09/09/2019 às 18h06min - Atualizada em 10/09/2019 às 00h15min

Lojas que visam o Dia das Crianças precisam começar a planejar as ações

Com relação à compra dos presentes para o Dia das Crianças, especialista afirma que quem oferece brinde tem mais chance de conquistar clientes.

DINO
https://www.zimi.com.br/

Festa, bagunça, doces, desenhos e brincadeiras! Essas são algumas das coisas que mais caracterizam as crianças e as festas que geralmente são feitas para elas em 12 de outubro. O Dia das Crianças é o momento de homenagear os pequenos e de trazer à tona toda a simplicidade que eles apresentam. É também muito comum que os pais presenteiem os filhos nessa época, o que movimenta o varejo, sem contar nas atividades nas escolas. Isso faz com que as ações precisem começar a ser pensadas agora, com antecedência.

A proposta de criação do Dia das Crianças é de autoria do deputado federal fluminense Galdino do Valle Filho. Após a aprovação, a data foi oficializada em 5 de novembro de 1924, por meio do Decreto de Lei nº 4867. Desde então, uma série de atividades é proporcionada às crianças nessa data, que é feriado. Uma das maneiras de as empresas mostrarem a marca é oferecendo brindes personalizados nos próprios eventos. Desenvolver uma estratégia de divulgação agora permite que sejam feitas parcerias com os organizadores das festas. Uma dica é montar um estande e além de usar camisetas, bonés e toldos personalizados, distribuir brindes como chaveiros e copos. Como se trata de um local com grande concentração de pessoas, a estratégia pode surtir resultado.

Outro método a ser utilizado pelo varejo está ligado diretamente à compra dos presentes para o Dia das Crianças. A Zimi , especialista em brindes personalizados, afirma que as lojas que oferecem brindes possuem mais chance de conquistar clientes em detrimento das outras. "Essa é uma maneira de atrair, de oferecer um benefício, de mostrar que a empresa se preocupa com o cliente e ainda aproveitar para fazer uma propaganda", afirma. Os brindes das lojas costumam estar personalizados , o que faz com que a pessoa vá embora com algum tipo de contato e tenha mais chances de voltar.

Quem também já pode começar a se mobilizar para presentear os pequenos pelo Dia das Crianças são as escolas. Muitas têm esse hábito, o que faz com que as crianças até esperem por esse momento. Por mais simbólico que seja, para elas o que importa é poder voltar com alguma coisa para casa, nem que seja uma garrafinha de água. "As crianças permitem que seja utilizada a imaginação. Uma lembrancinha aliada a um desenho bastante colorido e a algum doce já transforma o dia dela", conta a Zimi.

Para que a distribuição de brindes no Dia das Crianças seja possível, o planejamento é indispensável. Fazer os devidos orçamentos, avaliar se há viabilidade financeira e se a entrega será realizada dentro do prazo são pontos extremamente importantes. Porém, tudo isso precisa ser analisado o quanto antes. "Muitas pessoas deixam para conversar sobre o que fazer em cima da hora, quando entra no mês de outubro, e essa não é uma boa prática. Assim, os fornecedores podem não conseguir suprir a demanda, atrapalhando o que foi planejado", explica a Zimi. Outro problema que também pode ocorrer é planejar ações inadequadas e não ter tempo de mudá-las. No caso das lojas, isso impacta no nome da marca, enquanto nas escolas, a expectativa dos alunos não é atendida.



Website: https://www.zimi.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp