21/02/2020 às 14h38min - Atualizada em 23/02/2020 às 00h00min

CEO explica o que é transformação digital

A pesquisa da consultoria IDC, mostra que um quarto das companhias brasileiras (24,7%) não acredita que a transformação digital seja relevante.

DINO


Independentemente do setor e do seu ramo de atuação, certamente já escutou a expressão "transformação digital" em algum momento. O conceito realmente está na moda no mundo corporativo e torna-se, cada vez mais, como uma estratégia essencial para quem deseja crescer e se destacar no futuro. A questão é que nem todos conhecem o seu real significado e, na maioria dos casos, acaba adotando práticas e processos que atrapalham e burocratizam ainda mais a estrutura ao invés de agilizar a tomada de decisão. A verdadeira transformação é aquela que estimula novos negócios para a organização.

Infelizmente é um cenário ainda comum no Brasil. A pesquisa da consultoria IDC, por exemplo, mostra que um quarto das companhias brasileiras (24,7%) não acredita que a transformação digital seja relevante. Apenas 4% deles têm ciência do tema e o tratam como algo prioritário em suas agendas. Além disso, uma em cada dez empresas não têm nenhum plano sequer de transformação digital em seus negócios, mesmo com a quantidade de informação disponibilizada sobre o assunto.

Além disso, não é raro encontrar empreendedores e líderes de organizações que afirmam transformar digitalmente as rotinas dos seus locais de trabalho porque simplesmente automatizaram alguns processos por meio da tecnologia. Ou que realizaram uma tarefa de cultura organizacional para reforçar a importância de soluções de TI entre os colaboradores. São ações importantes, sem dúvida, mas não são elas que caracterizam a transformação digital. É preciso avançar mais no dia a dia da empresa e impactar até mesmo o seu posicionamento e sua atuação no segmento em que atua.

Em suma: transformação digital de verdade é aquela que, com apoio da tecnologia, estimula novos negócios para a companhia e ajuda a reduzir custos em todos os processos. Sem isso, é uma mera digitalização que até pode impactar a rotina dos colaboradores, mas que não vai gerar nenhum valor a longo prazo. Como o próprio nome diz, essa estratégia deve transformar a organização como um todo, inclusive a forma de enxergar sua atuação no mercado e ser capaz de buscar novos parceiros com o apoio do ambiente digital.

Até porque hoje não faltam opções de recursos tecnológicos que apoiam a empresa em todos os departamentos. Há diferentes sistemas na nuvem que atendem necessidades cada vez mais específicas, como gestão financeira, marketing, vendas, comercial, administrativo, RH, entre outros. Soluções digitais, contudo, precisam conversar entre si para garantir eficiência nos processos e gerar insights para os executivos. Logo, é preciso buscar soluções de integração que consigam conectar estas ferramentas de forma automática e ter uma visão ampla do negócio. A partir daí, a organização está apta para iniciar a transformação digital.

"Portanto, se você está começando a transformar sua empresa digitalmente ou pretende iniciar este trabalho nos próximos meses, saiba que é muito mais do que investir simplesmente em tecnologia ou aculturar seus colaboradores para utilizar soluções digitais. O essencial, no fundo, é garantir aquilo que todos os empreendedores sonham, mas que nem sempre conseguem manualmente: melhorar a rentabilidade do negócio ao mesmo tempo em que possui uma despesa reduzida", explica Diogo Lupinari, CEO na Wevo Tecnologi.

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp