05/04/2021 às 17h08min - Atualizada em 05/04/2021 às 17h02min

Programa internacional direciona empreendedores brasileiros para a expansão de seu negócio nos EUA

Com duração de cinco dias, o CIC Soft Landing Program é voltado para startups, empresas de inovação, tecnologia que querem entrar para o mercado internacional através dos EUA

Bartira Betini - cidadenoar.com
CIC (Cambridge Innovation Center)

O CIC (Cambridge Innovation Center), uma líder global na construção de comunidades de inovação, uma das primeiras empresas a oferecer espaços flexíveis de escritórios e coworking para empreendedores, lança, em parceria com o MIT Enterprise Forum (MITEF), o CIC Soft Landing Program, um programa de incentivo para empreendedores da América Latina com 10 vagas para empresas brasileiras que querem expandir seus negócios no mercado internacional. As inscrições vão até 30 de abril no link https://cic.com/softlanding

 

Cada uma das empresas pode inscrever até dois participantes, sendo que um necessariamente tem que ser o empreendedor ou fundador da empresa, no curso on-line que terá duração de cinco dias e abordará três pilares estratégicos para os negócios no exterior: fundamentos para operar nos Estados Unidos (visão legal e tributária) e conhecimento sobre o mercado (conhecimento de como se relacionar com investidores e o processo de vendas) e habilidades para ampliar sua rede de relacionamento nos EUA.  

 

O pré-requisito para participar da programação on-line é a inovação. O conteúdo é voltado para startups e empresas de tecnologia. O mercado brasileiro foi reconhecido em 2020 como o título de 3º maior criador de novas startups unicórnio do mundo, evidenciado pelas soluções inovadoras e pela qualidade dos profissionais. 

 

Segundo a gerente Senior do CIC, Julia Lucidi, o empreendedor latino que chega aos Estados Unidos não tem as informações básicas para entrar no mercado exterior e esse programa pode fazer toda a diferença. “Esses empreendedores têm um potencial criativo e bagagem tecnológica imensos, mas não conseguem entrar no mercado americano de forma adequada. O programa é o primeiro passo para que a expansão de sua empresa para o mercado dos EUA seja eficiente, coordenada e que alcance os resultados esperados, sem tomar decisões que prejudiquem o crescimento da sua empresa, aumentando sua habilidade de negócios no exterior”,  explica.

 

Atualmente, o CIC tem duas mil empresas de inovação e empreendedorismo em sua rede global e já apoiou mais de sete mil startups e empresas de tecnologia. Mais de 10 bilhões de dólares já foram investidos em empresas que fazem parte da rede do CIC. E nos próximos dez anos, o CIC espera expandir sua rede de centros de inovação em 50 cidades do mundo. 

É extremamente difícil começar e fazer uma nova empresa crescer e é por isso que fizemos uma parceria com o CIC para ajudar os empresários latino-americanos a causar um impacto positivo no mundo. Nossas duas organizações trabalhando juntas criam um centro de excelência reconhecido mundialmente para apoiar startups em crescimento e internacionalização. Estou orgulhoso e extremamente feliz por ser uma parte importante desta iniciativa que define o setor”, relata Michael Burtov, Vice-presidente do MIT Enterprise Forum de Cambridge e autor do livro Evergreen Startup.

Miami também alcançou o status de polo de tecnologia e inovação, por isso a região é estratégica para a entrada de novas empresas nos EUA. Segundo a The Miami-Dade Beacon Council, os empregos na área de tecnologia aumentaram em 40% na região entre 2012 e 2017. Na cidade estão concentradas empresas como Cisco, Microsoft, SAP e Oracle, além de ser uma localidade diversa, com um fluxo de empreendedores de diferentes países do mundo.

 

 

 

Serviço

 

CIC Soft Landing Program 

Evento on-line

Inscrições: no link https://cic.com/softlanding até o dia 30 de abril. 

Valor: US$500 por pessoa

Segmentos procurados para o programa: Startup, empresas de inovação, tecnologia.

O curso acontece de 17 a 21 de maio das 16h às 18h30 (horário de Brasília) e é todo em inglês, sem tradução.

 

 Sobre o CIC - Cambridge Innovation center 

Fundada em 1999, o CIC é uma das maiores organizações de formação e gestão de comunidades de inovação e espaços de coworking e eventos para empreendedores, presente em Cambridge, Boston, Philadelphia, Providence, St. Louis, Miami Rotterdam, Warsaw e Tóquio, formando um ecossistema de inovação e empreendedorismo. 

Mais de sete mil startups e empresas de tecnologia já receberam o apoio do CIC e mais de 10 bilhões de dólares já foram investidos em empresas que fazem parte da rede do CIC. Nos próximos dez anos, 50 cidades no mundo receberão novos centros de inovação. 

Em 2021, em parceria com o MIT Enterprise Forum (MITEF), lança o CIC Soft Landing Program Virtual para capacitação de empreendedores que querem expandir seus negócios para o mercado americano. 

Sobre Julia Lucidi

Julia Lucidi é brasileira, nascida em Apucarana (PR), radicada nos EUA.

Formada em Relações Públicas e Marketing pela faculdade Kennesaw State University, aos 23 anos voltou ao Brasil a passeio e teve a oportunidade de conhecer a Endeavor, no Rio de Janeiro, onde começou a trabalhar com cultura empreendedora e a mudança de paradigma do empreendedorismo no Brasil liderando estratégias da Semana Global do Empreendedorismo. Também atuou no instituto Pereira Passos em projetos internacionais e na Coca-Cola Brasil, colaborando para a atualização do projeto The Boat Challenge, com empreendedores na região amazônica.  Em 2017 voltou aos EUA e há dois anos atua com empreendedorismo e inovação no CIC Miami, como gerente sênior de relacionamento líder para América Latina, idealizadora e responsável pelo lançamento CIC Soft Landing Program.

 

Sobre Michael Burtov

Nos últimos 15 anos, Michael Burtov fundou e liderou várias startups - de zero a milhões de dólares em receita, milhões de dólares em fundos de investimento (incluindo milhões por meio de crowdfunding). É o autor do livro “The Evergreen Startup” sobre financiamento de startups. Ensinou, orientou e incubou centenas de fundadores e executivos, por meio de organizações como Harvard Business School, Harvard Innovation Labs e a MIT Sloan School of Management. 

Em 2018, foi o vencedor do Gold Edison Award, por inovação e excelência e, em 2019, seu trabalho foi apresentado na capa da revista TIME e eleito uma das principais invenções do ano. 

Michael é instrutor e vice-presidente do Conselho de Administração de Diretores do MIT Enterprise Forum de Cambridge.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp