18/11/2022 às 18h14min - Atualizada em 21/11/2022 às 00h09min

Concurso para Auditoria de Atividades Urbanas do DF publicado

Mais de 700 vagas com iniciais de 9 mil

SALA DA NOTÍCIA Gran Cursos Online
Gran Cursos Online
Divulgação

A Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Administração do Distrito Federal publicou o edital para o concurso de Auditoria de Atividades Urbanas, que ofertará 114 vagas imediatas e 656 vagas para formação de cadastro reserva nos cargos de Auditor de Atividades Urbanas e Auditor Fiscal de Atividades Urbanas, com exigência de nível superior e salário inicial de R$ 9.361,95. A banca organizadora do certame é o IADES e as inscrições deverão ser feitas entre os dias 26 de dezembro de 2022 a 31 de janeiro de 2023 no site da banca (http://www.iades.com.br). A taxa de inscrição foi fixada em R$ 265.

As provas estão previstas para o dia 26 de fevereiro de 2023 e, segundo o edital, são 74 vagas imediatas e 156 de cadastro reserva para o cargo de Auditor de Atividades Urbanas Vigilância Sanitária, e 40 imediatas mais 500 de cadastro reserva para o cargo de Auditor Fiscal de Atividades Urbanas. Neste último cargo, há espaço para atuação nas seguintes áreas: Obras, Edificações e Urbanismo; Atividades Econômicas e Urbanas; Transporte e Controle Ambiental.

De acordo o professor do Gran Cursos Online, Eduardo Cambuy, diferentemente das provas aplicadas pela IADES em outras áreas, como PPGG DF e BRB, para essa prova, a IADES deve ter uma exigência técnica maior. Isso porque é uma prova com nível de especificidade um pouco maior, já que é uma carreira de fiscalização, uma carreira mais técnica. “A ideia é que, sobretudo na parte específica, a IADES exerça um pouco mais de peso. O edital da SEAGRI-DF pode ser uma boa referência para a parte específica.”

Segundo Cambuy, a área de atuação será na parte de  controle, fiscalização e regulação em relação às legislações aplicadas dentro do DF em cada uma das áreas. “O edital prevê várias áreas de atuação. Então, dependendo da área, o profissional vai fiscalizar termos, licenças, alvarás, tributações ou exigências fiscalizatórias para estabelecimentos comerciais, para a execução de obras, ou de serviço de saúde, por exemplo”.

Para o professor, a banca tem uma metodologia já tradicional na parte de legislação, de lei seca, com uma carga bem impositiva. Já nas matérias mais teóricas, a IADES costuma trabalhar com parte de doutrina majoritária, sem entrar em polêmicas ou doutrinas minoritárias. Ainda segundo Eduardo, a dica é dar uma atenção maior para a parte específica. “A específica tem peso 2 e vai totalizar 70 pontos da prova. Então é necessário estar atento a essa preparação e elaborar a melhor tática para estudar considerando pesos, dificuldades, complexidade e  densidade das matérias, tudo levando em consideração o tempo que o candidato tem até a prova”. 


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp