30/10/2019 às 18h27min - Atualizada em 31/10/2019 às 00h33min

Casa Natural Nacional - Dias de Visita acontece na Serra da Moeda (MG)

Vivência coordenada pelo arquiteto Carlos Solano será realizada de 6 a 10 de novembro nas comunidades no entorno de Brumadinho (MG). Proposta valoriza os cuidados com a vida, a casa e o meio ambiente

DINO


Voltar no tempo em que as pessoas faziam visitas, reuniam-se para conversar, trocar experiências e saberes populares. Resgatar tradições esquecidas na busca de histórias, personagens, hábitos, modos de vida e belezas. Essas são algumas das propostas do curso Casa Natural Nacional - Dias de Visita, coordenado pelo arquiteto e escritor Carlos Solano, que acontece de 6 a 10 de novembro, na Serra da Moeda, Minas Gerais. O projeto tem abertura em Belo Horizonte, no dia 6 (quarta-feira), com a realização de um Sarau aberto ao público, das 19h30 às 21h30, no espaço Mary Arantes, que fica na Rua Ivaí, 25, Serra.

No dia seguinte, 7 de novembro (quinta-feira), os participantes do curso seguem viagem para as Serras de Minas, mais especificamente para a região da Serra da Moeda, a 50 km da capital mineira e terão oportunidade de passar por vivências durante todo o período ou nos dias em que houver mais interesse (conforme escolha dos inscritos). Serão oficinas, rodas de conversa e apresentações culturais até o próximo domingo (10).

A programação colocará o grupo em contato com moradores da região - artistas, artesãos, benzedeiras, erveiras e outras especialidades. Haverá também oficinas como Correio das Flores, Bordando "Nós e o Avesso", aprendizado de bênçãos, rituais folclóricos, cantos, folias, contato com quituteiras do local, entre outros. As atividades terão como ponto de referência a Pousada Villa Rica, mas seguem destino a moradias inusitadas do vilarejo.

O projeto foi idealizado pelo arquiteto Carlos Solano e visa o resgate do cuidado com a vida, a casa e o meio ambiente. O curso já acontece há mais de 10 anos. Mas, no ano passado, a experiência da edição Dias de Visitas aconteceu, pela primeira vez, em Pirenópolis (GO).

A intenção do arquiteto, no curso básico, é ensinar práticas saudáveis para as cinco "casas" do ser humano: corpo, vestuário, morada (especialmente), cidade e planeta. "A ideia agora, na edição especial, é resgatarmos aquele costume antigo de fazer visitas. Só que iremos visitar ou sermos visitados por sabedorias, artes e tradições que possam inspirar a vida", explica Solano. O curso é uma produção de Andréia Ruiz, jornalista de Ribeirão Preto (SP), consteladora e terapeuta ambiental.

Solano é natural de Bela Vista (MS), mas vive desde criança em Minas Gerais. É autor dos livros Casa Natural (Edição do Autor/2014), que partilha receitas de cuidados com a casa do ponto de vista da cultura popular (volume I) e terapias ambientais (volume II); Casa Nossa De Cada Dia (Editora Laszlo/2016), no qual mostra seus projetos de arquitetura e os aprendizados de cada um, acessíveis ao público em geral. Ainda publicou o livro FengShui / KanYu - Arquitetura Ambiental Chinesa (Editora Pensamento/2000) e, em parceria com a paisagista Sandra Siciliano, o livro Nossas Árvores - O Resgate Do Sagrado, em 2015. Ele também foi colunista da revista Bons Fluídos (Editora Abril/Caras) por 10 anos.

Experiência
Carlos Solano conta que, desde a sua época na universidade já se interessava por uma arquitetura paralela, como a Bioarquitetura. O arquiteto sempre teve interesse por essa área da ecologia e por uma "arquitetura terapêutica". Essa tendência foi definindo a sua trajetória de vida. Na década de 80 passou uma temporada em uma Ecovila na Escócia, experiência que revolucionou a sua busca pessoal e profissional e o direcionou a outros movimentos e trajetos. Até voltar para Belo Horizonte e se encontrar de novo na arquitetura.

Um atalho que redimensionou a jornada de Solano foi o trabalho com o Feng Shui. "Fiquei encantando com o conhecimento desta prática muito sensível, um dos ramos da Medicina Chinesa, a Medicina da Habitação". Buscando avançar neste conhecimento, ele foi para Inglaterra, China, Nepal, Tibete, Portugal e outros lugares. Todo aprendizado adquirido já foi traduzido em livros sobre arquitetura, paisagismo, Feng Shui, moradia e registros que resgataram a cultura popular.

Percepção das raízes
Um convite feito ao arquiteto estabeleceu em sua vida uma conexão definitiva com a cultura popular. O fato ocorreu quando Carlos Solano passou a assinar uma das colunas mensais da revista Bons Fluídos, da editora Abril. "Escrevi essa coluna por 10 anos e busquei outros olhares sobre cuidados com a casa, sob o ponto de vista de terapias ambientais e acabei direcionando meus artigos para as lendas e sabedorias populares".

Esse trabalho o aproximou de pessoas que viviam em vilarejos, comunidades afastadas do ambiente urbano. "Eu ia conversar com as pessoas mais idosas e procurava saber das lendas e histórias. Fui atrás das erveiras, benzedeiras, parteiras e aprendi muito".

Essa vivência o fez descobrir um mundo novo. "Com o tempo, fui percebendo como essas pessoas guardam o ritmo de vida, a tradição de saberes, diferentes do conhecimento das pessoas das cidades grandes", destaca.

Os artigos renderam um material que virou uma edição especial da revista. Depois avançou numa proposta de curso, tornando-se mais tarde um livro e, em seguida, surgiram outros eventos relacionados como o curso Casa Natural Nacional - Dias de Visita.

Sarau de abertura
O Sarau de Abertura da Casa Natural Nacional - Dias de Visita, conta nesta edição de 2019 com uma programação diversificada, com palestras, artes, bênçãos, plantas, poesias, cantigas e cordel. O encontro acontecerá no espaço Mary Arantes, em Belo Horizonte (MG), reunindo nomes como Carlos Solano (Casa Natural), Márcio Lambert (arte), Olegário Alfredo (cordel), as raizeiras Catarina e Isabel (bênçãos e plantas), o grupo Rosas de São Bernardo (cantigas) e Raquel Guimarães (poesia). O valor da entrada é de R$ 35,00, incluindo lanche de boas-vindas. As reservas podem ser feitas através do e-mail, [email protected] ou pelo telefone (16) 98100-2479.

SERVIÇO:
Casa Natural Nacional - Dias de Visita
Quando: 6 a 10 de novembro
Onde: Serra da Moeda (Brumadinho-MG)
Informações e inscrições:
[email protected]
Telefone: (16) 98100-2479

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp