17/10/2019 às 15h08min - Atualizada em 18/10/2019 às 00h33min

Por que os pais suprem a ausência com presentes?

Especialista explica os motivos que levam a essa prática e mostra que a ausência tem que ser compensada pela presença

DINO
https://www.rebecatoyama.com.br/

Outubro é o mês das crianças e a especialista em Desenvolvimento Humano, Rebeca Toyama, aproveita para alertar os pais sobre um assunto não muito discutido no ambiente familiar: a ausência. Por muitas vezes, até mesmo sem perceber, esse comportamento vem atrelado a um recurso utilizado que tem um efeito muito negativo na vida dos pequenos; compensar essa ausência com presentes.

Diante de uma vida extremamente corrida, nem sempre os pais conseguem estar presentes na vida dos filhos como desejam e os motivos são inúmeros, porém o mais comum é o trabalho. Com isso, a melhor maneira é encarar a realidade sem culpa e transformar o tempo que se fica com os filhos em tempo de qualidade.

"O ponto central é ter clareza do real papel dos pais e entender que resolver questões emocionais com presente não é saudável, principalmente, a longo prazo. Essa estratégia pode inclusive gerar um comportamento compulsivo no futuro, além de poder transformar a forma como estas crianças irão enxergar o mundo e as pessoas ao seu redor.", alerta, Rebeca Toyama.

É importante mostrar para as crianças o motivo que o deixa longe em alguns períodos do dia, contando com cautela para não falar apenas das obrigações e necessidade financeira. "Isso pode criar aversão nas crianças pelo assunto. Tenho observado muito isso quando estou conduzindo planejamento de carreira com jovens. Falar sobre legado e propósito, inclusive, pode ser educativo, compartilhar o impacto de seu trabalho na sociedade pode ajudar muito seu filho na hora dele escolher a vocação.", relata a especialista.

Utilizar o tempo que se tem livre para dar afeto e atenção é essencial. A dica é criar momentos em que possa se desenvolver a intimidade com os filhos, pois isso permite exercitar afeto ao invés de trocas materiais.

Educação financeira para as crianças

Vale lembrar a importância de apresentar o planejamento financeiro para as crianças, pois, quanto mais cedo, maior será a consciência em relação ao dinheiro. É preciso ser um bom exemplo para os filhos, pois eles veem os pais como referência e estão sempre observando os atos. Na vida financeira, a tranquilidade é desejável mas se isso não for possível, que os filhos vejam o controle de orçamento dos pais em detalhes do dia a dia.

"Costumo sugerir que o quanto antes iniciarmos a educação financeira melhor. Claro que respeitando a faixa etária, uma criança de 6 anos aprende de uma forma diferente que uma criança de 10 anos, mas ambas são capazes de ampliar seu repertório a partir de experiências vividas", explica Rebeca.

O Dia das Crianças pode ser uma excelente oportunidade de ensinar a escolher o presente ou lidar com o dinheiro recebido da família. Na experiência dentro loja, com o processo de compra temos a oportunidade fazer várias reflexões sobre arquitetura de escolha.

"Em casa temos como hábito guardar uma parte do dinheiro e destinar outra parte para comprar o que eles quiserem. Costumamos comprar brinquedos ou presentes apenas nas datas comemorativas: dia das crianças, natal, páscoa e aniversário. Apenas 4 por ano, pois isso nos permite exercitar afeto ao invés de trocas materiais no restante do ano e preencher nosso tempo com arte, natureza e cultura ao invés de ocupa-lo com comprinhas. ", finaliza.

O importante é saber dosar sua atenção para não se dedicar 100% em só uma área, abaixo a especialista em desenvolvimento humano, Rebeca Toyama, dá 8 dicas para os pais entenderem como ter um tempo de qualidade com as crianças e como administrar a vida profissional com a vida paterna/materna:

Tempo de qualidade com as crianças:

Primeiramente, lembrar em qual dos seus papeis você figura é insubstituível e dar o devido valor a esse papel;
Não esquecer do autocuidado, alguém doente, cansado ou irritado não consegue ter qualidade em nenhum tipo de relação;
Converse com os filhos sobre o que eles gostariam de fazer com você, evite tentar adivinhar, a margem de erro é enorme;
Procure realizar atividades junto com seus filhos, assim você otimiza o tempo e ainda aproveita para ensinar e educar, além de aproveitar momentos incríveis. Lembre-se que precisa ser leve, sem cara de obrigação, fazer a lição de casa, lavar louça, arrumar a cama, cozinhar, por exemplo, são gestos possíveis.
Na vida profissional, como administrar com a vida materna/paterna:

Saiba negociar prazos com seu gestor, seja realista e coerente com cronogramas, isso também ajuda evitar stress;
No trabalho seja objetivo, seus resultados não deveriam estar pautados em quantidade de tempo e sim em qualidade de entrega;
Saber colocar limites claros e negociar com os envolvidos de quem é sua prioridade nos diferentes momentos da semana e do dia, saiba respeitar o horário comercial e diferenciar os dias da semana, do final de semana;
Estar presente no aqui e agora, tanto nos momentos em família, quanto nos momentos profissionais. Isso quer dizer distância de aparelhos eletrônicos, enquanto está com os filhos, assim como é desejável que os pequenos que se desliguem quando estão com os pais. E assim, quando estiver no trabalho estará livre de culpa.


Sobre Rebeca Toyama

Rebeca Toyama é palestrante especialista em planejamento de carreira e educação financeira. Fundadora da Academia de Coaching Integrativo, coordenadora do Programa de Mentoring associada a Planejar (Associação Brasileira de Profissionais Financeiros) e fez parte da Comissão de Recursos Humanos do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa).

Colunista do blog Positive-se, colaboradora do livro Coaching Aceleração de Resultados, Coaching para Executivos. Integra o corpo docente da pós-graduação da ALUBRAT (Associação Luso-Brasileira de Transpessoal) e Instituto Filantropia. Coach com certificação internacional em Positive Psychology Coaching e nacional em Coaching Ontológico e Personal Coaching com o Jogo da Transformação.



Website: https://www.rebecatoyama.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Veja mais...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp