16/06/2022 às 15h25min - Atualizada em 17/06/2022 às 00h00min

Consumidores estão aumentando sua atividade digital apesar das crescentes preocupações com fraudes

Nova pesquisa da Experian descobre que os consumidores confiam em marcas conhecidas que os protegem on-line

DINO


As transações financeiras digitais tornaram-se comuns nos últimos anos, aumentando o número de consumidores experientes com uma maior conscientização sobre fraudes e o papel que as ferramentas de reconhecimento e segurança desempenham para protegê-los. As descobertas do Relatório Global de Identidade e Fraude anual da Experian mostraram que mais da metade dos consumidores pesquisados ​​em todo o mundo foi vítima de fraude ou conhece alguém que foi – onde o roubo de identidade superou o roubo de cartão de crédito como sua maior preocupação de segurança. Apesar dessas preocupações, a maioria dos entrevistados diz que sua atividade on-line aumentará nos próximos três meses.

“Os criminosos buscam persistentemente o caminho de menor resistência e, para combatê-lo, as organizações devem ser igualmente agressivas ao aproveitar os dados como defesa, priorizando investimentos em detecção e prevenção de fraudes e provando aos clientes que sua segurança é primordial”, disse Eric Haller, vice-presidente executivo/gerente geral de identidade global e fraude da Experian.

Globalmente, os consumidores valorizam a segurança em sua experiência on-line acima de outros fatores. Entrevistas realizadas com os participantes revelaram que, para muitas pessoas, equilibrar a necessidade de segurança com a conveniência das transações on-line se resume em quais empresas elas confiam. Provedores de sistemas de pagamento, empresas de cartão de crédito, provedores de tecnologia e serviços de streaming são as empresas mais confiáveis ​​pelos consumidores para resolver problemas de segurança on-line.

Os consumidores também disseram que, independentemente do tamanho da empresa, se uma marca fornecer consistentemente experiências digitais positivas, eles confiarão que a organização está protegendo seus dados. Cinquenta e sete por cento dos consumidores relatam que estão dispostos a compartilhar dados se isso garantir maior segurança ou evitar fraudes, com os consumidores esperando proteção das empresas em troca.

Quase 75% dos consumidores esperam que as empresas tomem as medidas de segurança necessárias para protegê-los on-line. Isso não é uma surpresa para as empresas, a maioria das quais espera que os consumidores citem a segurança como uma prioridade. No entanto, independentemente do investimento empresarial, 70% das empresas dizem que a prevenção da fraude é a sua principal preocupação – esse número nunca foi tão alto.

A pesquisa indica que ainda existe uma lacuna significativa entre o sentimento do consumidor e as intenções de negócios relacionadas ao reconhecimento de identidade. Apenas um terço dos consumidores está confiante de que as empresas os reconhecerão repetidamente on-line, embora 84% digam que reconhecer os clientes é muito ou extremamente importante. E não há líderes claramente definidos em termos de quais métodos de reconhecimento e segurança os consumidores preferem – biometria física e códigos PIN para dispositivos ocupam os dois primeiros lugares.

O 6º Relatório Global de Identidade e Fraude anual pode ser baixado aqui: https://bit.ly/GIDFR22

As descobertas adicionais do relatório anual de identidade e fraude deste ano incluem:

  • 77% dos consumidores dizem que sua preocupação aumentou após sofrer um incidente de fraude on-line, essa preocupação foi maior na Colômbia, Peru e Brasil.
  • 83% dos consumidores dizem que a segurança é o fator mais importante da experiência on-line. Esse número é mais alto – 89% – na Colômbia, Chile, Irlanda e África do Sul.
  • 95% dos Baby Boomers citam a segurança como o aspecto mais importante de sua experiência on-line, 10 pontos percentuais a mais do que os da Geração Z.
  • Os Baby Boomers se sentem mais seguros com a biometria física, mais do que seus colegas mais jovens (18 a 25 anos). Eles também estão mais confiantes na biometria comportamental.
  • As empresas dizem que melhorar a jornada digital do cliente é fundamental, e isso é mais alto (acima de 90%) na Indonésia, Índia, Brasil, Chile, EUA e Irlanda.
  • Apenas 1 em cada 5 consumidores relata ter recebido uma opção de formulário pré-preenchido como parte de sua experiência digital de abertura de conta.

Notas para os editores:

Para desenvolver o estudo, a Experian pesquisou mais de 6.000 consumidores e cerca de 1.900 empresas de 20 países, incluindo a Austrália, Brasil, China, Colômbia, Dinamarca, Alemanha, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, Malásia, Holanda, Noruega, Peru, Cingapura, África do Sul, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Também foram incorporadas entrevistas com consumidores do Brasil, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos.

O negócio de identidade e fraude da Experian compreende mais de 300 especialistas em fraude em todo o mundo trabalhando para proteger a identidade das pessoas e combater fraudes para empresas em vários setores, incluindo serviços financeiros, telecomunicações, varejo/comércio eletrônico, seguros, governo e saúde.

Sobre a Experian

A Experian é a empresa líder mundial em serviços de informação global. Durante os grandes momentos da vida — desde comprar uma casa ou um carro, enviar um filho para a faculdade, desenvolver um negócio conectando-se com novos clientes — capacitamos os consumidores e nossos clientes a gerenciar seus dados com confiança. Ajudamos indivíduos a assumir o controle financeiro e acessar serviços financeiros, empresas a tomar decisões mais inteligentes e prosperar, credores a emprestar com mais responsabilidade e organizações a prevenir fraudes de identidade e crimes.

Temos 20.600 pessoas operando em 43 países e todos os dias investimos em novas tecnologias, pessoas talentosas e inovação para ajudar todos os nossos clientes a maximizar cada oportunidade. Somos uma empresa listada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e fazemos parte do Índice FTSE 100.

Saiba mais em www.experianplc.com ou visite nosso centro de conteúdo de insights globais em nosso blog de notícias globais para as últimas notícias e percepções do grupo.

Experian e as marcas Experian aqui mencionadas são marcas comerciais ou marcas registradas da Experian e suas afiliadas. Outros nomes de produtos e empresas mencionados neste documento são de propriedade de seus respectivos proprietários.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Scott Anderson

Relações públicas da Experian

1 714 830 3185

[email protected]

Nick Jones

Relações públicas da Experian

44 (0) 20 7819 5393

[email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp