21/02/2020 às 11h04min - Atualizada em 22/02/2020 às 02h51min

Cupidos digitais: apps de encontros levam casais ao altar

Segundo pesquisa realizada pelo portal Casamentos.com.br, cerca de 10% dos usuários do site casados em 2019 conheceram o cônjuge em plataformas como Tinder, Happn, POF, entre outras.

DINO
http://www.casamentos.com.br
Do match ao altar.


O Carnaval já está nas ruas e muitos solteiros buscam aplicativos de relacionamento para conhecer gente nova e aproveitar a folia. Apesar do rótulo de que festa e compromisso são opostos que não se atraem, o amor prova mais uma vez que pode surpreender e aparecer onde menos se espera: segundo uma pesquisa do site Casamentos.com.br, 9,6% dos usuários casados no ano passado conheceram seu cônjuge através de algum App de relacionamentos.

Seja por Tinder, Happn, POF, ou outras plataformas, o cupido ganha cada vez mais canais para digitalizar seu papel com a popularização dos Apps de encontros. Além dos resultados da pesquisa de mercado do site, a nova forma de conhecer o cônjuge é tema de vários testemunhos nos debates da Comunidade de Casamentos.com.br. Em um deles, a noiva T. conta como o match virou pedido de noivado em menos de dois anos de relação:

“Conheci pelo Tinder. Conversamos por um mês pelo App e pelo WhatsApp e desde o nosso primeiro encontro estamos juntos. Não tive pedido de namoro oficial, mas com um ano e dois meses de namoro ele me pediu em casamento”, explica a noiva.

Outros noivos começaram a conversar com mais frequência fora dos meios digitais, mas o primeiro contato foi através de um App, como conta a noiva M.

“Conheci o I. no Tinder e fiquei indignada porque ele estava muito perto de mim (menos de 2km). Deu match, mas conversamos bem pouco. Ele diz que eu parei de falar com ele, mas minha versão é diferente. Poucos meses depois, nos vimos em um bar e lembramos do Tinder. Então posso dizer que o App ajudou!”, explica a noiva.

Outros apaixonados preferem ocultar que se conheceram por um App, em alguns casos para evitar críticas de pessoas próximas mais conservadoras. Segundo os próprios usuários, ainda é difícil que muitos compreendam que os aplicativos são uma ferramenta para conhecer pessoas, independentemente da intenção de cada um.

“Eu conheci o T. pelo Tinder também . A maioria das pessoas não sabe. A gente conta que se conheceu no pet shop, quando fui comprar um cachorro... O que é verdade, porque foi nosso primeiro encontro”, explica a noiva A. “Isso foi agosto, em janeiro ele foi morar comigo. E já faz dois anos isso”, salienta.

Em relação a outros países, o Brasil é inovador na América Latina nessa nova tendência, chegando próximo aos índices de países europeus como a Espanha, como explica a CEO do grupo The Knot Worldwide para Europa e América Latina, Nina Pérez.

“Segundo a nossa pesquisa, feita com usuários de portais de 15 países, o Brasil é o país da América Latina onde mais usuários conheceram seus cônjuges com a ajuda de Apps de relacionamento. Além disso, seu índice ultrapassa as médias de países europeus como Portugal e Itália, chegando perto do resultado espanhol de 11,9%“, explica a especialista.

Com a popularização dos Apps de encontros, cada vez mais casais se conhecem por essas plataformas, já que a vida dos usuários está cada vez mais conectada à Internet em todos os seus aspectos. Assim como o número de noivos que buscam a ajuda de ferramentas digitais para organizar o casamento cresce exponencialmente, é natural que os meios para encontrar o amor também estejam migrando para o ambiente virtual.



Website: http://www.casamentos.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp