16/10/2019 às 18h26min - Atualizada em 17/10/2019 às 00h00min

Obesidade no Brasil teve aumento de 8% entre 2006 e 2018

O número maior de pessoas obesas se deve ao alto consumo de alimentos processados, ricos em gorduras e açúcares. Além disso, o excesso de peso está mais presente em pessoas entre 55 e 64 anos de idade.

DINO
https://www.farmaciasempreviva.com.br/

De acordo com estudo realizado pela Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), divulgado em julho deste ano pelo Ministério da Saúde, o nível de obesidade no Brasil saltou de 11,8% para 19,8% entre 2006 e 2018.

Mais de 52 mil pessoas responderam à pesquisa pelo telefone. A amostra compreendeu todos os 26 estados do país, mais o Distrito Federal, durante o período de fevereiro a dezembro de 2018. O Ministério acredita que o número maior de pessoas obesas se deve ao alto consumo de alimentos processados, ricos em gorduras e açúcares. Além disso, o excesso de peso está mais presente em pessoas entre 55 e 64 anos de idade.

Excesso de peso aumentou 30,8% entre brasileiros

Além de trazer dados sobre a obesidade no Brasil, a Vigitel também pesquisou sobre o excesso de peso. Os pesquisadores informaram que 55,7% da população brasileira (ou seja, mais da metade do País) está acima do peso, o que significa um crescimento de 30,8% ao longo do período analisado. Para se ter noção, em 2006, a porcentagem de pessoas com excesso de peso era de 42,6%.

No quesito sobrepeso, a fatia mais jovem da população, com idade entre 18 e 24, tem maior predominância. Além disso, as mulheres apresentaram crescimento acima dos homens. O excesso de peso entre elas aumentou 40% contra 21,7% no caso dos homens.

Sobrepeso pode ocasionar doenças como diabetes e síndrome metabólica

A diabetes é uma doença relacionada ao metabolismo da glicose, que ocorre pela má absorção de insulina, hormônio que tem como principal função processar moléculas de glicose e fornecer energia que é aproveitada por todas as células.

A ausência, seja total ou parcial, de insulina interfere tanto na queima de açúcar quanto na síntese de outras substâncias, como gordura, músculos e proteínas.

Síndrome metabólica

Como já abordado o assunto da síndrome metabólica e merece destaque por ter relação direta com o excesso de peso. De acordo com o material da FSV: “O conjunto de doenças metabólicas é o que chamamos de fatores de risco associados à Síndrome Metabólica. Quando ocorrem simultaneamente, as chances de desenvolver problemas mais graves são maiores, o que aumenta significamente o risco de cardiopatias, acidentes vasculares (derrames) e diabetes do tipo 2. A principal causa da Síndrome Metabólica está ligada à obesidade ou sobrepeso e o sedentarismo. Além disso, este distúrbio metabólico está ligado à chamada resistência insulínica.

A insulina é produzida pelo pâncreas e permite que o açúcar/carboidrato possa ser utilizado como energia nas células. As células das pessoas com resistência insulínica não respondem corretamente à ação da insulina. O resultado é que os níveis de açúcar no sangue aumentam mesmo que o corpo produza mais insulina para tentar diminuir este alto nível de açúcar (glicose) no sangue.”

A melhor forma de se prevenir contra essas doenças, assim como combater a obesidade, é o acesso a informações. É fundamental procurar bons profissionais que auxiliem na mudança de hábitos e na adoção de uma reeducação alimentar para se manter saudável durante toda a vida.

Auxílio da Farmácia Sempre Viva

A Farmácia Sempre Viva desenvolve produtos que visam ao combate da obesidade e do sobrepeso sem que haja prejuízo para o organismo. A redução do peso pode ser fundamental para a melhora do quadro do indivíduo sendo importante para sua saúde como um todo. É possível encontrar linhas de produtos voltados exclusivamente para tal redução. Navegue pelo site para conhecer mais sobre todos os tratamentos oferecidos pela FSV.



Website: https://www.farmaciasempreviva.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Veja mais...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp