20/02/2020 às 17h37min - Atualizada em 20/02/2020 às 17h42min

Multinacional francesa se une à iniciativa Climate Group EV100 para acelerar a mudança de 100% de sua frota para a mobilidade elétrica

Avançando em seu compromisso com a neutralidade de carbono, a Schneider Electric anuncia sua participação na iniciativa EV100 de substituir 14.000 carros da empresa por veículos elétricos (EV) até 2030

DINO
http://www.se.com/br

Avançando em seu compromisso de construir um mundo zero carbono, a Schneider Electric, líder global na transformação digital em gestão de energia elétrica e automação, anuncia sua participação na iniciativa EV100, do Climate Group, de lançar uma política de frota verde que visa substituir 100% de seus carros por veículos elétricos até 2030. O anúncio coincide com o lançamento do Relatório anual de  Progresso e Insights de 2020, que mostra que a demanda por veículos elétricos está aumentando e que as organizações estão progredindo rapidamente em direção a seus objetivos, nos quais os modelos estão disponíveis.

O futuro da mobilidade é elétrico: demonstrando que uma mudança rápida é possível

De acordo com Relatório especial IPCC’s , as emissões globais de CO2 precisam ser reduzidas em 45% até 2030, para limitar as mudanças climáticas a 1,5 ° C, globalmente. A mobilidade elétrica é fundamental para alcançar esse futuro, juntamente com descarbonização, descentralização e digitalização de energia.

No entanto, a adoção da mobilidade elétrica é mais lenta que necessária. Com esse compromisso, a Schneider Electric deseja demonstrar que é possível uma mudança rápida, garantindo conforto e economia ao motorista. Até 2030, a Schneider Electric converterá 14.000 carros da empresa em mais de 50 países em EV. A Schneider Electric também instalará a infraestrutura de carregamento de EV em seus principais escritórios e fábricas até 2030, com os principais sites apresentando a inovadora arquitetura de mobilidade eletrônica EcoStruxure, com tecnologias de microrredes, gerenciamento de ativos e novos sistemas de gerenciamento de energia.

EV100 é um impulsionador para alcançar operações carbono zero até 2030

Em 2019, a Schneider Electric acelerou sua estratégia climática, com o objetivo de atingir a neutralidade de carbono em seu próprio ecossistema até 2025, e as emissões carbono-zero, até 2030, como parte do SBT validado a 1,5 ° C (Science Based Targets). Ao aderir à iniciativa EV100, liderada pelo The Climate Group e reunindo negócios influentes, a Schneider Electric se comprometeu a acelerar a ação em favor do clima. A transição para uma frota elétrica permitirá que o grupo reduza as emissões diretas de CO2 dos carros da empresa para zero até 2030.

“Na Schneider Electric, nos comprometemos a reduzir as emissões operacionais de carbono a zero até 2030, em linha com a meta de limitar o aquecimento global em 1,5 ° C, seguindo o SBT. Juntar-se à iniciativa EV100 é um passo fundamental para alcançar essa ambição. Essa transformação nos permite embarcar milhares de nossos funcionários, clientes e startups em uma variedade de inovações. Acreditamos que a eletricidade é o futuro da mobilidade e queremos demonstrar que uma rápida expansão de EVs pode ser alcançada em 10 anos. A abordagem exclusiva da Schneider EcoStruxure para a infraestrutura de eMobility oferece soluções abrangentes, contínuas, escaláveis ​​e de segurança cibernética para carregamento de VE para frotas e locais públicos,” afirma Leonid Mukhamedov, vice-presidente executivo de Global Strategy da Schneider Electric.

A Schneider Electric é uma tripla associada das EP100, RE100, e EV100 do Climate Group, que são iniciativas complementares para reduzir as emissões das operações a zero até 2030, em linha com a trajetória climática de 1,5 ° C. Em 2017, a Schneider Electric estabeleceu uma parceria com:

  • Iniciativa EP100: dobrar a produtividade energética até 2030, em comparação com a linha de base de 2005, estabelecendo uma meta ambiciosa para dobrar a produção econômica de cada unidade de energia consumida;

As empresas globais têm um papel importante a desempenhar na aceleração da transição energética. Juntando-se ao EP100 e RE100, e colocando o uso inteligente de energia no centro de sua estratégia de negócios, a Schneider Electric já está liderando pelo exemplo”, afirma Helen Clarkson, CEO do The Climate Group. “Estamos empolgados com o fato de a Schneider Electric também estar se juntando ao EV100, tornando-os uma das muitas outras empresas que assumiram os três compromissos, demonstrando que energia e transporte mais limpos e inteligentes andam de mãos dadas”.

eMobility não é apenas um novo conceito, mas sim realidade para muitos colaboradores na Schneider Electric

Com suas soluções de carregamento desenvolvidas há alguns anos e disponíveis em vários locais em todo o mundo, os funcionários da Schneider Electric foram os primeiros a adotar a mobilidade elétrica.

No Brasil, desde 2018, a Schneider Electric utiliza um veículo elétrico (em parceria com a DHL) que, saindo sempre do CD de Cajamar, circula no eixo São Paulo - Campinas fazendo entregas urgentes para todos os segmentos de clientes. Além disso, desde setembro de 2019, a companhia também aderiu à entrega de produtos de pequenos volumes por bikes, sendo este o veículo responsável por 20% das remessas feitas pela Schneider na capital paulista.

Já na Alemanha, a Schneider Electric ajudou a transformar o EUREF Campus em uma vitrine de energia e mobilidade com baixo CO2, permitindo atingir a meta de carbono da Alemanha no FUTURE 2050, 30 anos antes. Os funcionários da Schneider Electric que trabalham no campus da EUREF fazem parte de 150 empresas e instalações de pesquisa que se beneficiam dessa infraestrutura pronta para o futuro.

Na Schneider Electric, unidades de vários países, como da Noruega, já começaram a oferecer aos seus funcionários o uso de veículos elétricos para suas necessidades profissionais. Essa transformação, que será realizada em mais de 50 países nos próximos 10 anos, obviamente mudará os hábitos de muitos novos funcionários.

Os esforços da Schneider Electric para reduzir o impacto no planeta também fazem parte do DNA de nossos funcionários. Eu vejo um alto envolvimento e vontade de contribuírem para um futuro mais sustentável, ” explica Henrik Holck-Clausen, vice-presidente de Recursos Humanos da Schneider Electric na Noruega.

EcoStruxure for eMobility: tecnologias inovadoras moldarão o futuro da mobilidade elétrica

Para acelerar a adoção mundial de veículos elétricos como forma de mobilidade sustentável, a Schneider Electric lançou o EcoStruxure para eMobility. O EcoStruxure for eMobility se destaca por cobrir toda a cadeia de valor de cobrança de VE, desde auditoria e consultoria, gerenciamento de rede e microrrede de estações de carregamento inteligentes, incluindo:

  • Serviços de consultoria para ajudar os clientes a criar estratégias, planejar, projetar, instalar e manter sistemas inteligentes de carregamento de veículos elétricos, seguros, confiáveis ​​e eficientes.
  • Gerenciamento de energia e microrrede para otimizar o consumo de energia das unidades de carregamento de VE, graças ao software que aumenta a eficiência do uso e do custo, prevendo o tempo ideal para consumir, produzir, armazenar ou vender energia.
  • Armazenamento de bateria integrado que otimiza o uso da rede e permite um melhor gerenciamento de energia renovável.
  • Manutenção preditiva IIoT de manutenção e operações, combinada com análise de dados, que minimizam o OpEx e ajudam a eliminar o tempo de inatividade.
  • As estações de carregamento EVlink oferecem uma experiência fácil ao usuário e podem ser implantadas em escala.

Para saber mais, visite o site de soluções automotivas e de mobilidade da Schneider Electric.

Parceria de investimento com start-ups de mobilidade eletrônica para acelerar a transição global para EV

Além de fazer a transição de sua própria frota de veículos para a elétrica, a Schneider Electric também ajuda as empresas a fazer essa transição, investindo e fazendo parceria com startups como eIQ Mobility, que está focado em serviços e software de consultoria em eletrificação de frota e DST, que oferece frota elétrica logística como serviço e possui mais de 16.000 veículos elétricos. A Schneider Electric é investidora e parceira da Volta, cujo modelo de negócios inovador permite a cobrança gratuita de veículos elétricos por proprietários e motoristas em troca de publicidade.

 



Website: http://www.se.com/br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp