29/10/2019 às 10h35min - Atualizada em 29/10/2019 às 11h45min

Paisagista ensina pais e filhos a criarem minijardins em casa

Além de decorativos, os minijardins podem ser feitos com frutíferas e ervas para a colheita. As crianças aprendem a plantar e ficam responsáveis pelos cuidados, trazendo atividade, entretenimento e incentivo a consciência ambiental

DINO


Que criança que não se diverte e se encanta fazendo nascer o pezinho de feijão no copinho descartável com algodão? Normalmente essa é uma das primeiras experiências da criança com o plantio e a natureza.
Agora, dá para imaginar a diversão e o orgulho que essa criança teria, montando o próprio minijardim, embelezando a casa e ainda cuidando para poder colher depois?

Para a criação do jardim, é possível comprar parte dos itens ou até mesmo reutilizar materiais, dando um novo uso, como colheres de pau, conchas, garrafas, copos etc.

Para a montagem do kit é necessário:
- Tábuas de madeira para montar, floreira grande ou caixote grande de madeira que já deixa a estrutura pronta;
- Terra;
- Camada de leca ou pedras para a drenagem da água;
- Manta geotêxtil também para a drenagem;
- Plantas ou sementes à escolha;
- Regador, pá, rastelo;
- Objetos decorativos e lúdicos para enfeitar!

A seguir, o passo a passo:

Primeiro: escolher um espaço que tenha exposição solar ou meia sombra, com 1 a 2 metros quadrados;

Segundo: posicionar a estrutura do minijardim no local. Se forem tábuas de madeira, é necessário montar a estrutura. Contudo, colocá-las deitadas sobre o terreno e fixas com pequenas estacas verticais. Existem kits já preparados que montam e colocam sobre o terreno. Se for para espaços pequenos, de varandas e terraços é melhor optar por floreiras;

Terceiro: colocar uma camada de pedras ou leca no fundo e, por cima, a manta geotêxtil para a drenagem. Depois, preencher tudo com terra deixando um espaço de apenas 2 cm da borda;

Quarto: É hora de plantar, sejam as sementes ou plantas;

Quinto: Explorar com os filhos possibilidades de decoração, criando plaquinhas indicativas sobre cada espécie, colocando conchinhas, cata-vento ou até mesmo bichinhos de cerâmica, como joaninhas, duendes etc. Quanto mais lúdico, mais mágico será esse momento para os pequenos.

Dica da paisagista: "Uma boa ideia é fazer do jardim, uma horta. A colheita traz para a criança a sensação de satisfação por ter sido ela a responsável por plantar, cuidar e colher para ser usado numa refeição, no ingrediente de um bolo etc. O cultivo também desperta na criança a responsabilidade, nos cuidados e na manutenção do jardim. Ou seja, será um presente educativo, interativo e permanente, enquanto a criança estiver motivada a cuidar do próprio jardim".

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp