27/12/2021 às 16h04min - Atualizada em 28/12/2021 às 00h00min

Gartner: vendas globais de smartphones caíram 6,8% no terceiro trimestre de 2021

Análises indicam que mercado de smartphones é um dos mais afetados pela interrupção da cadeia de fornecimento gerada com a escassez de componentes

DINO
http://www.gartner.com


De acordo com a mais recente pesquisa do Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, as vendas globais de smartphones para usuários finais caíram 6,8% no terceiro trimestre de 2021, em comparação com o mesmo período em 2020. A escassez de componentes interrompeu os cronogramas de produção, levando a estoques mais baixos e atrasos na disponibilidade de produtos, o que acabou impactando vendas para usuários finais. 

“Apesar da forte demanda do consumidor, as vendas de smartphones diminuíram devido ao atraso no lançamento de produtos, cronograma de entrega mais longo e estoque insuficiente no canal”, diz Anshul Gupta, Diretor Sênior de Pesquisa do Gartner. “As restrições de oferta impactaram a programação de produção de smartphones básicos e utilitários muito mais do que smartphones premium.” 

A atual escassez de componentes, como chips de radiofrequência e circuitos integrados de gerenciamento de energia, atrasou a produção de smartphones em todo o mundo. Isso interrompeu o equilíbrio entre oferta e demanda e os usuários finais acabaram tendo que lidar com escolhas limitadas nas lojas. As vendas de smartphones premium continuaram a crescer, embora as vendas gerais de smartphones tenham diminuído no trimestre. 

A Apple recuperou a segunda posição no ranking de vendas para usuários finais e a Xiaomi voltou para a terceira posição no terceiro trimestre de 2021. A Samsung manteve a liderança geral nas vendas de smartphones, embora sua participação de mercado tenha caído 1,9% na comparação ano a ano. Mesmo com o declínio geral, a Samsung experimentou um crescimento de seus smartphones premium, liderado pela forte demanda por smartphones dobráveis. Os fornecedores de smartphones chineses Xiaomi, Vivo e OPPO aumentaram sua participação de mercado em 1%, 2,4% e 1,7%, respectivamente, ano a ano. 

A Apple continuou a experimentar uma forte demanda por iPhones, gerada principalmente em função da atualização de recursos. Neste cenário, o novo sensor biônico A15, o aprimoramento da vida útil da bateria e a otimização do sensor da câmera para fotografia aprimorada são os principais recursos que impulsionaram as atualizações e a procura pelo iPhone. A Apple continua a renovar seu canal on-line e posicionar programas de troca para acelerar a demanda por seus iPhones 5G. 

A forte estratégia liderada por canais de vendas digitais da Xiaomi, para a expansão de mercado na Europa e no Oriente Médio, e a parceria com fornecedores de serviços de comunicação (CSPs) nessas regiões ajudaram a empresa a aumentar sua participação no mercado global de smartphones no terceiro trimestre de 2021. 

A Vivo registrou o maior crescimento ano a ano (20,9%) entre os cinco maiores fornecedores globais de smartphones no terceiro trimestre de 2021. A empresa lançou 13 novos smartphones no trimestre para tentar ganhar vantagem ao entrar em novos mercados, incluindo Europa e o Oriente Médio, junto com a adição de novos varejistas off-line e lojas de experiência à sua estratégia. 

 



Website: http://www.gartner.com
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp