08/10/2021 às 16h54min - Atualizada em 10/10/2021 às 00h00min

Inspirar pessoas a cuidar das pessoas, o propósito que conduz a atuação do Grupo Sabin

A empresa liderou diversas frentes de combate à pandemia, além da sua atuação direta como empresa de saúde, a partir da sua cultura de ESG

SALA DA NOTÍCIA VIVIANE MELEM
sabin.com.br
Divulgação
Outubro, 2021. No cenário recente, o cuidado com a saúde e a segurança de forma integral se tornou urgente e presente no dia a dia da população. A chegada da pandemia transformou esta realidade e encontrou nas iniciativas público e privada um aliado no combate à Covid.
                No Brasil, onde o índice de casos da doença ultrapassa os 21 milhões, ações efetivas de combate ao Coronavírus entraram nas agendas de prioridades das companhias genuinamente comprometidas em contribuir de alguma forma para reduzir os impactos da crise. De norte a sul, movimentos, campanhas, comitês, foram estruturados para monitorar os números da Covid, tentar conter o avanço dos casos e os reflexos da pandemia no País. Ao lado da população nesta batalha, destacam-se empresas como o Grupo Sabin, que desde os primeiros registros de casos, dedica atenção à causa, adotando medidas de enfrentamento e investindo em cuidados contínuos de seus colaboradores e clientes e se engajando em programas e projetos para apoiar a população no aspecto assistencial e social.
                Movida pelo propósito de cuidar das pessoas, a empresa abraçou uma série de iniciativas importantes nesta luta contra a Covid. Em Brasília, se uniu à campanha ‘Vacinar é um ato de cuidado!’ - campanha estadual de vacinação contra a Covid-19. O Programa de Voluntariado Corporativo do Sabin mobilizou 2.295 colaboradores da empresa que se revezavam nessa corrente do bem na vacinação da população, totalizando 23 mil horas e 58 mil doses aplicadas. Além da mobilização de seus colaboradores e para expandir o alcance da iniciativa, o Sabin cedeu três espaços de atendimento no sistema drive-thru para vacinação aos sábados e domingos, durante 6 meses consecutivos. 
                Por meio do Movimento Unidos pela Vacina (que tem como madrinha a cofundadora do Grupo Sabin, Janete Vaz), em parceria com a ONG Grupo Mulheres do Brasil DF, foram também doados computadores, insumos para a produção de equipamentos de proteção individual (EPIs), que vão ajudar na produção das peças de proteção desenvolvidas na Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) – órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).

Os desafios inspiram a evolução
                 A experiências em frentes que aprimoram jornada do paciente, motivaram investimos em novos modelos de negócio que apostam na integração da cadeia produtiva e na oferta de cuidados coordenados e integrados da saúde. Com a proposta de valor de democratização do acesso à saúde o Sabin lançou o seu Centro de Saúde digital - o Rita Saúde. A plataforma foi desenvolvida dentro dos conceitos de saúde 5.0 – com as pessoas no centro do cuidado – coordena de forma 100% digital a assistência e permite acompanhamento integral do paciente. De acordo com a Presidente do Grupo Sabin, Lídia Abdalla, a proposta é oferecer um ecossistema inovador com saúde de forma planejada. “Estamos entregando um modelo de assistência estruturado, para tornar a saúde de qualidade mais acessível à população. Assim, estamos contribuindo também para a sustentabilidade do setor, por meio do impacto dos resultados da plataforma”, destacou.
                As adversidades da pandemia também motivaram o desenvolvimento de estratégias que aceleraram projetos inovadores da empresa, como expansão de seus canais de atendimento à população, melhorando cada vez mais a experiência dos clientes por meio da transformação digital. Além disso, lançou o sistema de atendimento drive-thru, estruturou unidades exclusivas para atendimento Covid 19, ampliou o acesso ao seu serviço móvel e otimizou sua plataforma de serviços, integrando por meio do e-commerce unidades especialistas para exames da COVID-190 e drives thru, em diversas regiões do país.
                O aplicativo do Sabin deixou clientes a um clique de distância das novas funcionalidades que simplificaram o acesso à informação e ao cartão de vacinas virtual. O cuidado também está na essência do projeto de transformação do app, que inseriu a ferramenta “Quebre o Silêncio”, funcionalidade semelhante ao “botão do pânico”, dando aos usuários a oportunidade de fazer denúncias contra violência doméstica, que dispararam em 2020 e motivaram ainda a empresa de alma feminina a desenvolver a campanha “Quarentena sem violência”, entregando às colaboradoras um guia com orientações sobre como atuar diante de uma situação de violência ou ajudar pessoas que enfrentam este tipo de prática. O conteúdo foi produzido com base na Lei Maria da Penha, para auxiliar mulheres a identificarem os sinais de relações abusivas, entender os tipos de violência mais comuns, o ciclo da violência no âmbito familiar, as formas de denunciar e os aplicativos que auxiliam em momentos de tensão, entre outros detalhes.
                Outro avanço foi o apoio às mais de 1200 empresas com protocolos de triagem, testagem e monitoramento, além da integração com protocolos sanitários para a retomada de diferentes setores da economia forma segura e responsável. “Também asseguramos a ampliação da nossa plataforma de testagem e capacidade produtiva e nos tornamos ainda mais eficazes e preparados para superar desafios logísticos e garantir insumos e reagentes para realização de testes em todas as regiões do Brasil”, celebra a executiva. A estratégia permitiu que o Sabin mantivesse a oferta de exames de forma ininterrupta nas 53 cidades em que atua. Além disso, o Sabin foi a primeira empresa de Medicina Diagnóstica a integrar as notificações da COVID-19 à Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), do Ministério da Saúde.

Conhecimento científico e responsabilidade com saúde de valor
                A atuação pautada pela cultura forte, valores e propósitos que conduzem todas as práticas da empresa alcança também os serviços do Sabin e influencia a jornada de seus cientistas e pesquisadores, que dedicam todo o seu conhecimento para entender a complexidade por trás de uma dimensão de amostras, reports, estudos clínicos.  Empenho que resultou no pioneirismo em desenvolver os testes para detecção da Covid 19 no Brasil. Lançado ainda em fevereiro de 2020, pouco antes do primeiro caso ser confirmado, o teste no formato RT-PCR do Sabin, juntamente com os sorológicos, tem sido importante aliado do ecossistema nacional de saúde. A produção do exame in house e a alta capilaridade consolidaram a empresa como prestador de serviço de referência para a população, comunidade médica e hospitais. A metodologia de padrão ouro para diagnóstico da COVID-19 e outros modelos de testagem do seu portfólio alcançaram 1.980.000 testes já realizados em todo o país.
                Outro projeto de destaque foi a implantação de um novo protocolo de comunicação humanizada para pacientes positivos Covid. “Nossos bioquímicos, biomédicos e técnicos se revezaram para garantir uma comunicação humanizada e focada nas orientações de saúde para apoiar os pacientes que testaram positivo na sua jornada de cuidados. Foram quase 300.000 pessoas foram atendidas em 18 meses de pandemia. Tudo isso foi resultado do nosso investimento de mais de 6 milhões de reais”, comentou a Presidente.
                Além disso, este ano três trabalhos desenvolvidos pela empresa foram selecionados para apresentações no o maior congresso de medicina laboratorial do mundo, promovido pela American Association for Clinical Chemistry (AACC): o “Validation of chromosomal microarray analysis in a clinical setting”, o “Upgrading a previous validated RT-qPCR assay for SARS-CoV-2 detection” e o “Detection of SARS-COV2 in saline solution gargle sample by RT-qPCR”, identifica o vírus o SARS-COV2 em amostra de gargarejo com solução salina com metodologia RT-PCR, este último eleito entre os 10 trabalhos com a melhor pontuação e escolhido para apresentação presencial em Atlanta, nos Estados Unidos.
                Em 2020, o Grupo Sabin foi duplamente premiado no mesmo evento e apresentou à comunidade científica dois trabalhos desenvolvidos em divisões diferentes: o “Validation of Massive Parallel Sequencing Workflows for Germline Variants: Method-Based or Analyte-Based Approach?” e “Performance Characteristics of Massively Parallel Sequencing of a Comprehensive Panel of Genes associated with Clinical Phenotypes on Samples Obtained from Self-Collected Buccal Swab”, referentes ao método de sequenciamento do DNA dos pacientes que ajudam na identificação de variantes genéticas causadoras de doenças. Além disso, em 2016, foram três prêmios e um deles a medalha National Academy of Clinical Chemistry (NACB) concedida ao coordenador de Pesquisa do Laboratório Sabin, Gustavo Barra, pelo exame para a detecção molecular dos vírus da dengue, zika e chikungunya em uma mesma reação. Em 2018, outras duas premiações conquistadas: o de Jovem Cientista e o de Student Travel Grant.  
                Reconhecimentos à empresa que tem uma trajetória de apoio ao conhecimento e investimentos em pesquisas de universidades e centros de referência, na atualização e produção científica de seus colaboradores, e desenvolvimento de estudos para novas metodologias diagnósticas.
 
Cuidando de dentro para fora
                Ainda nas primeiras ocorrências de casos de Covid no Brasil, em março de 2020, o Grupo Sabin instaurou um Comitê de Crise e Ações de Enfrentamento à Pandemia, que desenhou estratégias eficientes de atuação nacional para garantir a o bem-estar e qualidade de vida de clientes e de seus mais de 5.700 colaboradores, para que se mantivessem seguros e protegidos na entregar serviços com excelência e atendimento humanizado.
                “Nossa cultura organizacional é voltada para o fomento ao ambiente pensado para a saúde, bem-estar e necessidades dos colaboradores. Assim, seguimos pautando nossas ações internas de enfrentamento e implantando plataformas, como a de terapia on-line, em parceria com a startup Zenklub. Também investimos em protocolos especiais de afastamento dos grupos de risco e em protocolos específicos de retorno que tem contribuído para que as nossas estruturas físicas e escalas de trabalho sejam reorganizadas de forma assertiva, permitindo a redução do fluxo de pessoas nos ambientes”, afirmou Lídia.
                As ferramentas de gestão da saúde proporcionam acompanhamento personalizado dos colaboradores, como o canal digital para atendimento de profissionais infectados ou com suspeita de infecção e chatbot para acompanhamento diário dos trabalhadores, originando um mapa de curvas de contágio para intervenção da Medicina Ocupacional. Cartilhas, lives, e teleconsultas, com especialidades como fisioterapia e psicologia, além de materiais internos de comunicação mantiveram os colaboradores atentos aos cuidados com a saúde física e mental. Cuidados que não param. A empresa também está implementando um programa especial para proporcionar melhor entendimento sobre as perdas e como viver o luto, produzido para colaboradores que perderam familiares e pessoas próximas.

Um olhar especial aos mais vulneráveis
                O cuidado e a atenção com os mais vulneráveis ganharam ainda mais relevância no contexto da pandemia e inspiraram o Instituto Sabin, braço social do Grupo Sabin, a apoiar iniciativas e abraçar parcerias que deram a mais de 274 organizações sociais no Brasil a possibilidade de fazer com que milhares de brasileiros pudessem viver com mais dignidade mesmo diante de um cenário tão delicado.
                As adversidades da pandemia influenciaram nas medidas estratégicas das cinco frentes de atuação no campo da inovação e assistência social e fizeram com que iniciativas, ações e métodos de trabalho fossem adaptados para dar continuidade à missão de melhorar a qualidade de vida nas comunidades. A dedicação se consolidou em resultados importantes: no total, 290 organizações socais já foram beneficiadas e mais de 20 mil exames gratuitos em comunidades de todo o país. Resultados dos investimentos em doações que atingiram mais de R$ 700 mil. 
                Com 16 anos de história, o Instituto atingiu um marco importante em sua trajetória: impactou positivamente a vida de mais de 1.1 milhão de pessoas no Brasil, fruto de um investimento social que supera mais de R$ 49 milhões.
 
Mais informações à imprensa:

Viviane Melém

Tel: + 55 11 97171-1524 / 11 3165-9794
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp