05/03/2020 às 16h16min - Atualizada em 06/03/2020 às 00h00min

Imposto para regularizar nota de crédito é golpe, alerta Associação Nacional dos Bureaus de Crédito

Uma notificação postal enviada em nome da Receita Federal, que exige do contribuinte o pagamento de suposto Imposto Verificador de Score Concretizado, é falsa.

DINO
https://www.anbc.org.br/home.php


Uma notificação postal enviada em nome da Receita Federal, que exige do contribuinte o pagamento de suposto Imposto Verificador de Score Concretizado, é falsa. A mensagem afirma que, por causa de uma pendência em seu CPF, o destinatário precisa quitar um débito para aumentar sua nota de crédito. O tributo citado é inexistente. A comunicação utiliza de maneira indevida o logotipo da Receita Federal e a assinatura falsa de um auditor fiscal.

A Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC), representante dos birôs de crédito gerenciadores do Cadastro Positivo - Boa Vista SCPC, Quod, Serasa Experian e SPC Brasil -, alerta que não existe nenhum imposto destinado à regularização da nota de crédito.

"O aumento da nota de crédito depende apenas do comportamento do consumidor ou empresa. Regularizar dívidas atrasadas que tenham negativado o nome do tomador de crédito, por exemplo, é essencial para aumentar a pontuação. Evitar atrasos no pagamento de contas como faturas e boletos também impactam positivamente a pontuação", ressalta Elias Sfeir, presidente da ANBC.

"A nota de crédito, índice que varia de 0 a 1.000, é resultado da análise dos hábitos de pagamento de pessoa física ou jurídica, e equivale a um currículo financeiro. Quanto mais alta a pontuação, maior a probabilidade de que o consumidor ou empresa honre seus compromissos", completa Sfeir.

Em caso de dúvida em relação a qualquer comunicação envolvendo o Cadastro Positivo ou a a nota de crédito, a ANBC sugere o contato direto com os birôs de crédito gerenciadores do Cadastro Positivo.

Boa Vista: 3003-0101 (www.consumidorpositivo.com.br)
Quod: 3003-7863 (https://www.quod.com.br)
Serasa Experian: 0800 776 6606 (www.serasaconsumidor.com.br)
SPC Brasil: 0800-887-9105 (https://www.spcbrasil.org.br)



Website: https://www.anbc.org.br/home.php
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp