CIDADE NO AR Publicidade 728x90
25/04/2023 às 14h53min - Atualizada em 26/04/2023 às 00h01min

Escolas do Maranhão terão pontos de lavagem de mãos em iniciativa da UNICEF apoiada pela Biolab

O intuito da projeto é apoiar um ano escolar mais saudável com acesso a itens de higiene para comunidades vulneráveis

SALA DA NOTÍCIA Raphaela Candido
A Biolab apoia a campanha #ÁguaHigieneNasEscolas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), e investiu na instalação de estruturas para a lavagem de mãos e proteção à higiene de crianças e adolescentes nas escolas públicas municipais de São Luís, capital do Maranhão. A iniciativa busca contribuir para um ano escolar mais saudável, beneficiando mais de 21 mil alunos em 50 escolas.

Além disso, com a parceria da Biolab, estão sendo realizadas rodas de conversa online sobre autoconhecimento e dignidade menstrual, através das quais meninas adolescentes de mais de 20 municípios do Maranhão conversam entre si sobre os desafios de suas próprias experiências pessoais durante o ciclo menstrual e criam redes de apoio mútuo para esta fase tão importante de seu desenvolvimento. Cerca de 500 adolescentes já participaram dos diálogos online sobre o tema.

A informação é um agente poderoso na propagação de bons hábitos de higiene e reflete-se em benefícios para a família e a comunidade, que recebem indiretamente conhecimento sobre medidas preventivas. A falta de higiene adequada pode levar à ocorrência de doenças evitáveis, como a diarreia infantil, problema grave classificado pela Organização Mundial de Saúde como a 2ª principal causa de mortalidade em menores de 5 anos, influenciada por fatores socioeconômicos.

É fundamental também uma maior conscientização sobre a importância de assegurar o direito à dignidade menstrual para todas as adolescentes nas redes municipais de ensino, assegurando oportunidade de debates entre jovens, além da entrega de absorventes. O UNICEF e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) lançaram em 2021 o estudo “Pobreza Menstrual no Brasil: Desigualdade e Violações de Direitos”, revelando que 713 mil meninas brasileiras vivem sem acesso a banheiro ou chuveiro em casa e mais de 4 milhões não têm os itens mínimos para seus cuidados de higiene pessoal e menstrual nas escolas, incluindo absorventes e itens ainda mais básicos, como banheiros adequados ou sabão para lavar as mãos. Segundo a pesquisa, o estado do Maranhão tem o segundo maior percentual de alunas do 9º ano totalmente desassistidas com relação ao acesso a esses itens básicos de higiene pessoal nas escolas.

“A responsabilidade social é importante para construir uma sociedade com mais saúde e qualidade de vida. É muito importante estar alinhados a instituições reconhecidas, como o UNICEF, que trabalha para dar dignidade a crianças e garantir que seus direitos à saúde sejam respeitados”, pontua Cleiton de Castro Marques, CEO da Biolab.

“Saúde e educação são direitos de cada criança e adolescente. Por meio dessa parceria com a Biolab, vamos contribuir para criar ambientes mais saudáveis nessas dez escolas do Maranhão. Graças à parceria, meninas e meninos terão acesso a mais estruturas de lavagem de mãos e itens de higiene nas escolas e vão aprender sobre prevenção de doenças e cuidados com a saúde, beneficiando também suas famílias e comunidades”, afirma Ofélia Silva, chefe do escritório do UNICEF no Maranhão.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp