04/10/2019 às 16h18min - Atualizada em 08/10/2019 às 06h51min

Tecnologia detectável é aposta para aumentar segurança na indústria de alimentos

Luvas, toucas, canetas com tecnologia detectável são algumas das inovações para as linhas de produção de gênero alimentício no que tange às normas de segurança e higiene

DINO

Antes de chegar aos supermercados, açougues e à mesa dos consumidores, a carne passa por um processo industrial cada vez mais rigoroso. Por estar sempre na berlinda quando o assunto é gestão e crise ligadas à marca, o setor alimentício, sobretudo o de bens refrigerados perecíveis ou de frigoríficos, está intimamente ligado às inovações pertinentes a novos processos e tecnologias que assegurem padrões mais elevados de higiene e segurança no manuseio e comercialização.

Um dos exemplos é a Norma Regulamentadora 36 - Segurança e Saúde no Trabalho em Empresa de Abate e Processamento de Carnes e Derivados, que tem como objetivo estabelecer um padrão de qualidade para avaliação, controle e monitoramento dos riscos existentes nas atividades de abate e processamento de carnes e derivado destinados ao consumo humano. A finalidade dessa NR é garantir mais segurança, saúde e qualidade de vida para os colaboradores deste setor, estabelecendo requisitos mínimos para realizar as atividades, priorizando a proteção dos trabalhadores.

Por outro lado, os consumidores também estão no foco quando o tema é segurança na manipulação de carnes e frios, que, como atesta o Guia Técnico-ambiental de Frigoríficos (carnes bovina e suína), estão submetidos ao conceito de P+L (Guias Ambientais de Produção mais Limpa), publicado pelo Sindicarnes (Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado de São Paulo) em parceria com a Fiesp e a SMA/Cetesb.

Segurança de produção e consumo

A Sunnyvale é um bom exemplo que define as tendências desse segmento em relação à preocupação com higiene. A empresa está lançando no Brasil a linha Sunnyvale Detectáveis, composta pela caneta que conta com tecnologia avançada para fácil e rápida detecção caso seja perdida em trabalhos de corte e processamento de gêneros alimentícios, como carne. Usa, em seu corpo, metais detectáveis visíveis em raios-X que são compatíveis com as normas regulativas da FDA. A família de produtos ainda inclui luvas e toucas que compartilham do mesmo princípio das canetas, ou seja, oferecem altíssimo grau de segurança em níveis de higiene e detecção para linhas de produção de alimentos, bebidas e embalagens.

No caso, todos os produtos possuem componentes que podem ser facilmente detectados por sistemas de raios-X e de inspeção de qualidade. Especificamente no caso das luvas, fabricadas em vinil detectável, tratam-se de produtos certificados para uso e contato com alimentos dentro das normas norte-americanas e europeias.
Além disso, o portfólio também inclui luvas fabricadas com látex nitrílico ideais para uso em ambientes internos e externos para trabalhos que exijam manipulação de itens e resistência. A matéria-prima usada faz com que a água, o óleo e a graxa deslizem para fora da luva, enquanto uma superfície texturizada ajuda a reter as peças úmidas e secas. Possuem forro reforçado e durável com algodão e estão aptas e certificadas para uso com alimentos ácidos e gordurosos.

"Com a nova linha de itens de segurança, a Sunnyvale está ampliando seu portfólio de tecnologias para criação de linhas de produção seguras e padronizadas para mercados em que higiene e normas de processamentos são essenciais, como frigoríficos e bebidas", salienta João Fortes, gerente de produtos da Sunnyvale.
Fortes prossegue, destacando as soluções de inspeção que já são comercializadas pela empresa. "Já disponibilizamos com sucesso no mercado brasileiro a tecnologia do sistema de raio-X XR75, da Anritsu, um equipamento ideal para inspeção de corpos estranhos metálicos e não metálicos como vidros, cerâmicas, borrachas, plásticos de alta densidade e até ossos calcificados em alimentos. Agora, juntamente com os itens da Sunnyvale Detectáveis, fechamos o ciclo para oferecer ao mercado um processo verdadeiramente eficaz de controle de produção e inspeção", diz.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Veja mais...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp