14/10/2019 às 17h52min - Atualizada em 14/10/2019 às 18h12min

Roteiros de fé e peregrinação são fortes incentivadores do turismo

O Brasil conta com diversos eventos e atrativos religiosos que arrematam multidões e há casos em que duas ou mais religiões se misturam num mesmo evento.

DINO
https://www.revistaecotour.news

O turismo gera empregos, alimenta o comércio regional, contribui para a sustentabilidade das regiões visitadas e movimenta a produção, distribuição e consumo de bens, salienta Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News & Negócios (www.revistaecotour.news).

O crescimento do turismo no Brasil apresenta um faturamento muito positivo, que foram apresentados através dos resultados divulgados pela pesquisa inédita da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Nos primeiros sete meses de 2019, o faturamento foi de R$ 136,7 bilhões, o maior registrado nos últimos quatro anos. Em um cenário de evolução, o turismo faturou R$ 20,4 bilhões em julho deste ano e teve um saldo positivo de 25 mil empregos gerados nos últimos 12 meses.

Nos últimos 12 meses (julho de 2018 a julho de 2019), todas as regiões do país tiveram saldo positivo de empregos. Foram 12 mil novas vagas no Sudeste; 6,1 mil no Centro-Oeste; 3,3 mil no Sul; 2,3 mil no Nordeste e 1,2 mil no Norte.

Os roteiros de fé e peregrinação são fortes incentivadores de pequenos negócios e investimentos, movimentando economias locais em setores como indústria, comércio, serviços e artesanato, com geração de emprego e renda em todas as regiões do país.

O Brasil conta com diversos eventos e atrativos religiosos que arrematam multidões e há casos em que duas ou mais religiões se misturam num mesmo evento. Mas, a falta de planejamento dificulta o desenvolvimento do turismo religioso. Muitas cidades precisam investir na infraestrutura necessária para receber o turista. Muitos municípios não têm locais adequados para embarques e desembarques nos pontos turísticos, a sinalização é precária, não possuem estacionamentos próprios para os ônibus de turismo, enfatiza Vininha F. Carvalho.

Salvador é uma das capitais brasileiras mais procuradas por turistas de todo o mundo. Conhecida por sua história e belas praias, agora a capital da Bahia vai ganhar outro destaque internacional, desta vez, no âmbito religioso. É de lá a primeira santa genuinamente brasileira: Irmã Dulce Pontes, ou Dulce dos Pobres.

Indicada para o Prêmio Nobel da Paz e carinhosamente chamada de "Anjo Bom da Bahia", Irmã Dulce encerrou sua missão na terra no dia 13 de março de 1992. Foi beatificada em 22 de maio de 2011 e sua canonização foi dia 13 de outubro, presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano.



Website: https://www.revistaecotour.news
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp