23/12/2021 às 15h58min - Atualizada em 24/12/2021 às 00h00min

Debates sobre temas da atualidade ganham força na pandemia

Em ano marcado por leituras e debates de ideias, revista recém-lançada joga luzes sobre temas urgentes para a humanidade, analisados pelas perspectivas da arte, da cultura e de outras áreas do saber

DINO
http://www.culturainglesafestival.com.br
O diálogo e o debate de ideias são fundamentais para um mundo em crise


Num ano em que o país se viu obrigado a ficar em quarentena diante do recrudescimento da pandemia de Covid-19, os brasileiros decidiram investir na leitura e no pensamento.  Levantamento feito pela Nielsen BookScan e divulgado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) mostrou que o mercado nacional de livros encerrou o primeiro semestre do ano com venda de 28 milhões de exemplares, no que representou uma alta de 48,5% em relação aos 18,9 milhões vendidos em igual período de 2020.

Além da leitura, 2021 também foi um ano propício à reflexão e ao debate de ideias, especialmente  no formato remoto. Filósofos, pensadores e pesquisadores aproveitaram a ocasião e se puseram a refletir sobre temas urgentes para uma humanidade que, aos poucos, retorna à vida presencial. Afinal, os problemas do lado de fora continuam aguardando por soluções e a promoção do diálogo é uma das formas mais efetivas para encontrar alternativas para um mundo melhor.

Foi nesse contexto que ocorreu, entre os dias 22 e 27 de março, uma série de debates e mesas de reflexão chamada CIF Talks, realizada durante o 24º Cultura Inglesa Festival, evento organizado pela Associação Cultura Inglesa São Paulo. O Festival promove há 25 anos o acesso democrático a atividades culturais, artísticas e educativas para a população, e, neste ano, foi realizado no formato 100% digital. A cobertura jornalística dessas conversas resultou no lançamento da Revista CIF Talks, produzida em parceria com o Sesc São Paulo.

“O alto nível do debate de ideias promovido nesta edição digital do CIF Talks nos convenceu a registrar o conteúdo em um material escrito e visual para ampliar a reflexão sobre os assuntos ali tratados. Consideramos que hoje, mais do que nunca, é preciso lembrar da força do diálogo e da importância de mantê-lo vivo e saudável em meio a tantos desafios coletivos”, afirma Liliane Rebelo, Head de Cultura e Sociedade da Cultura Inglesa.

Nos encontros do CIF Talks, que foram transmitidos gratuitamente pela plataforma digital do festival, convidados especiais trataram de temas relevantes da atualidade pela perspectiva da arte, da cultura, das ciências, da ética, do meio ambiente e da educação. A programação foi realizada em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo e teve a curadoria de Marta Porto, crítica de cultura, jornalista e escritora que participou das principais arenas internacionais de debates sobre artes, cultura e políticas culturais nos últimos 25 anos. O evento contou ainda com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

A revista recém-publicada dedica cada um dos seus capítulos a um assunto específico, incluindo Artes e cultura para aprender a educar”; “Reset no Mundo: Cultura, democracia e bem-estar”; “Novas narrativas, vozes diversas”; “Insights de futuro: o mundo projetado pela ciência e pelas artes”; “Restauração do Planeta: O que temos a ver com isso?”; e “Reimaginar a Cultura - futuros possíveis e como construí-los”.

Dentre os convidados dos talks, estão artistas, acadêmicos, educadores, livre pensadores e representantes de instituições como o Sesc, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Instituto Arte na Escola. São nomes de destaque e reconhecimento em suas respectivas áreas de atuação, como Mônica Hoff, artista, curadora e pesquisadora; Danilo Miranda, filósofo, especialista em ação cultural e diretor regional do Sesc São Paulo; Preto Zezé, presidente da CUFA (Central Única das Favelas); Natalia Mallo, multiartista, curadora e consultora de programação e políticas culturais; Duilia de Mello, professora de Física e Astronomia na Universidade Católica de Washington; Roberto Zular, professor de Teoria Literária e Literatura Comparada na Universidade de São Paulo; Luiz Alberto Oliveira, físico, cosmólogo, professor e ex-curador do Museu do Amanhã; Ailton Krenak, ativista e organizador da Aliança dos Povos da Floresta; e Batman Zavareze, designer, fotógrafo, diretor, produtor, cinegrafista e curador do festival Multiplicidade.

A versão digital da Revista CIF Talks pode ser acessada gratuitamente pela plataforma oficial do Cultura Inglesa Festival no link: www.culturainglesafestival.com.br .

 

 



Website: http://www.culturainglesafestival.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp