24/10/2019 às 18h39min - Atualizada em 25/10/2019 às 00h00min

Como reduzir os custos da plataforma cloud AWS?

É possível aumentar e reduzir a infraestrutura conforme a demanda e, claro, pagar apenas por aquilo que estiver sendo utilizado

DINO

Quando o assunto é infraestrutura em cloud, é comum pensar que a migração para nuvem automaticamente irá diminuir os custos da empresa. Na prática, porém, não é exatamente assim que ocorre. A chave para o sucesso é fazer bom uso desta tecnologia e de sua principal vantagem, o seu poder de elasticidade. É possível aumentar e reduzir a infraestrutura conforme a demanda e, claro, pagar apenas por aquilo que estiver sendo utilizado, sem a necessidade de dimensionar sua infraestrutura pelo pico (limite máximo), ou pior, acima do pico para evitar problemas de performance e disponibilidade.

É possível economizar ainda mais se a organização utilizar as plataformas cloud da AWS (Amazon Web Services), bastante populares em todo o mundo. Elas possuem um recurso inteligente conhecido como máquinas SPOT. Nada mais é do que uma administração da ociosidade destas máquinas (ou seja, a administração das máquinas quando não estão sendo utilizadas), disponibilizando-as em uma espécie de "leilão" e sendo possível contratá-las e utilizá-las a um custo que gira em torno de 25% do valor da contratação tradicional se optado pelo sistema Linux e 50% se o sistema operacional utilizado for o Windows.

Para que isto seja possível, é preciso ter atenção a alguns pontos. Se a AWS por qualquer motivo precisar utilizar essas máquinas SPOT que a empresa estiver usando, ela vai desligar a instância para que possa utilizar a máquina. Com isso, a aplicação ficará fora do ar por um curto período de tempo - algo muito ruim para os negócios atualmente. Mas e se combinar a utilização destes tipos de máquinas, evitando a indisponibilidade do sistema como um todo ao mesmo tempo em que proporciona uma economia financeira?

Uma aplicação que utilize dez workers (responsáveis por realizar o processamento e indexação dos logs de forma distribuída) necessita de dez instâncias. Se as dez máquinas forem contratadas sob demanda, esse valor possui um determinado preço, mas se reduzir para apenas duas máquinas, com oito máquinas SPOT, o desconto chega a 60% no sistema Linux. Uma estratégia mais agressiva, com todos os equipamentos no modelo SPOT, leva a uma economia de 75%. O risco de queda existe, mas quanto isto acontecer, é possível habilitar uma instância sob demanda para manter a operação. Assim que tudo for resolvido, basta retornar ao modelo anterior.

A questão é que fazer este processo manualmente não é prático e tampouco inteligente. Para aproveitar esta economia, é necessário automatizar esse processo. Em suma: é preciso utilizar uma plataforma de integração para realizar este processo automaticamente. Com este tipo de plataforma, é possível monitorar o sistema e analisar se a instância SPOT foi requisitada pela AWS. Em caso positivo, a plataforma de integração requisita automaticamente uma nova instância sob demanda, permitindo o retorno da máquina SPOT assim que possível.

Trata-se de um fluxo de integração bastante simples, mas muito relevante ao proporcionar eficiência financeira para a operação de cloud. Como as requisições de máquina SPOT pela AWS acontecem repentinamente, de forma muito gradual e duram poucos minutos, essa estratégia é bastante aplicável e traz uma economia grande. Em um cenário de intensa competitividade econômica, conseguir reduzir as despesas sem afetar a operação do negócio é o que separa as empresas de sucesso daquelas que ficam pelo caminho.

*Por Marcelo Aguiar


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp