11/08/2022 às 21h47min - Atualizada em 12/08/2022 às 00h00min

Organizações brasileiras enfrentam o desafio da IoT

Empresas e agências governamentais estão se unindo a fornecedores de serviços em iniciativas de IoT para rastreamento de dispositivos, coleta de dados, análises e muito mais, diz o relatório ISG Provider Lens™

DINO


O uso empresarial e governamental de serviços relacionadosàInternet das Coisas (IoT) no Brasil cresceu e amadureceu significativamente desde a publicação do Plano Nacional de IoT do país em 2018, de acordo com um novo relatório de pesquisa publicado hoje pela Information Services Group (ISG) (Nasdaq: III), uma empresa líder global em pesquisa e consultoria em tecnologia.

O relatório ISG Provider Lens™ Internet das Coisas — Serviços e Soluções 2022 para o Brasil constata que as funções principais da IoT — monitoramento e gerenciamento de ativos remotos e uso de dados e IA para tomada de decisões — tornaram-se práticas comuns em muitos setores, incluindo agronegócio, medicina logística e manufaturação.

“Os projetos de IoT em empresas e agências governamentais brasileiras cresceram de provas de conceito individuais para soluções escaláveis com amplo impacto”, disse Shafqat Azim, sócio da ISG Digital nas Américas. “IoT está se tornando uma parte fundamental das estratégias de transformação digital”.

A IoT permite que redes em larga escala de dispositivos inteligentes monitorem a localização e movimentação de veículos, equipamentos, mercadorias, animais e outros recursos em todo o vasto território brasileiro, diz o relatório. Essas redes, que também podem coletar e analisar grandes quantidades de dados sobre o uso de ativos, estão entre as aplicações de IoT mais críticas do país.

Muitas organizações brasileiras que adotam a IoT estão contando com um ecossistema de fornecedores de serviços para consultoria estratégica, implementação de tecnologia e gerenciamento contínuo, diz o ISG. Muitas vezes, várias companhias precisam trabalhar juntos como parceiros para serem eficazes.

No Brasil, os serviços de consultoria em IoT estão sendo oferecidos tanto por empresas de consultoria tradicionais que contrataram especialistas em IoT, quanto por empresas com raízes na implementação técnica que desenvolveram ofertas estratégicas, diz o ISG. À medida que as empresas se tornam mais conscientes do potencial da IoT, elas procuram fornecedores mais capazes de identificar oportunidades de negócios de IoT e alinhar outros parceiros para realizá-las.

“Tanto o lado da oferta quanto a demanda estão ficando mais maduros”, disse Jan Erik Aase, sócio e líder global da ISG Provider Lens Research. “As empresas precisam de fornecedores que entendam as tecnologias, regulamentos e setores envolvidos”.

Por razões históricas e legais, as empresas de telecomunicações são mais proeminentes nos serviços de IoT no Brasil do que em alguns outros países, diz o relatório. Elas construíram serviços especificamente para realizar prioridades nacionais de IoT em áreas como cidades inteligentes, agronegócio, indústria, cadeias de suprimentos e monitoramento e prevenção de doenças.

O relatório também explora outras grandes tendências de IoT no Brasil, incluindo o papel essencial dos serviços gerenciados e a crescente importância da computação de borda e segurança de dados.

O relatório ISG Provider Lens™ Internet das Coisas — Serviços e Soluções 2022 para o Brasil avalia os recursos de 26 fornecedores em cinco quadrantes: Strategic Consulting, Implementation and Integration, Managed Services, Mobile Asset Tracking and Management, and Data Management and IT on the Edge. Consultoria Estratégica, Implementação e Integração, Serviços Gerenciados, Rastreamento e Gerenciamento de Ativos Móveis e Gerenciamento de Dados e IA na Borda.

O relatório aponta Embratel, IBM, Siemens e Telefonica Tech como Líderes em todos os cinco quadrantes. Ele nomeia a Accenture como Líder em quatro quadrantes e Algor Telecom, Bosch e TIM como Líderes em três quadrantes cada. A Deloitte é nomeada Líder em dois quadrantes.

Além disso, a Logicalis é nomeada como Rising Star – uma empresa com um “portfólio promissor” e “alto potencial futuro” pela definição do ISG – em dois quadrantes. Advantech, SONDA e TIVIT são nomeadas como Rising Stars em um quadrante cada.

O relatório ISG Provider Lens™ Internet das Coisas — Serviços e Soluções 2022 para o Brasil está disponível para assinantes ou para compra única nesta página.

Sobre o ISG Provider Lens™ Research

A série de pesquisas em quadrantes do ISG Provider Lens™ é a única avaliação de provedor de serviços desse tipo a combinar pesquisa empírica baseada em dados e análise de mercado com a experiência e observações do mundo real da equipe de consultoria global do ISG. As empresas encontrarão uma grande quantidade de dados detalhados e análises de mercado para ajudar a orientar sua seleção de parceiros apropriados (sourcing), enquanto os consultores do ISG usam os relatórios para validar seu próprio conhecimento de mercado e fazer recomendações aos clientes corporativos do ISG. A pesquisa atualmente abrange fornecedores que oferecem seus serviços globalmente, em toda a Europa, bem como nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Reino Unido, França, Benelux, Alemanha, Suíça, países nórdicos, Austrália e Cingapura/Malásia, com mercados adicionais a serem adicionados no futuro. Para obter mais informações sobre o ISG Providers Lens™ da ISG, visite esta webpage.

Uma série de pesquisa complementar, os relatórios ISG Provider Lens Archetype, oferecem uma avaliação inédita de fornecedores da perspectiva de tipos específicos de compradores.

Sobre o ISG

ISG (Information Services Group) (Nasdaq: III) é uma empresa líder global em pesquisa de tecnologia e consultoria. Um parceiro de negócios confiável para mais de 700 clientes, incluindo mais de 75 das 100 maiores empresas do mundo, o ISG está comprometido em ajudar corporações, organizações do setor público e provedores de serviços e tecnologia a alcançar excelência operacional e crescimento mais rápido. A empresa é especializada em serviços de transformação digital, incluindo automação, nuvem e análise de dados; assessoria de sourcing; governança gerenciada e serviços de risco; serviços de telecomunicações; estratégia e desenho de operações; gestão de mudança organizacional, inteligência de mercado e pesquisa e análise de tecnologia. Fundada em 2006 e com sede em Stamford, Connecticut, o ISG emprega mais de 1.300 profissionais digital-ready que operam em mais de 20 países - uma equipe global conhecida por seu pensamento inovador, influência de mercado, profundo conhecimento em tecnologia e indústria, e pesquisa e recursos analíticos de classe mundial com base nos dados de mercado mais abrangentes do setor. Para mais informações visite www.isg-one.com.


Contato:

Press:

Will Thoretz, ISG

+1 203 517 3119

[email protected]

Thábata Mondoni, Mondoni Press para ISG

Mobile: +55 11 98671 5652

[email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp