ter um ar-condicionado em casa para deixá-la mais confortável. Inclusive, este sonho pode se tornar realidade com opções bastante econômicas que perfeitamente cabem no bolso das pessoas.

Além do ar-condicionado, os lares também podem lançar mão de recursos mais simples. Como alternativa, há opções que contemplam desde o investimento em umidificadores, climatizadores e ventiladores, até a colocação de plantas, cortinas mais leves e pisos frios. Não à toa, em tempos de climas mais quentes, aumenta-se a procura por produtos aliados da climatização. De acordo com dados da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA), as vendas de ar-condicionado no segmento residencial foram retomadas em 1,5% no segundo semestre de 2020, uma vez que as pessoas passaram a priorizar a comodidade e o conforto de seus lares.

Em termos práticos, no verão, em São Paulo, a C&C – maior rede home center 100% brasileira – já registrou crescimento especialmente na venda de aparelhos de ar-condicionado, sobretudo no interior do estado. Já no Rio de Janeiro, as vendas da rede vêm subindo também, porém o destaque fica para as linhas de ventiladores.

O umidificador e o climatizador, por exemplo, são alternativas interessantes às altas temperaturas também. Trata-se de aparelhos semelhantes e ambos cumprem muito bem a função de refrescar ambientes. Porém, enquanto o climatizador umidifica, refresca e renova o ar, o umidificador — que possui um preço muito mais em conta — atua apenas na umidade do ambiente, proporcionando um alívio quase que imediato contra o calor e sensação de abafamento. Ambos são portáteis e podem ser transportados para qualquer cômodo.

Já os ventiladores também são ótimos para refrescar o lar nos dias mais quentes, desde que estejam posicionados em pontos estratégicos. Portanto, faz-se necessário observar a casa a fim de identificar quais são os locais em que o aparelho funcionará de maneira mais eficiente. Além disso, colocar uma bacia de água bem em frente aos ventiladores pode potencializar o efeito destes equipamentos. Dessa forma, o ar ficará melhor condicionado, deixando-o ainda mais refrescante.

Caso o investimento em uma solução mais definitiva não seja possível neste momento, uma possibilidade indicada pelos especialistas é apostar no poder das plantas. Para além da estética, as plantas também têm a capacidade de filtrar o ar e manter a umidade do ambiente em níveis regulados, deixando uma sensação térmica mais agradável e confortável. Para que o efeito seja realmente eficiente, é necessário tê-las em grandes quantidades e espalhadas por todos os cômodos, lembrando de selecionar apenas espécies que podem ser deixadas dentro de casa e que exigem menos exposição aos raios solares para se manterem saudáveis. Espadas-de-são-jorge, crótons, suculentas e samambaias são excelentes opções.

Promover a entrada das correntes de ar é essencial para aliviar o clima em locais fechados. Por isso, é importante livrar-se das cortinas pesadas, que podem obstruir a entrada de ar e deixar o ambiente mais quente e abafado, substituindo-as por tecidos mais leves e naturais, como o linho e a seda.

A escolha do piso também influencia diretamente na sensação térmica de um ambiente e, por isso, é importante investir em opções que não retêm tanto o calor, conforme explicam os especialistas. Pisos de pedras naturais (como o mármore e o granito) ou porcelanatos e cerâmicos, por exemplo, não concentram o calor, garantindo mais frescor nos dias em que as temperaturas estiverem mais elevadas.

Para mais informações, basta acessar www.cec.com.br



Website: http://www.cec.com.br 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp