13/06/2021 às 17h45min - Atualizada em 14/06/2021 às 00h00min

AWS abrirá data centers em Israel

Nova região de infraestrutura AWS será lançada no primeiro semestre de 2023, permitindo que clientes executem cargas de trabalho e armazenem dados em Israel, enquanto atendem usuários finais com latência ainda mais baixaAWS selecionada como principal provedora de nuvem para a transformação digital do governo israelense

DINO


A Amazon Web Services (AWS), uma empresa Amazon.com (NASDAQ: AMZN), anunciou hoje que abrirá uma região de infraestrutura em Israel no primeiro semestre de 2023. A região da AWS Israel (Tel Aviv) permitirá que mais desenvolvedores, startups e empresas, como também o governo, setores como educação e sem fins lucrativos executem seus aplicativos e atendam usuários finais de data centers localizados em Israel. Além isso, o governo de Israel anunciou que selecionou a AWS como sua provedora primária de nuvem como parte do contrato “Nimbus” para ministérios e subsidiárias do governo. A estrutura Nimbus fornecerá serviços de nuvem para ministérios do governo israelense, incluindo municípios, empresas de propriedade do governo, e organizações do setor público com o objetivo de ajudá-los com o alvo de acelerar a transformação digital. Ela será fundamental para impulsionar a inovação e habilitar novos serviços digitais para os cidadãos de Israel. Para mais informações, acesse: https://aws.amazon.com/about-aws/global-infrastructure/.

“A nova região da AWS Israel (Tel Aviv) permitirá que mais instituições públicas e privadas, startups inovadoras, e empresas globais desenvolvam aplicativos criados para a nuvem, que ajudarão a alimentar o desenvolvimento econômico no país. Esta é a mais recente das regiões AWS na Europa e Oriente Médio, que inclui regiões existentes no Bahrein, Irlanda, Itália, França, Alemanha, Suécia e o Reino Unido, além de regiões em desenvolvimento na Espanha, Suíça e Emirados Árabes Unidos”, disse Peter DeSantis, vice-presidente sênior de infraestrutura global da AWS. “A nova região é uma continuação do nosso investimento para apoiar empresas de todos os tipos, ajudar startups a escalonar e crescer, habilitar o desenvolvimento de habilidades técnicas, e criar conhecimento de nuvem. A tecnologia de nuvem está no centro do programa de transformação digital do governo israelense, e sua abordagem destaca a importância de estabelecer um robusto curso para a adoção da nuvem e dando o exemplo para reinventar serviços para o cidadão.”

As regiões da AWS são formadas por zonas de disponibilidade, que colocam a infraestrutura em localidades geográficas separadas e diferentes, com distância suficiente para reduzir o risco de um único evento impactar a continuidade dos negócios dos clientes, e próximas o suficiente para fornecer baixa latência para aplicativos de alta disponibilidade que aproveitam múltiplas zonas de disponibilidade. Globalmente, a AWS possui 81 zonas de disponibilidade em 25 regiões geográficas, com planos para lançar 21 zonas de disponibilidade adicionais e mais sete regiões da AWS na Austrália, Índia, Indonésia, Israel, Espanha, Suíça e Emirados Árabes Unidos.

Cada zona de disponibilidade possui energia, resfriamento, e segurança física independentes e está conectada por redes redundantes de latência ultrabaixa. Os clientes da AWS focados em alta disponibilidade podem criar seus aplicativos para rodarem em múltiplas zonas de disponibilidade e entre múltiplas regiões para alcançar uma tolerância de falha ainda maior. A adição da região da AWS (Tel Aviv) permitirá que clientes locais com requisitos de residência de dados armazenem seus dados em Israel, com a garantia de permanecerem no controle em relaçãoàlocalização dos seus dados. Organizações utilizando essa região também poderão acessar tecnologias avançadas da suíte mais ampla e profunda de serviços líderes mundiais de nuvem para orientar a inovação, incluindo computação, banco de dados, análises, aprendizado de máquina, Internet das Coisas (Internet of Things, IoT), serviços móveis, armazenamento, e muito mais.

Clientes e parceiros na região da AWS Israel (Tel Aviv)

Os clientes em Israel continuarão a se juntar aos milhões de clientes ativos que utilizam a AWS mensalmente, em mais de 190 países. Organizações escolhem a AWS para executar suas cargas de trabalho de missão crítica para gerar economia, acelerar a inovação e agilizar o tempo para o mercado. Clientes em Israel construíram seus negócios com base na AWS, incluindo a Amdocs, AppsFlyer, Ayalon Insurance, Bank Leumi, Bizzabo, CyberArk, Fiverr, Gamoshi, Gett, Gong, Governo de Israel, Harel Insurance, Hashavshevet, Innovid, ironSource, Jfrog, Kaltura, Lumigo, Migdal, monday.com, Netafim, NICE, Operative, Perion, Rami Levy, Sentinel One, SimilarWeb, Tnuva, Wix, Yad2, e muitas outras. A AWS permite que elas escalem rapidamente e expandam seu alcance geográfico em minutos. No setor público israelense, organizações estão utilizando a AWS para transformar os serviços que oferecem aos cidadãos, incluindo o Centro de Tecnologia Educacional, o Ministério da Saúde, o Technion - Instituto de Tecnologia de Israel, a Universidade de Tel Aviv, o Centro Médico Tel Aviv Sourasky e o Instituto Weizmann.

O Bank Leumi é um dos líderes bancários em Israel, com aproximadamente 200 filiais no país e equipes dedicadas alavancando a AWS para criar um mercado avançado de serviços bancários. “Possuir infraestrutura segura, escalável e resiliente é fundamental para fornecer as melhores experiências bancárias para nossos clientes”, disse Jaime Schcolnik, diretor de informação (CIO) do Bank Leumi. “Utilizar a AWS como nossa principal provedora de nuvem nos permitiu inovar rapidamente e desenvolver uma nova plataforma de open banking com custo reduzido e tempo de desenvolvimento mínimo em comparação a outras tecnologias. A nova região AWS em Israel irá apoiar ainda mais nosso investimento na modernização da nossa infraestrutura bancária”.

A Migdal Insurance, uma empresa israelense líder em seguros com mais de US$ 80 bilhões em ativos sob gestão e dois milhões de clientes, conta com a AWS para cumprir com as frequentes mudanças nos requisitos de segurança e privacidade, incluindo o Padrão de Relatório Financeiro Internacional (International Financial Reporting Standard, IFRS17). “Serviços de segurança avançada da AWS como o AWS CloudTrail, Amazon GuardDuty, Amazon Security Hub, e o AWS Config, combinados com sua experiência empresarial, nos oferece a agilidade e flexibilidade para inovar rapidamente, enquanto permanecemos cumprindo as frequentes mudanças de requisitos de segurança e privacidade”, afirmou Tami O.Koll, vice-CEO e chefe de tecnologia da Migdal. “Estamos constantemente buscando maneiras para inovar e oferecer um serviço superior que nos ajude a manter um foco centrado em nossos clientes. A nova região da AWS Israel fornecerá acesso de baixa latência e nos ajudará a aprimorar nossa experiência de cliente e agente através de serviços de análises avançadas, IA e aprendizado de máquina.”

A CyberArk é líder global em segurança de identidade. Focada em gerenciamento de acesso privilegiado, a CyberArk apresenta a oferta de segurança mais completa para qualquer identidade — humana ou de máquina — em aplicativos empresariais, forças de trabalho distribuídas, cargas de trabalho de nuvem híbrida e em todo o ciclo de vida DevOps. “Construir nosso portfólio de ofertas de segurança de identidade de software como serviço (Software as a Service, SaaS) na AWS ajuda a acelerar nossa habilidade para fornecer mais opções aos clientes interessados em opções SaaS baseadas em assinatura, que aumentam a segurança e maximizam a redução de risco”, disse Udi Mokady, presidente e CEO da CyberArk. “Recentemente, a agilidade da infraestrutura da AWS nos permitiu a flexibilidade para criar e lançar rapidamente o Cloud Entitlements Manager, que fornece aos nossos clientes uma importante solução para monitorar direitos entre ambientes de nuvem e remover permissões excessivas na pegada da nuvem de uma organização. Saber que AWS está trazendo uma região para Israel com os mesmos altos níveis de proteção de dados, privacidade de usuário e conformidade regulatória como nas outras regiões ao redor do mundo é uma excelente notícia para todas as empresas de tecnologia em Israel.”

A Fiverr, a empresa que está transformando a maneira como o mundo trabalha em conjunto, conecta empresas de todos os tamanhos com freelancers oferecendo serviços digitais em mais de 500 categorias. A Fiverr utiliza múltiplos serviços AWS Cloud para hospedar sua plataforma e escalonar sua progressão. “Escalonar nossa plataforma e permitir o rápido desenvolvimento de novos produtos é essencial para nosso crescimento continuado”, disse Gil Sheinfeld, diretor de tecnologia (CTO) da Fiverr. “Utilizar serviços gerenciados AWS nos permite focar na inovação e aumentar nossa produtividade, enquanto crescemos rapidamente. A abertura planejada de uma região da AWS em Israel é uma excelente notícia para nós, que reflete na dedicação da AWS com Israel.”

A monday.com Work OS é uma plataforma aberta que democratiza o poder do software, para que organizações possam facilmente construir aplicativos de software e ferramentas de gestão de trabalho adequadas a qualquer necessidade. A monday.com atende mais de 110.000 clientes em mais de 200 setores em 190 países. “Desde que adotamos a AWS, fomos capazes de promover nossa missão de democratizar o poder do software para todos, nos permitindo escalonar e ajudar nossos clientes a cumprir rapidamente os desafios em evolução”, disse David Virtser, chefe de infraestrutura na monday.com. “A AWS nos ajudou a melhorar tanto nossa pilha de tecnologia quanto de produto, separando nosso servidor monolítico em microsservidores e adotando contêineres, orquestração e entrega contínua, nos permitindo aumentar imensamente nosso ritmo de inovação. A expansão dos centros de dados AWS em Israel é uma excelente notícia em um momento que buscamos novas maneiras de atender às crescentes necessidades dos nossos clientes, incluindo a priorização da privacidade de dados e implicações do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD).”

A Hashavshevet (Wizsoft), fundada em 1985 é a desenvolvedora líder de sistemas de planejamento de recursos empresariais (Enterprise Resource Planning, ERP) para empresas. Mais de 40.000 empresas utilizam a solução da Hashavshevet como a principal plataforma para administrar seus negócios. “Decidimos lançar nossa solução SaaS ERP, H-ERP na AWS para o benefício de nossas pequenas e médias empresas. Ao migrar para a AWS, obtivemos a vantagem de avançar nos serviços de segurança e confiabilidade operacional aprimorada alavancando um design AWS Well-Architected, gerenciamento de armazenamento automatizado, bancos de dados gerenciados e ferramentas de análise de dados. A migração nos permitiu evitar os gastos desnecessários da compra e manutenção de servidores e focar no desenvolvimento contínuo de uma solução SaaS completa escalável para nossos clientes”, disse o Prof. Assaf Avrahami, CEO da Hashavshevet. “Estamos animados com a abertura da região da AWS Israel (Tel Aviv), uma vez que ela fornecerá aos clientes que precisam manter seus dados dentro do país a habilidade para aproveitar nossa oferta SaaS, que será lançada em Israel na AWS.”

As diversas empresas do Rami Levy Group incluem mais de 50 filiais no país, uma loja on-line, e as subsidiárias Rami-Levy Communication, Cofix, good pharm, e o Rami Levy Customers’ Club. Localmente, o Rami-Levy é considerado um dos negócios mais influentes para reduzir o custo de vida em Israel. O Rami-Levy migrou sua loja on-line para a AWS durante a pandemia, aproveitando o dimensionamento automático EC2 para acomodar de forma automática e contínua o crescimento de 100% dos pedidos on-line e garantir a disponibilidade em todo o país. “O Rami Levy Group é focado no cliente”, afirmou Ron Efraty, presidente do conselho da Cofix e diretor executivo da Rami Levy Communication. “Utilizar os serviços da AWS nos permitiu manter a mesma excelente experiência de compra para nossos clientes, especialmente quando as pessoas não podiam visitar nossas lojas físicas. Seguindo nossa bem-sucedida transição para a AWS, agora estamos analisando serviços de aprendizado de máquina como o Amazon Personalize para agregar múltiplas fontes de dados de todos os pontos de contato dos nossos clientes para personalizar suas experiências de compras. Proteger os dados dos clientes é nossa prioridade máxima e um dos motivos pelos quais escolhemos a AWS. A abertura planejada de uma região da AWS em Israel nos permite cumprir a regulamentação de dados sensíveis do consumidor.”

Centro Médico Tel Aviv Sourasky — O Hospital Ichilov é um centro de ensino e pesquisa afiliadoàFaculdade de Medicina Sackler na Universidade de Tel Aviv e um dos maiores hospitais de Israel. O Centro de Inovação I-Medata utiliza o AWS Control Tower para possibilitar a criação rápida, consistente e segura de contas AWS, enquanto protege dados médicos sensíveis. O centro também confia no Amazon SageMaker para permitir que seus cientistas criem, treinem e implantem modelos avançados de aprendizado de máquina para o diagnóstico precoce de complicações em pacientes com Covid-19. O Dr. Ahuva Weiss-Meilik, chefe do I-Medata AI Center no CentroMédico Tel-Aviv Sourasky, afirmou: “A AWS mudou a maneira como trabalhamos no centro de pesquisa. Temos total proteção dos dados médicos sensíveis enquanto continuamos possibilitando a produtividade dos pesquisadores. Desenvolver nosso aplicativo na AWS aumentou a velocidade da nossa pesquisa, reduzindo de meses para apenas alguns dias o tempo necessário para adicionar nova pesquisas. A nova região da AWS em Israel nos ajudará a processar dados na nuvem em conformidade com os mais altos requisitos regulatórios locais para o processamento de informações de saúde privadas”.

“Parabenizamos a AWS por vencer a primeira oferta do Projeto Nimbus, um projeto-modelo plurianual liderado pela Israeli Government Procurement Administration para prover uma estrutura completa para o fornecimento de serviços em nuvem para o governo de Israel”, disse Yali Rothenberg, contador geral de Israel.

Parceiros da AWS Partner Network (APN) baseados em Israel também receberam com alegria a notícia da região da AWS Israel (Tel Aviv) planejada. A APN inclui dezenas de milhares de fornecedores independentes de software (Independent Software Vendors, ISVs) e integradores de sistemas (Systems Integrators, SIs) ao redor do mundo. Parceiros da AWS constroem soluções e serviços inovadores na AWS, e a APN ajuda fornecendo suporte empresarial, técnico, de marketing e entrada no mercado. APN SIs, parceiros consultores e ISVs trabalhando em Israel ajudam clientes empresariais e do setor público a migrar para a AWS, implantar aplicativos de missão crítica, e fornecer uma completa gama de serviços de monitoramento, automação e gerenciamento para ambientes dos clientes na AWS. Exemplos de parceiros AWS em Israel incluem a Alcide, AllCloud, AppsFlyer, Automat-IT, BigPanda, Bringg, Checkmarx, CloudBuzz, Matrix CloudZone, Comm-IT, Continuity Software, CloudRide, DoIT International, Guardicore, Kaltura, MidLink, Namogoo, Nice, Orca Security, Perimeter81, Quali, Radware, Sapiens, TeraSky, e a Trax Retail.

Investindo no futuro de Israel

A nova região da AWS Israel (Tel Aviv) dá continuidade ao compromisso da AWS em Israel. Conforme o número de clientes em Israel cresce, o mesmo acontece com a presença da AWS no país. Em 2014 a AWS abriu seu primeiro escritório em Israel para atender o mercado local, e no mesmo ano, a Amazon criou um centro de pesquisa e desenvolvimento (P&D) no país. Desde então, a presença em P&D da Amazon em Israel foi expandida e agora inclui a Prime Air, Alexa Shopping e a Amazon Lab126. Os esforços em P&D da Amazon também incluem o desenvolvimento de computação, armazenamento, rede, segurança e hardware de aprendizado de máquina projetados para a AWS através da Annapurna Labs, que a Amazon adquiriu em 2015. A Annapurna Labs desenvolve hardware inovador, de alto desempenho, projetado para a AWS, incluindo processadores Graviton2 baseados em Arm projetados para a AWS (que fornecem até 40% maior desempenho de preço em computação geral do que os processadores x86 da atual geração), o AWS Inferentia (que oferece o mais baixo custo de inferência de aprendizado de máquina na nuvem), chips AWS Trainium (que fornecerão o treinamento de aprendizado de máquina mais poderoso e de mais baixo custo na nuvem), e o AWS Nitro System (que remove funções de rede, armazenamento e segurança do servidor principal para entregar melhor desempenho, segurança e velocidade de desenvolvimento).

Investimentos adicionais em infraestrutura em Israel incluem localidades de ponta Amazon CloudFront. A Amazon CloudFront é uma rede de distribuição de conteúdo (Content Delivery Network, CDN) altamente segura e programável que acelera a entrega de dados, vídeos, aplicativos e APIs para usuários mundialmente, com baixa latência e altas velocidades de transferência. Em 2020, a AWS também lançou o AWS Outposts e o AWS Direct Connect em Israel. O AWS Outposts é um serviço totalmente gerenciado que oferece a mesma estrutura AWS, serviços AWS, APIs, e ferramentas para virtualmente qualquer data center, espaço de colocalização, ou instalação local para uma experiência híbrida verdadeiramente consistente. O AWS Direct Connect facilita estabelecer uma conexão de rede dedicada da infraestrutura local dos clientes com a infraestrutura da AWS. Utilizando o AWS Direct Connect, clientes podem estabelecer conectividade privada entre a AWS e seu data center, escritório, ou ambiente de colocalização, o que pode reduzir seus custos de rede, aumentar a taxa de transferência de largura de banda, e fornecer uma experiência de rede mais consistente que em conexões baseadas na Internet.

Para estudantes e educadores israelenses, os programas AWS Educate e AWS Academy estão oferecendo recursos gratuitos para acelerar o aprendizado relacionadoànuvem e preparar os estudantes atuais em Israel para os trabalhos do futuro. Universidades e faculdades de administração israelenses que já participam do programa AWS Educate incluem a Universidade Ben Gurion de Neguev, o Centro Interdisciplinar IDC, a MTA - Faculdade Acadêmica de Tel Aviv-Yaffo, o Instituto de Tecnologia Technion-Israel, a Universidade de Tel-Aviv, a Universidade Hebraica de Jerusalém, e a Universidade de Haifa. A AWS também oferece uma ampla variedade de programas de treinamento e certificação para ajudar os interessados nas mais recentes tecnologias de computação em nuvem, melhores práticas e arquiteturas para evoluir suas habilidades técnicas e apoiar organizações israelenses na transformação digital.

Para ajudar a criar a nova geração de empresas israelenses, a AWS começou a apoiar startups em Israel desde 2013 através do seu programa AWS Activate. Esse programa dá às startups acesso a orientações e sessões individuais com especialistas da AWS, além de treinamento via web, laboratórios de ritmo próprio, suporte ao cliente, ofertas de terceiros, e até US$ 100.000 em créditos de serviços AWS – tudo gratuitamente. Isso é um acréscimo ao trabalho que a AWS já realiza com a comunidade de capital de risco, aceleradoras de startups e incubadoras para ajudar startups a crescer na nuvem. Em Israel, a AWS trabalha com organizações aceleradoras como a 8200 EISP, F2 Venture Capital – thejunction e TechStars, além de empresas de capital de risco como a Aleph, Pitango, TLV Partners e Viola Ventures para apoiar o rápido crescimento das empresas do seu portfólio.

Sobre a Amazon Web Services

Por 15 anos, a Amazon Web Services tem sido a plataforma em nuvem mais abrangente e amplamente adotada no mundo. A AWS tem expandido continuamente seus serviços para oferecer suporte a praticamente qualquer carga de trabalho em nuvem e agora tem mais de 200 serviços completos para computação, armazenamento, bancos de dados, redes, análises, aprendizado de máquina e inteligência artificial (AI), Internet das Coisas (IoT), mobilidade, segurança, híbrido, realidade virtual e aumentada (VR e AR), desenvolvimento, implantação e gerenciamento de mídia e aplicativos de 81 zonas de disponibilidade em 25 regiões geográficas, com planos anunciados para mais 21 zonas de disponibilidade e mais sete regiões da AWS na Austrália, Índia, Indonésia, Israel, Espanha, Suíça e Emirados Árabes Unidos. Milhões de clientes — inclusive as startups que mais crescem, as maiores empresas e as principais agências governamentais — confiam na AWS para alimentar sua infraestrutura, tornar-se mais ágil e reduzir custos. Para saber mais sobre a AWS, visite aws.amazon.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Amazon.com, Inc.

Linha direta para a imprensa

[email protected]

www.amazon.com/pr


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp