16/10/2019 às 17h33min - Atualizada em 16/10/2019 às 17h42min

Sustentabilidade empresarial: uma tendência de mercado economicamente positiva

A sustentabilidade empresarial representa um conjunto de políticas e ações econômicas e sociais responsáveis, aplicadas às operações e aos produtos ou serviços de uma empresa.

DINO
http://www.bonitour.com.br

Sob a perspectiva dos consumidores, quais são os principais diferenciais das empresas, atualmente? Bem, pode-se incluir na resposta deste questionamento, sem dúvida, o tema da sustentabilidade.

Para se ter uma noção do quanto o assunto impacta nas instituições (sejam elas de capital aberto ou fechado), no início de 2019, uma pesquisa realizada pela agência norte-americana Union + Webster concluiu que 87% dos brasileiros preferem consumir produtos e serviços de empresas que praticam a sustentabilidade nos seus processos. 

A pesquisa foi um pouco mais além e indicou, ainda, que 70% da população brasileira pagaria um valor mais alto por estes produtos ou serviços. Ou seja, pode-se constatar que a adoção da sustentabilidade também é positiva em relação à competitividade de mercado.

E o fato de os consumidores estarem cada vez mais atentos em relação a quem produz o que eles consomem está cada vez mais explícito. Em uma pesquisa de mercado realizada com mais 2 mil internautas, revelou-se que o principal motivo para eles não consumirem um produto ou serviço (58% dos entrevistados) é saber que uma empresa possui relação com casos de trabalho escravo. Para 52% dos participantes, outro motivo crucial seria a poluição do meio ambiente.

Pelo o que é possível observar destes dados, é nítido que a adoção de medidas racionais e transparentes no âmbito econômico e sustentável precisam estar presentes no escopo das empresas.

 Mas o que faz uma empresa ser sustentável? 

O papel do desenvolvimento sustentável nas empresas sempre foi importante e estratégico, do ponto de vista do reconhecimento de marca. E esses movimentos de combate ao trabalho em condições impróprias e de utilização racional de recursos naturais são apenas alguns dos passos fundamentais para um mercado mais consciente desse protagonismo.

Mas, para que essa posição seja exercida da maneira correta, é imprescindível que o conceito de sustentabilidade seja entendido e internalizado, com a adoção de medidas como:

  • utilização de fontes renováveis de energia; 
  • consumo racional de água;
  • medidas de transparência nas ações internas e externas; 
  • eliminação do consumo de produtos que poluem o ecossistema;
  • criação de projetos voltados para a preservação do meio ambiente;
  • ou mesmo- no simples ato de separar o lixo que é produzido.

Em suma, a sustentabilidade empresarial representa um conjunto de políticas e ações econômicas e sociais responsáveis, aplicadas às operações e aos produtos ou serviços de uma empresa.  

Essa mudança de paradigma no setor comercial já está acontecendo. Ou seja, a velha ideia de que uma empresa deve beneficiar apenas os seus donos já caiu por terra. Hoje, o que realmente importa é entender como exercer um papel sustentável e equilibrá-lo com as estratégias de promoção daquilo que se comercializa.  

Empresa 100% sustentável: desafios a serem superados

Mas é claro que atingir o patamar de empresa sustentável não é uma tarefa simples e de curto prazo. Há diversos desafios a serem superados no processo de identificação e adoção de medidas de sustentabilidade. 

Um estudo realizado pela Fundação Dom Cabral, percebeu-se que, apesar de quase 80% das empresas brasileiras se preocuparem em adotar medidas sustentáveis, menos de 40% delas exercem, na prática, atividades aliadas a esse propósito.

Antes de mais nada, é primordial que as empresas que estão engajadas em se tornar sustentáveis façam um estudo sobre os impactos financeiros e operacionais, ao longo dessas mudanças, para adotá-las de forma gradual nos seus processos.

A adoção de fontes renováveis de energia, por exemplo, é uma das atitudes mais sustentáveis e impactantes, tanto para a instituição, que economiza na conta da energia elétrica, quanto para o meio ambiente, que recebe uma sobrecarga menor.  

Outro fator importante é que as premissas da sustentabilidade precisam estar bem claras e alinhadas com gestores, colaboradores e, até mesmo, fornecedores. Ou seja, todos os envolvidos devem estar engajados em promover mudanças, até mesmo em suas rotinas.

Um exemplo positivo de empresa sustentável é o Grupo Bonitour, que atua de forma ativa no trade turístico e o ecoturismo sustentável pelo Brasil, o qual adotou iniciativas como:

  • manter a sua sede em um complexo corporativo comprometido com o meio ambiente;
  • adoção de cisternas para armazenamento de água da chuva;
  • tratamento de todo o esgoto oriundo das atividades da empresa; 
  • preservação das áreas verdes e valorização de recursos naturais onde atua; 
  • e, dentro da própria empresa, eliminou o uso de produtos descartáveis, além de separar o lixo e promover a conscientização ambiental por meio de ações de endomarketing. 

Pelo que se percebe neste percurso, a prática da sustentabilidade é uma tendência que deve estar presente o quanto antes nas estratégias das empresas, seja com a adoção de medidas simples ou (por que não?) mais complexas. 

Em 2014, o Carbon Disclosure Project (CDP) divulgou em seu Relatório Anual de Mudanças Climáticas que as empresas que investiram em sustentabilidade tiveram um Retorno sobre Investimento (ROI) 18% maior que aquelas que não exploraram o conceito. 

Ou seja, as instituições que já iniciaram a inclusão dessas práticas estão colhendo, hoje, resultados expressivamente positivos.



Website: http://www.bonitour.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp