14/10/2019 às 17h51min - Atualizada em 15/10/2019 às 00h00min

Vereador Rodrigo Goulart comemora assinatura do contrato de concessão do Mercadão de Santo Amaro

O valor total da operação será de mais de 51 milhões e beneficiará os cofres municipais

DINO


No dia 28 de agosto, o Prefeito Bruno Covas assinou o contrato de concessão do Mercado Municipal de Santo Amaro (Mercadão de Santo Amaro). O Consórcio Fênix, formado pelas empresas Engemon, Houer, Supernova e Urbana Arquitetura e Projetos, apresentou a melhor proposta financeira pelos 25 anos de concessão do Mercado.

"Essa assinatura representa uma grande vitória para a população que, agora, com uma empresa privada tomando conta deste espaço, irá ganhar um serviço melhor. É nessa linha que nós apostamos: passar para a iniciativa privada os serviços que ela cuida muito melhor que o poder público para que possamos focar recursos humanos e financeiros no que é o essencial para a cidade", disse o Prefeito Bruno Covas.

Desde que ocorreu o trágico incêndio no Mercadão de Santo Amaro em 25 de setembro de 2017 que o Vereador Rodrigo Goulart vem acompanhado de perto cada desdobramento deste incidente e atuando fortemente na Câmara Municipal de São Paulo ao lado dos permissionários em busca de soluções. Rodrigo foi um dos interlocutores junto ao Prefeito João Doria à época para que fosse instalada rapidamente uma tenda provisória no estacionamento do Mercadão, dando condições para que os permissionários pudessem voltar a trabalhar.

"No momento de grande felicidade da assinatura do contrato de concessão passou um filme na minha cabeça e, com certeza, também foi assim com os comerciantes e todos os moradores que acompanham a situação do tradicional centro comercial desde o incêndio. A concessão trará ganhos aos cofres públicos e isentará a Prefeitura de gastos não planejados, economizando verbas que poderão ser direcionadas às áreas de maior carência no município. A nova estrutura será muito mais moderna e com uma extensão maior do que o antigo espaço, além disso, os permissionários que tanto sofreram durante esses anos, trabalhando na tenda improvisada no estacionamento, terão seus novos boxes garantidos após a reforma. Acompanharemos cada etapa desse novo momento, fiscalizando e cobrando melhorias", ressaltou Goulart.

O valor total da operação do Mercadão de Santo Amaro para os cofres municipais será de R$ 51,054 milhões, sendo que deste valor R$ 21,3 milhões serão investidos no Mercadão, R$ 5,5 milhões serão pagos à Prefeitura de ISS e R$ 24,2 milhões pela contrato de concessão.

"É muito gratificante para nós fazermos parte dessa parceria. A população terá acesso a um projeto inovador, focado em transformar o Mercadão em um polo gastronômico. E os permissionários contarão com uma estrutura profissional, que privilegia o conforto e devolverá ao local a vocação para ponto de encontro da comunidade local. Tudo sem perder as características que o fazem tão importante para a cidade de São Paulo", afirmou o Presidente do Consórcio Fênix e da Engemon, Marco Alberto Silva.

Além de uma nova estrutura para melhorar o atendimento aos clientes e permissionários, a iniciativa prevê a ampliação da área de 9 mil m² para mais de 11 mil m², aumentando também o número de boxes, que passará de 25 para 160.

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp