25/06/2021 às 11h59min - Atualizada em 26/06/2021 às 00h00min

Como estudar informática para concursos?

Dicas de como aprender informática para concursos

SALA DA NOTÍCIA Victor Augusto de Alencar
Pixabay
 

Atualmente, estudar informática para Concursos, não será igual a estudar informática para o seu dia a dia. Podemos definir esses dois métodos, como distintos entre si, e por ser muito diferente das demais matérias para concursos, seu estudo também terá características diferentes. E neste artigo abordaremos um pouco mais sobre isso, e além dessas dicas, indicamos que você faça um Curso de Informática.

Então, pegue caneta e papel, e anote tudo que vamos lhe passar.

Vamos lá?

Sem bibliografia consolidada

Um dos maiores obstáculos para os estudantes de informática para concursos é a ausência de uma bibliografia consolidada. Diferentemente do campo da advocacia, por exemplo, no qual haverá o amparo da legislação, nas súmulas e jurisprudência, a Informática não contará com livros e das legislações que retratam a verdade sobre determinado conteúdo.

Portanto, é preciso de algum autor para lhe dizer que o botão de Windows ativa o Menu Iniciar? Não precisa, pois este será um fato que poderá ser verificado com a própria ferramenta. E em alguns casos, a ajuda do fabricante do determinado software ou do recurso contará com as informações completas a respeito da ferramenta.

Podemos definir isso como o primeiro obstáculo de estudo da Informática para Concursos: não existe uma fonte adequada de conhecimento. E este primeiro passo é o que costuma deixar muitos candidatos desnorteados quando se inicia a preparação. Haverá falta de direção para o aluno. Com objetivo de contornar a ausência de bibliografia, você deverá organizar muito bem os seus estudos.

Ferramentas

Abordaremos aqui a respeito da prática de ferramentas. Pois, praticar com as ferramentas cobradas poderá lhe ajudar na realização das questões da prova.

Mexer nas ferramentas que são iguais as da prova vão ajudar muito nos estudos dos alunos, recomendamos demais que você faça sempre um simulado da prova.

Primeiro Erro: Achar que conhece bem a ferramenta

Pensar que só porque conhece a ferramenta, o seu estudo pode ser pulado, você está muito enganado. Você concurseiro, conhece bem o que é cobrado nas provas?

Vamos lhe passar um exemplo, muitos usuários avançados de Word que dominam até mesmo os recursos de Mala Direta (esse recurso permite o envio de uma carta padrão a múltiplos usuários), não sabem como utilizar a quebra de seção, um recurso muito cobrado em quase todas as bancas de concursos. Se a sua prova cair sobre esse assunto, você saberia resolver a questão?

Segundo Erro: Não conhecer bem a ferramenta

O estudante que não conhece bem a ferramenta sairá mexendo em todos os recursos que a ferramenta disponibiliza, tento um esforço desesperado de conseguir concluir a questão.

Primeiramente, o candidato não precisa ser um expert sobre determinado assunto, ele precisa somente saber desenvolver a questão, e assim acertar.

Quando se vê o histórico do formato da cobrança da questão da ferramenta, é possível perceber que alguns itens são cobrados com bastante frequência, e outros nem são citados. E esse entendimento, somente será adquirido com a prática nos exercícios.

Estudar com exercícios

E por mencionar os exercícios, uma pergunta tradicional deve ser mencionada: estudar por exercícios é uma boa ideia?

Estudar somente por exercícios é uma conduta típica de quem tem pouco tempo para se dedicar aos estudos. Podemos definir que estudar por exercícios é para segurar quem deseja fazer somente alguns exercícios sem consulta da matéria, e não para obter um bom desempenho na prova.

Não é errado colocar a informática em segundo plano, ela tem pouco peso na prova que você vai prestar e você precisa otimizar todo o seu tempo para estudar outras matérias que são consideradas mais importantes. Na verdade, são poucos concursos que essa matéria tem peso totalmente decisivo para o concurso.

Mas, sempre procure saber se os seus estudos por meio de exercícios só terão sua utilidade se você souber totalmente qual é a banca do seu concurso, e assim ter noção dos exercícios que são abordados. Pois, algumas bancas possuem alguns estilos claros de questões de provas. Muitos Curso de Informática contam com provas e simulados que podem lhe auxiliar na compreensão dos formatos de questões de diversas bancas.

Existe alguma diferença nos estilos de cobranças das bancas?

Todas as bancas cobram os assuntos com formato totalmente diferente, se por um acaso você pegar uma banca CESPE, verá que em geral ela gosta de descrever uma situação, sem mostrar as devidas ferramentas.

Mas, se você pegar uma FGV, poderá ter um cenário totalmente diferente, ela cobra questões que cobram o raciocínio misturado com o conhecimento da devida ferramenta.

O que você não deve fazer 

Muitos estudantes acham que saber mexer no computador será o suficiente para fazer e passar na devida prova de concurso. Porém, isso não é verdade, as provas de informática serão cobradas com questões com muita profundidade.

Depois de ler sobre como estudar informática para concursos, você ficou com alguma dúvida?

Se você gostou do que leu, comente aqui embaixo sobre essas dicas e mande os resultados logo a seguir. E se quiser compartilhe essas dicas com os seus amigos e amigas.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp