09/02/2022 às 16h12min - Atualizada em 10/02/2022 às 00h00min

Cultivo de plantas ornamentais tende a crescer 12% em 2022

A pandemia fez com que as pessoas passassem a decorar mais a casa com plantas e flores ornamentais. Carolina Matsumoto, da Elleva Casa & Decor dá dicas sobre plantas ideais para o ambiente interno e vasos que combinam com cada espécie

DINO
http://www.ellevacasadecor.com.br


As plantas ornamentais ocupam um espaço consideravelmente prestigiado na história da cultura ocidental. Desde os antigos reinados, os castelos eram adornados com flores e jardins planejados, algo que teve muito a ver com o intercâmbio da flora entre América, Europa, África e Ásia durante o período das grandes navegações. O Jardim Botânico do Rio de Janeiro, por exemplo, é um dos cartões postais mais conhecidos da cidade e teve sua inauguração em 1808 com a vinda da família real para o Brasil.

Não bastasse o projeto estético a partir do paisagismo composto por plantas ornamentais incorporadas à arquitetura dos prédios reais, diversas são as localidades onde é possível encontrar a identidade cultural de um povo, de uma época e de classes sociais. Gravuras de naturalistas como Rugendas e Debret desde o início do século XIX já prestigiavam a fauna local em suas ilustrações, a fim de retratar os modos e costumes do país. Na primeira década do século passado um dos maiores expoentes do paisagismo modernista no país foi Roberto Burle Marx, responsável por inúmeras obras de paisagismo como o MAM – RJ, Embaixada do Brasil em Washington, o projeto do Parque Ibirapuera em São Paulo, entre outros.

No entanto, o paisagismo está presente não só nas camadas mais abastadas da sociedade. Diversos são os lares adornados por seus proprietários por infinitas espécies de plantas. E tal apreço pela atividade de plantar e cuidar de uma flora especificamente ornamental cresceu durante a pandemia de Covid-19. De acordo com site do G1, em matéria publicada em setembro de 2021, a média gasta com flores dos brasileiros passou de R$ 18,00 para R$ 40,00 no decorrer da pandemia. Os tipos de plantas, de ervas e flores variam bastante e atende todos os públicos e bolsos, podendo ser encontradas suculentas, por exemplo, que custam desde R$ 3,00 até R$ 1.000 dependendo da raridade delas.

O crescimento da busca da busca se deve ao isolamento social por conta da pandemia. Muitas pessoas, forçadas a ficar mais em casa e a fazer do lar o ambiente de trabalho, se viram na necessidade de tornar os ambientes de convívio mais agradáveis, decorando-os. A estimativa, segundo o portal do Diário do Comércio, é de que haja uma alta de 12% para o ano de 2022. Carolina Pucher Matsumoto, proprietária da Elleva Casa&Decor, afirma que muitas pessoas passaram a procurar tanto plantas como vasos e outros objetos de decoração no último ano. Porém poucas pessoas têm familiaridade com o cultivo de plantas no ambiente doméstico. Visando isso, Carolina e a equipe da Elleva fizeram uma lista com plantas que melhor se adaptam aos interiores e quais os vasos que podem servir para combinar com a decoração.

- O Lírio da Paz por exemplo, embora não seja uma planta robusta, com grandes e altas folhas, tem a beleza e a delicadeza de suas flores, que harmonizam tanto em vasos pequenos em cima de mesas, aparadores e penteadeiras, como em vasos maiores de chão.

- A Costela de Adão com suas folhas largas e desenhadas podem dar um toque de excentricidade e elegância a qualquer ambiente. Pelo seu tamanho, é adequado ficar em um canto no qual tenha espaço. Salas de estar, quartos e halls de entrada são algumas áreas que aceitam bem esta planta.

- A Zamioculca é uma espécie “versátil”, nem tão grande, nem tão pequena. Por isso é possível adaptá-la ao tamanho e ao tipo do vaso que irá acomodá-la. Vasos mais contemporâneos, com pés altos podem deixar o ambiente mais sofisticado. Esta espécie por ter uma folha mais grossa e resistente pode ficar em varandas onde o sol não bata diretamente ou na frente da casa, evitando a luz solar direta.

- Samambaia – Conhecida por ser uma planta que não precisa de muitos cuidados e mesmo assim continuará crescendo, uma forma de tê-las em casa é pendurá-las no teto, em vasos suspensos. Além de salas de estar, tendem a chamar atenção também na área de serviço. Pode ser colocada no jardim, com a opção de deixá-la suspensa embaixo de uma árvore ou telhado com sombra.

- Palmeira Leque é uma das mais imponentes e robustas plantas para se ter em casa. Ela por si só é um item decorativo notório. Pela sua presença é necessário um vaso alto e largo que combine com seu tamanho. “Em salas de estar a Palmeira Leque pode dar um tom de sofisticação à decoração do ambiente”, afirma Carolina.

Para saber mais, basta acessar: http://www.ellevacasadecor.com.br ou https://www.instagram.com/ellevacasadecor/



Website: http://www.ellevacasadecor.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp