27/08/2021 às 10h26min - Atualizada em 29/08/2021 às 00h00min

Saiba como criar harmonia entre piso e o revestimento das paredes

SALA DA NOTÍCIA Victor
 

A construção de uma casa é um projeto que envolve a personalidade dos envolvidos. Indo desde à disposição dos cômodos até a escolha do piso e revestimento para o local.

 

Em alguns casos essa idealização parte dos desejos do comprador, que adquiriu um terreno especificamente para isso. Mas muitas vezes ela tem origem no planejamento geral, constituído por um arquiteto contratado.

 

Essa padronização é comum na construção de prédios e condomínios, que devem possuir uma identidade neutra. Esse é um fato importante para você comprador, que acabou de encontrar um lar para conviver com sua família.

 

Para dar vida a essas paredes de concreto, transformando-as nos pilares do seu novo lar, um serviço de decoração é essencial, pois é ele que irá transmitir estilo ao bloquete de cimento usado na calçada da sua residência.

 

Isso porque até a escolha desses blocos é capaz de falar muito sobre a personalidade do morador que ali habita.

Como uma decoração pode dar vida ao seu lar

Transformar um domicílio residencial em sua casa é um processo que está além da escolha de termos formais ou informais para se referir a sua nova moradia. É um procedimento responsável por garantir que esse lugar passe a ser um sinônimo de conforto e segurança.

 

A instalação de uma janela em um canto estratégico consegue iluminar a sua sala de jantar da melhor maneira possível, tornando aquele cômodo em um recinto leve e aconchegante, para que ali seja realizado um contato familiar diário 

Uma divisória piso teto, por exemplo, é capaz de definir os limites entre a sala de estar e o seu escritório, que representa um ambiente sério e profissional, para quem trabalha por meio do home office.

 

Por isso, se a estruturação da sua casa é responsável por tantos conceitos imateriais, o papel da decoração é ainda mais importante, garantindo que o seu lar seja uma expansão dos seus sentimentos e da sua personalidade.

 

É como visitar a casa dos avós e já se sentir confortável logo na varanda, pois cada cômodo daquele lugar retrata as histórias da sua família, e isso pode ser sentido pela forma que os móveis estão alocados, pelo material do piso e pela disposição das fotos na parede.

 

Tal significação também pode e deve ser encontrada na sua casa. Afinal, você não quer que no futuro os seus netos visitem o seu lar e não sintam a mesma sensação de conforto que você experimenta ao entrar na residência dos seus parentes.

 

Para isso, nem é preciso pensar tão longe assim. Ninguém quer pôr o pé em casa após um longo dia de trabalho e não se sentir bem recebido em seu próprio lar. E para que seja garantida essa sensação de pertencimento, a sua casa precisa se conectar ao seu estilo.

 

Assim como possuir um armário repleto de camisas personalizadas pode expor sua personalidade através do seu guarda-roupa, o mesmo pode ser feito pelas paredes da sua casa.

 

Dessa forma, ao realizar aquele famoso tour pela casa, apresentando os cômodo para as visitas, você estará também apresentando um pouquinho dos seus gostos e da sua personalidade.

 

Esse processo de criar uma identidade para o lar passa por uma série de escolhas, como o tipo de piso apropriado para suas necessidades, as cores que melhor se adequam a cada cômodo e o tipo de telhado que será instalado.

 

Como a escolha por chapas de acrílico ou por telhas de cerâmica, que devem levar em conta a decoração e a finalidade de cada cômodo. Pois um teto de vidro é ideal para uma estufa, mas não é indicado para o quarto, por causa da temperatura.

 

São uma série de escolhas que podem exigir diferentes finalidades de acordo com suas necessidades, e por consequência disso, adotarem estilos conflitantes.

A importância da harmonia na decoração da sua casa

Se a sua casa se torna uma expansão da sua personalidade, o que você pode não querer é apresentar a ideia de ser uma pessoa desorganizada ou sem cuidado consigo mesmo, assim como a decoração confusa do seu lar.

 

Por isso, é preciso que o revestimento das paredes converse com as decisões estéticas tomadas em relação aos cômodos da casa.

 

Pois de pouco adianta a sua residência ter um belíssimo e moderno papel de parede estilo oriental, se a decoração usada na sua porta de entrada lembra mais um estilo clássico de arquitetura.

 

Até para quem quer destacar um estilo mais livre, com diferentes tipos de mobílias para cada cômodo, é preciso conhecer os ideais de harmonia, pois a interferência de estilos entre uma sala e outra pode acabar com a individualidade de cada uma.

 

Além da diferença entre os cômodos, existe um elemento na decoração do seu lar que pode ser ainda mais conflitante, por se estender por todos os cantos da casa, que é a relação entre o piso e o revestimento das paredes.

 

O contraste ou a harmonia de um lar é muito exposto pela conexão entre o chão e as paredes. Para se ter uma casa agradável ao olhar, é necessário combinar esses estilos, assim como você procura combinar o modelo de uma blusa com uma calça.

 

Assim como pode não haver ligação entre uma saia florida e uma camisa de bolinhas, o mesmo vale para um piso metálico e um revestimento de madeira para as paredes.

Como combinar o piso com as paredes

Para quem está procurando por materiais para reformar a sua casa ou trabalhando na construção da mesma, existem uma série de fatores responsáveis pela harmonização da decoração do seu lar.

 

Essa diversidade de combinações ocorre graças à variedade de estilos que podem ser encontrados para cada um desses elementos em específico.

 

Mas não é preciso se desesperar, pois os tópicos a seguir irão destacar as principais relações harmônicas para as quais se deve prestar atenção durante a decoração do seu ambiente residencial. 

Cores

A escolha da cor das paredes diz muito sobre a personalidade do morador. Para expor essa realidade, é só pensar em uma loja de produtos de limpeza, e de como o branco domina a decoração desses estabelecimentos, por representar um ideia de pureza e higiene.

 

E se isso não vale apenas para um estabelecimento comercial, também serve para a decoração de um ambiente doméstico. Porém com responsabilidades maiores, pois estamos falando de um local essencial para o seu convívio.

 

As cores fortes podem tornar o ambiente em um lugar menos convidativo, justamente o oposto do que alguém procura para sua casa, mas ao mesmo tempo essas tonalidades mais escuras também podem atribuir um tom de requinte e sofisticação ao seu lar.

 

A solução seria trabalhar com um contraste nessa decoração. Deixando as tonalidades mais escuras para o piso, enquanto as paredes podem trazer cores mais leves, que intensifiquem o material de base.

 

Como na instalação de piso vinílico. Caso você opte por ter paredes brancas, é recomendável a procura por uma material desse tipo em modelos mais escuros, para que a elegância do seu piso de madeira tenha uma melhor visibilidade.

Texturas

Continuando a falar sobre madeira, que é um material responsável por representar conceitos de sofisticação e naturalidade, além da tonalidade, a textura desse elemento deve ser levada em conta ao se trabalhar com uma decoração harmonizada.

 

Um estilo mais neutro ou rústico irá definir também o tipo de ornamentação a ser utilizado nas paredes e vice-versa, pois um revestimento metálico para sua parede exige um piso de textura lisa, caso a ideia seja trazer um estilo mais moderno para a sua cozinha.

 

Assim como uma pintura poliuretano pode ser a ideal para a quadra de esportes que você está montando no fundo da sua casa, garantindo que seus filhos possam brincar de forma segura, em um piso de melhor aderência aos mais diferentes tipos de esportes.

Itens decorativos

Para completar a decoração do seu lar, e auxiliar nesse processo de harmonia entre os cômodos e seus elementos, os itens de decoração são aqueles responsáveis pelo toque final no arranjo da sua casa.

 

Os elementos simples dão um estilo próprio para a sua residência, ao mesmo tempo que podem ter funções específicas de acordo com suas necessidades. 

 

Entre esses itens, os mais comuns são:

 
  • Porta-retratos;
  • Quadros e pinturas em geral;
  • Espelhos;
  • Lustres;
  • Relógios;
  • Vasos de planta;
  • Murais.
 

Um chão amadeirado rudimentar, por exemplo, combina com a disposição de plantas em seu recinto, seja em vasos comuns, espalhados pelo chão da casa, ou por meio de recipientes especiais, como um vaso que pode ser pendurado na parede.

 

Após entender a importância de se ornamentar a decoração da sua casa, você já pode pôr no papel a lista de materiais que vai precisar para construir a casa que melhor represente o seu estilo.

Caso você esteja se mudando para um ambiente já decorado, os conselhos são os mesmos, pois é necessário transformar essa sua nova residência em sua, transpondo o seu estilo único para as paredes que irão servir de lar nos próximos anos.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp