16/12/2021 às 18h52min - Atualizada em 17/12/2021 às 00h20min

Vehicle Group da Eaton obtém subsídio do Departamento de Energia dos EUA para desenvolver tecnologias de redução de emissões para o setor agrícola

DINO


A empresa de gestão de energia Eaton anunciou hoje que seu Vehicle Group obteve um subsídio de US$ 2,4 milhões do Departamento de Energia (Department of Energy, DOE) dos Estados Unidos para desenvolver novas tecnologias que visam a reduzir emissões de equipamentos agrícolas. Esse subsídio vai possibilitar que a Eaton atinja antes suas metas de sustentabilidade para 2030. Até 2030, a empresa pretende reduzir em 15% as emissões de suas soluções e de toda a sua cadeia de valor.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20211216005945/pt/

Eaton’s variable valve actuation technologies are an ideal solution for reducing emissions produced by agricultural implements. (Photo: Business Wire)

Eaton’s variable valve actuation technologies are an ideal solution for reducing emissions produced by agricultural implements. (Photo: Business Wire)

Eaton’s variable valve actuation technologies are an ideal solution for reducing emissions produced by agricultural implements. (Photo: Business Wire)

No âmbito do subsídio, a Eaton planeja desenvolver tecnologias que reduzam simultaneamente a emissão de gases do efeito estufa (GEE) em 10% e de óxidos de nitrogênio (NOx) em 90% de trens de força agrícolas projetados para ciclos multifuncionais. As tecnologias devem abranger diversas aplicações no segmento e apresentar ao mesmo tempo eficiência de custo e robustez. Paralelamente, a Eaton recebeu um subsídio de US$ 4,9 milhões para desenvolver um novo transformador de estado sólido compacto e modular para reduzir o custo e o tamanho de sistemas de recarga rápida em corrente contínua.

“Os níveis de emissão do setor de veículos que não operam em vias de tráfego, o que inclui o segmento agrícola, está bem atrás de veículos convencionais devidoàfalta de soluções tecnológicas”, explicou o Dr. Mihai Dorobantu, diretor de planejamento de tecnologias e assuntos governamentais do Vehicle Group da Eaton. “Este subsídio pode possibilitar reduções consideráveis em emissões de GEE e NOx que levariam a tecnologia e seus benefícios a todo o país e nos ajudariam a atingir nossas metas de sustentabilidade corporativa. O financiamento do DOE apoia nosso trabalho contínuo para desenvolver tecnologias que reduzam as emissões em aplicações difíceis de descarbonizar. Além disso, ele possibilita parcerias de pesquisa para otimizar arquiteturas e componentes.”

Para atingir o objetivo do subsídio, o Vehicle Group da Eaton vai desenvolver novos componentes para aplicações agrícolas e modificar tecnologias atuais desenvolvidas para veículos comerciais, inclusive sistemas de motores e pós-tratamento. Soluções agrícolas são diferentes de tecnologias avançadas aplicadas a veículos convencionais por serem utilizadas em ciclos de operação únicos e variáveis.

Será empregado um amplo portfólio de tecnologias para atingir as metas estabelecidas

Realizando parcerias com importantes fabricantes de motores, a Eaton planeja atingir as metas do DOE com tecnologias inovadoras que proporcionem relações de compressão de motor superiores, reduzam a fricção e aumentem a eficiência do maquinário de turbo, minimizando ao mesmo tempo perdas mecânicas.

A Eaton vai adaptar para uso agrícola sua linha de soluções de atuação de válvulas variáveis (variable-valve actuation, VVA), desenvolvidas originalmente para veículos comerciais. As tecnologias de VVA da Eaton se fundamentam em dois componentes básicos: um oscilador com uma cápsula comutável e um oscilador dividido para total desativação. Ao combinar esses componentes, diversas estratégias de VVA podem ser utilizadas em praticamente qualquer arquitetura de motor — desde came único e duplo no cabeçote até motores do tipo “came no bloco” — e cilindradas que variem de 2,0 a 15,0 litros.

A desativação de cilindro (cylinder deactivation, CDA) é uma tecnologia de VVA que consiste na desativação da abertura de válvula de admissão e exaustão, como também a injeção de combustível em alguns dos cilindros quando o motor está funcionando em baixa carga. A CDA é uma solução ideal para veículos comerciais que fazem paradas frequentes, além de vários utensílios agrícolas. A CDA pode reduzir emissões de NOx em até 40% e de dióxido de carbono (CO2) em até 5% a 8%.

A Eaton também vai se concentrar em ativar tecnologia de aquecimento de catalisador para auxiliar na gestão térmica do exaustor para atingir as metas do DOE. Soluções de aquecimento ativo oferecem calor diretamente ao sistema pós-tratamento do veículo, reduzindo emissões prejudiciais de NOx ao aquecer o mais rapidamente possível o catalisador da redução catalítica seletiva (selective catalytic reduction, SCR) para aproximadamente 200 a 250 °C e manter sua temperatura durante períodos de operação com pouca carga.

Além disso, a Eaton planeja utilizar sua bomba de recirculação de gás do exaustor (exhaust gas recirculation, EGR) com deslocamento positivo TVS® para atingir os objetivos do programa. A bomba de EGR complementa um turbocompressor de alta eficiência para diminuir perdas de bombeamento, o que aumenta a economia de combustível e reduz emissões. Como a bomba é um dispositivo de deslocamento positivo, o controlador do motor utiliza o sinal de velocidade da bomba, além de outros dados de sensor da rede da área do controlador (controller area network, CAN), para calcular precisamente a vazão da EGR.

“Este programa é fundamental para criar dois impulsores de mercado no segmento de veículos não convencionais diante de futuras regulamentações para reduzir emissões de GEE e NOx no segmento, além de um benefício econômico considerável gerado para usuários finais”, destacou Dorobantu.

O subsídio do DOE para recarga rápida em corrente contínua busca reduzir significativamente o tempo necessário para instalar infraestruturas de recarga em instalações de usuários finais. A nova tecnologia da Eaton contará com componentes avançados e uma inovadora abordagem de resfriamento, eliminando a necessidade de diversos dispositivos de conversão de potência. A meta é reduzir barreiras de infraestrutura de recarga para a implementação de veículos elétricos comerciais ao minimizar a necessidade de modificações de instalações e possibilitar instalações de recarga em áreas remotas. O subsídio é condizente com o compromisso do DOE de que veículos com zero emissão componham a metade de toda a frota comercializada nos Estados Unidos até 2030 e de alcançar emissão líquida zero em toda a economia até 2050.

O subsídio também apoia a missão dos negócios Vehicle Group e eMobility da Eaton de produzir soluções sustentáveis que aumentem a eficiência, a segurança e o desempenho de veículos. Os produtos de nosso Vehicle Group incluem componentes para controle de emissões, válvulas de motor, sistemas de válvula, supercarregadores, transmissões, embreagens e sistemas de gestão de torque. Nosso portfólio eMobility inclui componentes eletrônicos de potência inteligente, soluções de distribuição e proteção de potência confiável, e sistemas de potência eficiente para veículos eletrificados.

Saiba mais sobre as áreas eMobility e Vehicle Group da Eaton.

A missão da Eaton é melhorar a qualidade de vida e o meio ambiente por meio do uso de tecnologias e serviços de gestão de energia. Oferecemos soluções sustentáveis que ajudam nossos clientes a gerenciarem com eficácia a energia elétrica, hidráulica e mecânica com mais segurança, eficiência e confiabilidade. A Eaton obteve receita de US$ 17,9 bilhões em 2020, com venda de produtos para clientes em mais de 175 países. Temos aproximadamente 85 mil funcionários. Saiba mais em www.eaton.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Thomas Nellenbach

[email protected]

(216) 333-2876 (celular)


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp