24/02/2022 às 17h12min - Atualizada em 25/02/2022 às 00h00min

Pandemia provocou aumento na busca por seguros-viagem

Temor de necessitar de atendimento médico no exterior e exigência de países explica alta na busca por seguros; para especialista, tendência deve permanecer mesmo após o fim da pandemia

DINO
http://www.universal-assistance.com/br-pt/home.html


Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, o turismo vem sendo retomado em diversas partes do mundo em 2022. E uma tendência crescente é a contratação de seguro viagem por parte de quem visita diferentes países a trabalho, estudo ou passeio.

Há dois motivos por trás do aumento na procura por seguro por parte dos viajantes internacionais. Um deles é a preocupação com a Covid-19, que pode se manifestar mesmo em pessoas vacinadas e exigir auxílio médico.

O outro motivo é a maior exigência por parte dos países de que os visitantes possuam um seguro viagem. Assim, além de comprovante de vacina, passaporte, visto e demais requisitos, o turista agora precisa ter em mãos uma apólice de seguro que garanta a assistência médica em casos da doença. 

Os dados do Google Trends, ferramenta que indica os termos mais buscados no site do Google, dão uma amostra do aumento da procura pelo produto. A busca pelo termo "seguro-viagem" teve um crescimento de cerca de 69% no mês de janeiro de 2022 em comparação a janeiro de 2021.

O seguro tem se mostrado vital para quem sai do país em meio à pandemia de Covid-19. Em muitos países não existe um sistema público universal de saúde como o SUS (Sistema Único de Saúde). E naqueles em que há um sistema público, é comum que estrangeiros que estão só de passagem não possam utilizar o serviço.

Nesses casos, alguém que fique doente no local em que está visitando pode ter de arcar com o atendimento médico em clínicas privadas. Nos EUA, por exemplo, uma consulta pode custar US$ 500 dólares (cerca de R$ 2600), e uma internação pode chegar a US$ 25 mil (R$ 130 mil).

A Universal Assistance Brasil, que atua em diferentes países no mercado de seguros, oferece produtos onde os preços variam de acordo com as coberturas, destino e idade do passageiro. Em caso de Covid-19 diagnosticado em viagem, existem produtos com cobertura garantida para despesas médicas e hospitalares, indenização por hospitalização, translado de corpo, prorrogação de estadia para casos de quarentena, retorno antecipado  e hospedagem de acompanhante em caso de internação.

Para Federico Siri, presidente da seguradora Universal Assistance Brasil, a busca pelo seguro viagem não deve cair mesmo com o fim da pandemia de Covid-19. "Além dos próprios países estarem solicitando o seguro-viagem como algo obrigatório, muitos viajantes que não conheciam o serviço passaram a entender as vantagens e benefícios de uma viagem protegida. Mesmo com o fim da pandemia, facilidades como atendimento médico através do app serão imprescindíveis durante as viagens ", afirma.

Mais países que exigem seguro

Mesmo antes da pandemia, uma grande quantidade de países já exigia um seguro para permitir a entrada de visitantes. Com a pandemia de Covid-19, ficou maior a lista de destinos que pedem o seguro.

"É o caso de países como Chile e Uruguai na América do Sul e de toda a região europeia ligada ao Tratado Schengen. Também é o caso de Singapura e Tailândia. A Grécia, que reabriu suas fronteiras recentemente para brasileiros, também exige seguro-viagem com cobertura para Covid-19", explica Siri.

O Tratado de Schengen é um acordo sobre livre circulação que engloba mais de 25 países da Europa. Um mesmo seguro de viagem é válido em todos. A regra que estabelece a obrigatoriedade de seguro-viagem para entrar nos países desse espaço também estipula o valor mínimo da apólice.

“Alguns países já exigiam o seguro mesmo antes da pandemia. Mas, com a crise sanitária, mais de 10 passaram a impor obrigatoriedade", completa Siri.

Para saber mais, basta acessar o site: www.universal-assistance.com/br-pt/home.html



Website: http://www.universal-assistance.com/br-pt/home.html
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp