03/10/2022 às 16h52min - Atualizada em 04/10/2022 às 00h04min

Como cuidar dos jardins durante a primavera?

Com o fim do inverno vem a primavera, estação das flores. Com isso, os jardins ficam coloridos, mas é preciso ter alguns cuidados com esses espaços.

DINO
http://www.giulianaflores.com.br/


Um jardim na primavera é conhecido pelas diversas cores, por estar bem cuidado, livre de doenças e de pragas. Dessa forma, o espaço torna-se um atrativo para quem busca contato com a natureza ou momentos de lazer com amigos e familiares. Um ponto interessante é saber como deixar esse ambiente saudável e bonito.

Durante a estação das flores, a temperatura tende a ficar mais alta, o dia fica mais longo e a quantidade chuvas é elevada. Esses fatores influenciam plantas e flores, acelerando o crescimento delas. Tendo essas questões em mente, é necessário conhecer alguns cuidados com os jardins na estação.

1) Adubação

Como o desenvolvimento das plantas aumenta bastante na primavera (de setembro a dezembro no Brasil), a necessidade de nutrientes é maior, fazendo-se essencial a aplicação de adubos. Dentre os tipos, estão:

Adubo mineral

O adubo mineral é aplicado sobre as folhas da planta ou no solo. Possui baixo custo, mas é preciso aplicar com mais frequência. O principal benefício está na rápida absorção dos nutrientes, dando resultados em poucos dias. Recomenda-se fazer uso dos produtos 100% solúveis, ou seja, diluídos em água, que não deixam resíduos.

Adubo orgânico

No caso desse adubo são utilizados vários produtos de composto orgânico, como esterco curtido, farinha de ossos, húmus de minhoca e torta de mamona. Esse tipo também oferece nutrientes, ajuda na estruturação do solo e é muito indicado para a sustentabilidade, pois é considerado ecologicamente correto.

2) Cuidados com a poda

Os primeiros dias da primavera são indicados para podar, o que estimula a formação de brotos, além de embelezar as plantas e eliminar os galhos doentes ou mal formados. Esse processo contribui, inclusive, com a prevenção de algumas doenças. De modo geral, há três tipos de poda:

Poda de limpeza

Esse é um processo leve que precisa ser feito regularmente, não só na primavera. Nessa poda, são eliminados galhos, flores murchas e ramos secos e mortos.

Poda drástica de desenvolvimento

A poda drástica é aplicada nas plantas de clima temperado, como hortênsias e rosas, e costuma deixar apenas o esqueleto da planta, para renová-la por completo. O processo requer muito cuidado.

Poda de formação

Ajuda no crescimento das plantas, fazendo com que elas se desenvolvam fortes e saudáveis. Nesses casos, o corte precisa ser feito de forma inclinada e próximo à gema de brotação.

3) Controle de irrigação ideal

Quem possui sistema de irrigação automática precisa verificar se ele está em bom funcionamento, para evitar desperdícios, ou com uma irrigação em baixo nível, o que prejudica muito o crescimento das plantas em geral.

Quanto à frequência da irrigação durante a primavera, a recomendação é fazê-la duas vezes ao dia: de manhã e no final da tarde, quando a temperatura do sol não está tão alta.

 

*Por Clóvis Souza, fundador da Giuliana Flores



Website: http://www.giulianaflores.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp