04/03/2021 às 13h36min - Atualizada em 04/03/2021 às 14h40min

Conheça a história do Minhocão, a via mais polêmica de São Paulo

Famosa via que liga as regiões leste e oeste é alvo de discussões até hoje

SALA DA NOTÍCIA Débora Ramos
divulgação
 

Em 25 de janeiro de 2021, o Minhocão, como é popularmente conhecido o Elevado João Goulart (antigo Presidente Costa e Silva), completou 50 anos de existência, já se consagrando um dos maiores símbolos da capital de São Paulo. A via, que se estende por 3.400 metros da Grande São Paulo, liga as regiões leste e oeste – da Praça Roosevelt, na Consolação, ao Largo Padre Péricles, em Perdizes.

Desde sua inauguração, em 1971, o Minhocão é alvo de muitas críticas e discussões, principalmente por causa de sua relevância em termos de praticidade e pelos problemas que gera até hoje para os moradores das regiões em que passa. Muito se fala sobre uma possível desativação da via e até mesmo a criação de um parque em toda a área que ocupa. Mesmo com um futuro incerto, vamos entender por que ele é tão importante para a história dos paulistanos.

O projeto foi idealizado por José Vicente Faria Lima, que foi prefeito de São Paulo de 1965 a 1969. Já na época ele foi muito criticado por sua engenharia um tanto bruta, que causaria um grande impacto negativo no visual da cidade. Por isso, o Minhocão acabou sendo engavetado até 1970, quando Paulo Maluf assumiu a prefeitura e resolveu construí-lo para deixar sua marca na capital.

A via foi inaugurada no 417º aniversário de São Paulo, sob o nome de Elevado Presidente Costa e Silva, uma homenagem a um dos presidentes da ditadura militar que indicou Maluf ao cargo. Foram 14 meses de construção e, aproximadamente, 40 milhões de cruzeiros investidos – o que hoje seria algo em torno de R$ 400 milhões. Além do grande rombo que deixou no orçamento da cidade, a construção deixou mais de 80 pessoas desabrigadas, reforçando ainda mais a revolta dos moradores.

A alta circulação de carros por toda a via, o excesso de barulho, a sujeira e a poluição desvalorizaram muito toda a região por onde o Minhocão passa. Com apenas cinco anos de existência, a nova gestão já planejava demoli-lo por causa da repercussão negativa, porém isso nunca aconteceu. Por pior que fosse em todos os aspectos, o elevado ainda conseguia cumprir o seu propósito: desafogar o trânsito pesado da cidade.

Os planos de demolição perduram até hoje, mesmo após cinco décadas de muitas críticas e desaprovação. Mas uma coisa é certa: o Minhocão carrega muito valor histórico consigo e hoje já é praticamente um símbolo da cidade, mesmo que controverso. Com o turismo voltando aos poucos e aproveitando as passagens aéreas baratas do momento, aqueles que planejam visitar São Paulo não podem deixar de conhecer esta via, que gerou tamanha discórdia por tanto tempo.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp