07/04/2020 às 08h25min - Atualizada em 07/04/2020 às 09h51min

A sociedade mundial vive a aceleração tecnológica em tempos de distanciamento social

A Neoconnection promoveu, no último dia 02 de abril, uma Live com Gil Giardelli, um dos maiores difusores de conteúdos ligados a futuro, tecnologia e inovação no Brasil e no Mundo com tema “Sociedade 5.0 e Inovação Global. E Agora?”

DINO
https://www.facebook.com/neoconnection4.0/

Este é um momento de intensas mudanças, com novos hábitos de consumo e necessidade de se reinventar, tanto nos negócios como na carreira. Para discutir essas mudanças rápidas que estão ocorrendo no mundo por conta da Covid-19, a Neoconnection promoveu, no último dia 02 de abril, uma Live com Gil Giardelli, um dos maiores difusores de conteúdos ligados a futuro, tecnologia e inovação no Brasil e no Mundo.  O tema abordado foi “Sociedade 5.0 e Inovação Global. E Agora?”

Intermediada pela diretora da Neoconnection, Maria Almeida Garcia, a Live com grande interatividade do público, destacou o momento atual, em que a sociedade está conectada em um ambiente global, sem fronteiras. Segundo Gil Giardelli, as relações de trabalho, hoje home office, em grande parte, por conta da necessidade de distanciamento humano para evitar a contaminação pelo Covid-19, estão promovendo uma grande mudança de comportamento, com maior uso de tecnologia para reuniões à distância, palestras, aulas e compras on-line.

Sociedade mais tecnológica

A comunidade científica também tem explorado bastante o uso da tecnologia para se manter conectada, acompanhando e interagindo em busca de soluções para combater o novo coronavírus. Ao todo, já foram realizados mais de 26 mil estudos com o Covid-19, utilizando a Inteligência Artificial.

As indústrias e o comércio estão vivendo um novo momento, com a necessidade de rever o seu negócio, inovando os seus processos e canais. Gil Giardelli destaca que os monopólios precisam rever seus negócios, os micronegócios e a economia compartilhada ganham força na nova era.

Ele ainda ressalta que a projeção do período de distanciamento social deve ser longo, em torno de 18 meses. A sociedade vai passar por  momentos difíceis, com picos de quarentena e retornos a vida normal. Será uma mudança de era, com receio de caos social em alguns países, mas depois deste período a humanidade sairá fortalecida.

Distanciamento Social X Distanciamento Digital

Com tudo isso, a tendência é que, com o distanciamento social, ocorra em paralelo o distanciamento digital. “Não podemos ficar 16 horas em casa somente olhando para uma tela. Experimente a desconexão”, destacou.

Dificuldades

Ele destacou as dificuldades que as empresas vão encontrar para manter os empregos e a suas atividades, pois 80% das empresas não possuem capital de giro para sustentar as despesas por mais de 30 dias.

Ressalta que todos terão que se reinventar e contribuir para sobreviver neste período, com redução de salários, tanto por empresas como pelo poder público, incluindo o executivo, legislativo e judiciário. “É um absurdo, num momento como este, o judiciário aprovar bônus porque está trabalhando em casa”.

Realidade Virtual

Um dos setores mais afetados neste momento, o do turismo, terá que adotar novas estratégias para se manter no mercado. Ele exemplificou o uso da Realidade Virtual, amplamente utilizada na China, por 90% dos habitantes. Giardelli argumentou que os Programas de Realidade Virtual possuem uma sensação muito próxima de estar presente fisicamente. “A realidade virtual, certamente, vai ajudar muitas empresas, não só no turismo. Em Manaus, por exemplo, já existe robô ajudando a população nessa linha”.

Blockchain no Agronegócio

Um dos setores mais sólidos no Brasil, o agronegócio tem inovado bastante os seus processos com o uso da blockchain para toda a cadeia do agrobusiness. Ele destaca o case da Unilever, que implementou um projeto que monitora e fiscaliza toda a cadeia de produção, desde as sementes até a entrega nas prateleiras dos supermercados.

Roboticista

Em alta, os cursos de Roboticistas (aquele que mexe com robôs eletrônicos e humanoides), ainda são pouco ofertados. Segundo ele, existem mercados ansiosos por esta profissão, pois cada vez mais humanos devem ter interação com robôs humanoides.

Giardelli disse que engenheiros agrônomos, por exemplo, podem ter que assumir várias funções, desde operar uma máquina de colheita, até fazer relatórios de análises de dados como um analista de dados. 

Na Educação

A transformação está sendo ampla na educação. O ensino à distância está ganhando força, mas ainda é preciso inovar o conteúdo. Ele cita o exemplo da Escola Eurekando de Curitiba,  que trabalha com professores do Século XXI,  trazendo a tecnologia para as crianças. É um modelo similar utilizado em São Paulo, a Explore. O ensino é pautado no futuro, com conteúdo criativo e ensino do empreendedorismo.

Redes Sociais Neoconnection 4.0

www.instagram.com/neoconnection4.0/

https://www.facebook.com/neoconnection4.0/

 

Evidência Comunicação
41 3076-4720/41 3342-6832

Ines Dumas - 99101-0830 (Tim)

Fabiana Lima - 99191-2524 (Tim)
www.evidenciacomunicacao.com



Website: https://www.facebook.com/neoconnection4.0/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp