22/10/2019 às 11h29min - Atualizada em 22/10/2019 às 11h33min

Contaminação por uso de solventes na codificação de embalagem compromete a indústria

A contaminação por uso de solventes e a sujeira ao redor das maquinas datadoras pode se espalhar por outros setores da empresa, comprometendo a entrada de matéria-prima, linhas de produção próximas ao local e expedição.

DINO
http://www.limerpak.com
Contaminação por uso de solvente na codificação de embalagens

contaminação por uso de solventes na datação de embalagens pode comprometer a indústria colocando em risco tanto os produtos quanto os profissionais que atuam na área.

Os resíduos e sujeira gerados na indústria como sobras de matéria-prima, corantes, óleos, graxas, solventes, embalagens, entre outros  é sempre fator de preocupação devido a parada de máquinas, manutenção constante de equipamentos e o desenvolvimento de ambiente de trabalho insalubre e inseguro para colaboradores e consequentemente para os consumidores.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) juntamente com os órgãos municipais e estaduais, exigem o uso de normas de Boas Práticas de Fabricação (BPF) e RDCs.

O setor de Controle de Qualidade trabalha constantemente para desenvolver e implantar programas de limpeza, auditorias internas frequentes para evitar a contaminação de por uso de solventes ou resíduos na produção. Outra missão importante deste departamento é a conscientização dos colaboradores quanto aos procedimentos de limpeza industrial para evitar a contaminação dos produtos ou do ambiente.

A limpeza industrial é uma das etapas mais importantes para manter o controle em todo o processo. Nas questões de limpeza, sanitização e organização, os problemas mais evidentes com a falta de limpeza adequada são:

  • Ocorrência de doenças infecciosas;
  • Queda nas linhas de produção;
  • Falta de manutenção e cuidados com os equipamentos;
  • Falta de higiene pessoal dos colaboradores;
  • Risco de contaminação cruzada, por resquícios de matéria-prima, aditivos ou até mesmo de produtos de limpeza;
  • entre outros fatores relacionados a saúde física e mental dos colaboradores da indústria.

A falta de princípios de higiene causa ainda o risco de contaminação por uso de solventes em datador inkjet que usa a tecnologia Continuous Inkjet (CIJ), que causa derramamento de tinta com solvente durante o procedimento de limpeza e desentupimento do sistema e do canhão de impressão.

O procedimento de limpeza desses equipamentos é realizado com solvente que fica em recirculação pelo sistema, através de uma bomba. Ao redor das maquinas datadoras pode-se notar resíduos de tinta e solvente nas paredes e no piso.

O ambiente sujo e com aparência desorganizada reflete negativamente nos colaboradores e no nível de produção.

contaminação por uso de solventes e a sujeira ao redor das maquinas datadoras pode se espalhar por outros setores da empresa, comprometendo a entrada de matéria-prima, linhas de produção próximas ao local e expedição.

Os datadores inkjet que usam a tecnologia CIJ usam como solvente o MEK (Metil Etil Cetona) que passou a ser fiscalizado pela Polícia Federal desde setembro de 2019 pode ser adquirido, armazenado e utilizado somente por meio de certificados, autorizações especiais e com mapas de controle.

Contaminação por uso de solventes na datação de embalagens, como resolver

Muitas empresas no Brasil estão buscando soluções práticas e efetivas para evitar a contaminação e a sujeira na linha de produção, substituindo os datadores inkjet CIJ por alternativa que não use o solvente MEK (Metil Etil Cetona) fiscalizado pela PF. É crescente a busca por datador inkjet com sistema modular, controlador e suporte de cabeça de impressão conectados por um cabo, capaz de realizar impressão de data de validade através de cartuchos de tinta.

Este sistema conhecido como Termal Inkjet ou TIJ são equipamentos mais compactos (menor que uma caixa de sapatos) e de fácil operação, não usa núcleo, bomba ou filtro para a mistura de tinta com solventes e dispensam a empresa das licenças da Polícia Federal, Polícia Civil e Exército.

O sistema de datação com o datador inkjet TIJ não causa o derramamento de tinta ou contaminação da linha de produção já que a tinta fica confinada no cartucho de impressão e cada cartucho quando trocado se torna uma nova cabeça de impressão.

A principal vantagem da indústria na escolha de um sistema de impressão inkjet limpo é qualidade dos produtos, do ambiente e a diminuição dos riscos de contaminação do ambiente e dos colaboradores.

Marca registrada no mercado brasileiro, a Limerpak, desenvolveu a tecnologia do Datador Inkjet TIJ 100% nacional. Desde 2010 vem substituindo datadores CIJ, principalmente na indústria de alimentos e na indústria farmacêutica, setores que operam sob rígidos padrões de limpeza e qualidade.

Hoje a Limerpak é líder nacional na comercialização de datadores com tecnologia TIJ e tem mais de 3.500 equipamentos instalados. Para saber mais sobre o Datador Inkjet da Limerpak entre em contato e solicite uma demonstração.

 



Website: http://www.limerpak.com
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Veja mais...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp