21/06/2024 às 11h49min - Atualizada em 23/06/2024 às 00h00min

Consultoria e gestão: Cinco fatos para quem quer seguir essa carreira

Matheus Briet | Falconi
iStock
O mercado de consultoria tem aumentado o seu tamanho com o passar do tempo, despertando o interesse de profissionais que almejam ingressar nesse setor ou até se especializar e ficar atualizado sobre o que as empresas vêm fazendo. O Fórum Econômico Mundial já apontou que, de 2023 a 2025, as organizações focadas nesse serviço devem crescer 50%, visto o reconhecimento dos clientes sobre a importância de terem suportes estratégico e operacional no desafio de aumentar seu crescimento.

Outro dado mais recente, da Mordor Intelligence, estima que o tamanho do mercado global de serviços de consultoria ultrapasse os US$ 320 bilhões em 2024, projetando que alcance os US$ 431 bilhões até 2029. Apesar das cifras, as informações sobre a rotina de um consultor e as diferenças entre as empresas atuantes no mercado nem sempre estão disponíveis de forma simples, o que dificulta a decisão sobre a carreira.

Para o diretor de Bens de Capital, Papel e Celulose da Falconi, Caio Davanzo, a carreira de consultor pode ser resumida em desafios constantes e variados, o que requer resiliência para se adaptar a diversos cenários, capacidade de aprender e se desenvolver rápido e trabalho em equipe, seja com o cliente ou com outros consultores do time, construindo um ambiente colaborativo na busca dos resultados combinados. O executivo entrou na empresa como consultor júnior há 12 anos e, de lá para cá, acumula experiência em projetos com grandes empresas do país em diferentes segmentos, como hospitais, indústrias e até portos.

Com isso em mente, a consultoria Falconi lista cinco fatos sobre a carreira, que podem ajudar àqueles que estão tomando essa decisão agora:
  1. Consultoria traz oportunidades para inovação
Um consultor vive em um ambiente de trabalho dinâmico. Ao ajudar uma empresa, independente do ramo de atuação, a crescer e prosperar, é possível ter contato com mercados diferentes, sejam eles locais, nacionais ou internacionais, e dessa forma, visualizar oportunidades de inovação para gerar valor aos clientes e projetos.
  1. Cultura orientada para resultados
Para medir os resultados de um projeto, são estabelecidos metas e objetivos na fase inicial do trabalho. Porém, tão importante quanto o estabelecimento das metas, é auxiliar o cliente na captura dos resultados esperados. Para isso, cabe ao consultor estudar sobre o mercado de cada cliente e preparar um plano tático e operacional realizável e de fácil entendimento. Caso contrário, pode haver quebra de expectativas ou a interrupção das atividades.
  1. Oportunidade de crescimento
Consultoria é conhecimento aplicado. É um mercado que existe há décadas no Brasil, com especialistas transmitindo ensinamentos e experiências de geração em geração. Assim, é comum que equipes tenham integrantes com poucos anos de trabalho atuando ao lado de profissionais experientes, que já se envolvem com projetos há muito tempo. As lideranças possuem o papel de promover a integração e o compartilhamento de conhecimento, enquanto os consultores mais novos de aprender e serem proativos na busca de novos conhecimentos.
  1. Espere desafios
Ao escolher seguir nesse ramo, um consultor se depara com desafios que, por vezes, podem ser inéditos ou então muito avançados. Para isso, é preciso ter capacidade de se adaptar a cenários e situações distintas e uma rotina de aprendizado constante, com muita dedicação. Mais do que nunca será preciso administrar bem o tempo para conseguir entregar tarefas e assumir novas responsabilidades.
  1. Profissionais movidos por propósito
Ao encarar desafios diversos, os consultores possuem a oportunidade de alinhar carreira com seus respectivos propósitos. Projetos para redução de mortes no trânsito, melhoria da qualidade da educação no Brasil ou mesmo aumento da capacidade de geração de empregos através da implantação de gestão nas empresas, são exemplos de que a carreira de consultoria pode não somente propiciar o desenvolvimento profissional, mas também ser um vetor de transformação social.

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MATHEUS BRIET DIAS SILVA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp