30/09/2021 às 13h54min - Atualizada em 30/09/2021 às 13h50min

World traveler: Brasileiro que viajou para 191 países deseja completar a lista dos sonhos de todo mochileiro

SUAIMPRENSA - cidadenoar.com
Divulgação
Viajar é um dos melhores investimentos da vida, e isso não é novidade para os mochileiros de plantão. Apesar de não ser uma tarefa fácil de ser cumprida, para Giancarlo Ambrosino (48) essa é uma das suas maiores missões de vida. Com inúmeros carimbos no passaporte após percorrer por 191 países, o incorporador brasileiro deseja completar a lista dos sonhos de todo viajante e conhecer cada parte do mundo!

A paixão por viagens surgiu após Giancarlo ter que tirar dois anos sabáticos, lá em 2007, e desde então ele começou a explorar vários países diferentes, o que fez com que o seu fascínio em desbravar o mundo só aumentasse, “sempre amei viajar, mas por causa do trabalho não conseguia sair do Brasil, quando finalmente consegui tirar o sabático percebi que quanto mais países conhecia, mais queria conhecer. Se tornou um vício, nunca era o suficiente, assim nasceu a paixão pelo novo”, revela.

Ao ser questionado sobre o lugar que mais o encantou durante a sua trajetória, Ambrosino não hesita em dizer que foi a Rússia. Ele conta que a história, o povo, a cultura, a culinária e a diversidade são tão inspiradoras que fez com que ele voltasse diversas vezes ao país, e já conhece 12 cidades por lá. Outro momento que marcou profundamente Giancarlo ocorreu na Índia, durante a sua terceira viagem:

“Durante a minha terceira viagem à Índia, fui a Amritsar em Punjab, conhecer o templo dourado, santuário da religião Sikh, senti uma grande emoção, o local vibrava espiritualidade. Fui tomado por uma grande felicidade e sensação de paz, não queria ir mais embora, se existe algum lugar do céu na terra é definitivamente este local”.

Coreia do Norte, Guinea, Libéria, Nigéria, Paquistão e Sierra Leoa são os únicos países que restam para que Gianca conheça, oficialmente, todo o mundo! E ainda revela que dentre eles, o primeiro que abrir as fronteiras será o seu próximo destino. O ritual de Ambrosino ao chegar em cada lugar novo é explorar a pé, assim ele pode experienciar e entender um pouco melhor sobre cada ambiente, “quando chego em um país novo, amo andar na rua por horas, sentir a vibe, acho que só andando que se conhece um lugar”, conta.
Giancarlo, que já morou cinco anos nos EUA, disse que se pudesse escolher qualquer lugar do mundo para viver, definitivamente seria a Rússia, “é uma mistura da Europa e Ásia, uma cultura única [...] encontrei um povo muito generoso e acolhedor”, ressalta. O viajante conta que busca entender melhor sobre cada cultura antes mesmo de chegar ao local, dessa forma ele saberá respeitar os costumes locais, se adaptando em cada lugar distinto.

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp