29/07/2021 às 10h23min - Atualizada em 01/08/2021 às 00h00min

Cidades brasileiras apostam na Inteligência Artificial para preservar vidas e segurança

Paraná e Espírito Santo são exemplos de aplicação da IA para cidades mais seguras

SALA DA NOTÍCIA PAULA BATISTA
Pixabay
Investimentos no desenvolvimento de softwares inteligentes, sistemas de monitoramento e sustentabilidade. Soluções de inovação como essas têm ajudado autoridades a promover um trânsito mais seguro em todo o mundo. O desenvolvimento de novas tecnologias, como por exemplo, a inteligência artificial, vem provando que elas são verdadeiras aliadas quando o assunto é ajudar a preservar vidas.
            No Brasil vemos diversas aplicações dessas tecnologias em prol da segurança pública e do trânsito. Em 2020, durante os períodos mais complexos da pandemia da covid-19, a Prefeitura de Curitiba testou um aplicativo chamado “Distância2”, de Inteligência Artificial, desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em dez locais de transporte coletivo. A ferramenta utiliza imagens de câmeras de monitoramento e um algoritmo que identifica o distanciamento mínimo entre as pessoas e gera alertas caso o espaçamento de 2 metros seja descumprido.
            Neste ano, a Receita Estadual do Paraná lançou um aplicativo, o Fiscaliza PR, que possibilita consultar a situação dos veículos registrados no Estado, online e instantaneamente, por meio de leitura OCR (Reconhecimento Ótico de Caracteres) – utilizando apenas a câmera de um smartphone. Neste primeiro momento, os usuários iniciais são os auditores fiscais da Receita Estadual, que poderão utilizar o app para fiscalização, identificando de maneira mais rápida e eficaz irregularidades em veículos (como o não pagamento de licenciamento e IPVA, além de furtos e roubos).
            O Estado do Espírito Santo está prestes a ser o primeiro do país a implementar o Cercamento Eletrônico, um projeto público inovador que reunirá, em uma única plataforma integrada e amplamente compartilhada, coordenada pelo DETRAN/ES, um sistema com foco na otimização do monitoramento de trânsito, fazendário, ambiental e de segurança pública nas rodovias e vias estaduais. “Ele é de grande importância não só para o setor público, mas para a sociedade capixaba como um todo, pois se trata de um importante avanço no combate a crimes, como roubos de cargas, descaminho, sonegação fiscal, entre outros. A proposta busca instalar um sistema composto por câmeras, sensores e softwares, inclusive a infraestrutura de comunicação de dados e servidores necessários, para coletar dados e imagens dos veículos que passam em centenas de pontos nas rodovias do Estado do Espírito Santo, e cruzar essas informações com diversos bancos de dados públicos para, com o uso de inteligência artificial avançada, identificar crimes de diversas naturezas”, explica Guilherme Araujo, porta-voz do Consórcio Pedras Verdes.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp