03/08/2021 às 15h06min - Atualizada em 05/08/2021 às 00h00min

Pele e cabelos exigem cuidados redobrados no inverno

Embora as estações mais quentes criem problemas para a pele e cabelos, o inverno também pode ser um grande inimigo.

SALA DA NOTÍCIA MP & ROSSI COMUNICAÇÕES
Divulgação
Com a queda das temperaturas e a umidade do ar mais baixa, é natural a diminuição da transpiração corporal, que colabora para o ressecamento da pele e cabelo. De acordo com um estudo publicado no British Journal of Dermatology, isso ocorre porque as células encolhem com o frio, prejudicando a proteína filagrina, a qual age na hidratação. Com a queda das reservas dessa proteína, a pele fica seca e sujeita a doenças como dermatite seborreica, atópica, psoríase e a ictiose.

Para o dermatologista do Hospital Santa Casa de Mauá, Antônio Lui, outros fatores também colaboram para esse ressecamento, como por exemplo, os banhos quentes que removem a oleosidade natural e reduzem o manto lipídico, que retém a umidade da pele. “Entre os sintomas da pele ressecada estão a aparência opaca, descamação, sensação de aspereza, coceiras e alergias, além de um aspecto esbranquiçado”, explica.

Alguns hábitos podem amenizar essa aparência como hidratações corporais; manter uma alimentação saudável, rica em vitaminas, minerais e antioxidantes, que combatem os radicais livres e previnem o envelhecimento; evitar os alimentos mais gordurosos; reforçar a ingestão de líquidos para hidratação do organismo e uma pele macia e elástica; evitar banhos quentes e as esponjas, usar hidratante após o banho de preferência com o corpo ainda úmido; evitar a esfoliação nesse período para não piorar o ressecamento; usar hidratante labial para evitar rachaduras e usar filtro solar diariamente.

Vale lembrar que as peles mais oleosas também podem sofrer com o inverno e que oleosidade não é sinônimo de hidratação, já que a condição é uma proteção contra a desidratação. O período é ideal para a realização de tratamentos dermatológicos como peelings, laser, depilação, entre outros. 

O frio também pode atingir o couro cabeludo e os cabelos, promovendo ressecamento, queda e opacidade. Para minimizar essas condições algumas dicas são bastante válidas como não deixar de lavar os fios constantemente e a água muito quente também não é recomendada, pois ela abre as cutículas, quebrando os fios, tirando o brilho e aumentando a oleosidade. O condicionador é um grande amigo dos cabelos nos dias frios, já que selam as cutículas e conferem mais brilho e maciez. Também é aconselhável optar por produtos adequados ao tipo de fio; secar bem os cabelos após a lavagem; controlar o uso de toucas e gorros, que podem reter a umidade impedindo a respiração adequada do couro cabeludo, além de ingerir bastante água e fazer uma alimentação saudável. 

Informações a imprensa
MP & Rossi Comunicações
Luciana Ponteli 
(11) 9.3099-1964
[email protected]
www.mprossi.com.br
22/07/2021
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp