18/03/2022 às 10h55min - Atualizada em 21/03/2022 às 00h01min

A importância das empresas promoverem treinamentos sobre LGPD

Landtech Trinus Co. segue as diretrizes para se adequar à lei; no Brasil o uso de dados pessoais ainda é assunto recente

SALA DA NOTÍCIA Graziela Massonetto
O aumento do uso das novas tecnologias, como Big Data e Inteligência Artificial, é significativo em todo o mundo – porém, ao mesmo passo em que tais avanços acontecem, muitas dessas práticas se utilizam de dados pessoais e acabam por ser invasivas, surgindo a necessidade de uma regulamentação.

A sigla ainda pode gerar estranhamento, mas a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) ganha cada vez mais relevância nesse cenário. Após oito anos de debates, em 2018, ela foi sancionada no país e entrou em vigor completo em agosto de 2021, sendo que agora, em fevereiro de 2022, foi incluída na Constituição Federal a efetiva proteção aos dados pessoais no rol de direitos e garantias fundamentais.  Com a LGPD, o Brasil entrou para a lista dos 120 países que possuem lei específica para a proteção desses tipos de dados.

A lei afeta a forma com que as empresas e organizações captam, armazenam e utilizam dados de seus clientes, tanto no meio online quanto offline e seu principal objetivo é dar às pessoas maior controle sobre suas próprias informações. “Como a lei estabelece regras sobre coleta, uso, armazenamento e compartilhamento de dados pessoais, impondo multas e sanções no caso de descumprimento, nós, como empresa, precisamos nos adequar”, afirma Lívia Maia, diretora da Trinus Co. A companhia fez um treinamento completo e anual para seus colaboradores sobre a LGPD. “É de extrema importância que todos se inteirem sobre o que diz a lei e ajudem a criar um ambiente mais seguro”, completa.

A Trinus Co é uma plataforma de soluções para o mercado habitacional que através da tecnologia liga o mercado financeiro ao mercado imobiliário. Considerada a primeira landtech do Brasil, ela oferece serviços de auditoria financeira, contabilidade, monitoramento de obras e gestão de processos, contas digitais e gestão dos imóveis adquiridos. “Nós temos dados de clientes e colaboradores, por isso, se não houver uma diligência e um compliance bem alinhados, isso pode ser prejudicial para o negócio da empresa”, diz Lívia Maia.

De acordo com a lei, a ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados) poderá realizar a aplicação de multa de até 2% do faturamento e até suspensão do funcionamento do banco de dados, ou seja, vale mais a pena investir no conhecimento da lei do que violá-la. “A adequação das empresas à LGPD pode reduzir e até eliminar o risco de ações judiciais e processos administrativos. Porém, muitas empresas ainda desconhecem o teor da lei e acreditam que a realização de um programa de treinamento significaria uma despesa elevada”, relata a diretora, que é uma das responsáveis pela área de Compliance.

Segundo uma recente pesquisa publicada pelo Cisco, intitulada Data Privacy Benchmark Study, em 2020, 70% das organizações afirmam ter obtido vantagens comerciais significativas da adequação à proteção e privacidade de dados. O estudo consultou mais de 2.800 profissionais de segurança em organizações de portes variados em 13 países e destacou que 82% das organizações veem as certificações de privacidade como uma diretriz de compra relevante. “Para se adequar à LGPD, é preciso adotar medidas de segurança da informação, evitando a exposição de dados pessoais a usos indevidos. Para isso, é importante adotar protocolos e ferramentas de proteção, tanto na internet como fora dela. As empresas que não estiverem adequadas, certamente ficarão para trás quando comparadas à concorrência”, sinaliza Lívia.

Sobre a primeira landtech do Brasil - A Trinus Co é a primeira landtech do mercado - um novo conceito de Companhia a partir da junção de três mercados já conhecidos: o financeiro (fintech), o imobiliário (proptech) e o legal (lawtech). Atua como uma plataforma tecnológica de serviços imobiliários e serviços financeiros, com a proposta de investir em construtoras e incorporadoras de menor porte e localizadas no interior do país.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp