14/01/2020 às 19h58min - Atualizada em 15/01/2020 às 00h03min

Engenheiro lista as principais diferenças entre um sistema ERP na nuvem e um instalado localmente

Lista contém as características, vantagens e desvantagens de um ERP na nuvem e um instalado na empresa contratante.

DINO
https://www.nomus.com.br/blog-industrial/sistema-erp-na-nuvem-ou-local-qual-e-a-melhor-opcao-para-a-sua-industria/

O sistema ERP tem sido bastante procurado pelas indústrias por conta das inúmeras vantagens oferecidas, principalmente a de agregar processos essenciais e permitir uma visão geral da empresa, o que gera informações fundamentais para a gestão da fábrica.

A etapa de escolher o fornecedor é extremamente importante para o sucesso do projeto e, consequentemente, da fábrica.

Pensando nisso, Thiago Leão, Engenheiro e sócio da Nomus, listou as principais características, vantagens e desvantagens de um sistema ERP na nuvem e um instalado localmente:

1. Diferenças gerais

Sistema ERP na nuvem: a instalação é oferecida em forma de uma prestação de assinatura. Nesse sistema, os usuários acessam os dados de forma on-line, ou seja, por meio de um navegador web.

Sistema ERP local: a instalação é, como sugere o nome, executada localmente no hardware e nos servidores das indústrias, além de ser gerenciado pelo(s) funcionário(s) de Tecnologia da Informação (TI). O acesso aos dados é feito por computadores da fábrica sem precisar de conexão com a internet.

2. Custos básicos

Sistema ERP na nuvem: A aquisição é feita por meio de um contrato que estabelece todos os custos adicionais sobre serviços como treinamento da equipe, suporte do fornecedor, atualizações do sistema e equipamentos necessários tanto para a instalação quanto para a manutenção. A assinatura desse ERP é mantida por um pagamento mensal.

Sistema ERP local: Para esse caso, a indústria possui gastos que vão desde a instalação até o contrato de especialistas. Como é instalado localmente, esse tipo de ERP implica em despesas sobre a compra de uma licença inalterável, infraestrutura com hardware e servidores, e admissão de profissionais capacitados. Além disso, outro custo é necessário, que é treinamento da equipe e contratação de um especialista para realizar a operação do ERP.

3. Benefícios

Sistema ERP em nuvem:

-Gastos previsíveis
-É possível investir com um valor baixo e acrescentar parcelas ao longo do crescimento da empresa
-Fica por conta do fornecedor a execução de tarefas mais específicas, como backup do sistema ERP e administração de armazenamento e amplitude, por exemplo.
-É atualizado para versões mais atuais de forma prática

Sistema ERP Local:

-Mais capacidade para personalizar de acordo com as preferências e necessidades do cliente
-A segurança dos dados está nas mãos da organização, portanto, um sistema desconectado da internet, pode diminuir bastante o risco de vazamento de informações.

4. Malefícios

Sistema ERP em nuvem:

-É necessário ter acesso à internet para utilizar o sistema
-O fornecedor tem controle da segurança dos dados da empresa

Sistema ERP Local:

-Não possui uma previsão dos gastos que o sistema exige
-A própria empresa possui a responsabilidade pela proteção dos dados
-Apesar da maior possibilidade de personalização ser citada como uma vantagem, a implantação pode ter um tempo muito grande por conta desse fator, o que torna o mesmo um malefício
-a capacidade de atualização de novas alternativas fornecidas pelo fabricante do sistema é baixa

Considerações finais:

Segundo Thiago Leão, não existe solução perfeita para todas as empresa, é preciso analisar caso a caso e escolher a opção mais vantajosa para a realidade do empresário.

Existe ainda a possibilidade em investir em sistemas que podem ser usados tanto na nuvem quanto localmente como o Nomus ERP Industrial: https://nomus.com.br/erpindustrial



Website: https://www.nomus.com.br/blog-industrial/sistema-erp-na-nuvem-ou-local-qual-e-a-melhor-opcao-para-a-sua-industria/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp