22/09/2020 às 23h50min - Atualizada em 22/09/2020 às 23h51min

Maçonaria - Liberais x Tradicionais: com os mesmos rituais e cerimônias, modalidades contam com milhares de adeptos em todo mundo

Maçons tradicionais e liberais praticam rituais e cerimônias em busca do "Centro de União", mas, ainda assim, estão completamente separados e convivem com uma série de contradições.

DINO
https://www.maconaria.tv.br/contato
maçonaria no brasil

Ainda que, originalmente a maçonaria tenha se constituído como uma sociedade secreta, hoje possui milhares de adeptos que se dividem em maçons tradicionais e liberais. Ambas as modalidades concordam ao afirmarem que maçonaria é a sociedade menos secreta do mundo; aliás, no dia 20 de agosto é comemorado o "Dia do Maçom" para, de forma pública, homenagear os integrantes desta sociedade que, segundo estimativas, deve congregar atualmente mais de seis milhões de maçons no mundo. 

Em reuniões os maçons usam um avental em alusão aos antigos construtores e ao próprio significado da palavra "pedreiro" já que o objetivo dos estudos maçônicos é a edificação moral, a construção de um belo edifício interior. No início a maçonaria era operativa, dos construtores de catedrais e, posteriormente na fase especulativa adquiriu um status intelectual, quando então foi criado um conjunto de regras e princípios, ponto no qual parte dos maçons na atualidade discordam e então se dividem entre "tradicionais e liberais".

Os maçons tradicionais afirmam que maçonaria é uma fraternidade exclusiva para homens. Argumentam, por exemplo, que a inclusão de mulheres na maçonaria e a facilitação do ingresso de candidatos vão contra regras e princípios considerados imutáveis. Já os maçons liberais se congregam em templos que, além de homens, também aceitam mulheres e defendem que essa é uma nova tendência da maçonaria mundial; ao mesmo tempo que a ala liberal rivaliza com os mais tradicionais da confraria, vem ganhando força com novos milhares de adeptos em todo mundo.

O líder da principal ala liberal da maçonaria no Brasil, Samuel Mineiro da Trindade, explica que tradicionalmente todos podem ser maçons, que facilitar o acesso à maçonaria é um verdadeiro resgate às antigas tradições da maçonaria dos construtores, que na história da maçonaria existem notáveis mulheres maçons em todas as épocas e que nenhuma instituição maçônica no mundo pode ser considerada proprietária da maçonaria e do seu ensino. Samuel, que é um experiente mestre-maçom e já fez parte da "ala tradicional", na atualidade, ao lado de sua esposa, Bianca Moreira da Silva, comanda o Programa Maçonaria na TV. Ele e a esposa são Grão-Mestres no Soberano Santuário da Maçonaria. Bianca explica que, desde o primeiro programa, no ano 2012 - que vem sendo transmitido em diversas emissoras de televisão no país - o principal foco é levar mensagens de luz e força espiritual para o telespectador prosseguir na caminhada. "Principalmente nos momentos de turbulência que vivemos a nível mundial, os ensinamentos maçônicos divulgados na tevê e outros meios têm como base auxiliar cada pessoa a reforçar e melhorar sua bagagem moral e espiritual, estendendo seus horizontes culturais", explica.

Casal de Grão-Mestres, os Maçons Samuel e Bianca Trindade disseram também que a ordem maçônica liberal facilita a comunicação a quem escolhe livremente ser maçom. "Podem participar pessoas de todas as religiões ou classe social. Para ser maçom é possível, sim, solicitar filiação não sendo necessário aguardar um convite", afirma. O casal finaliza lembrando que, tradicional e historicamente, o movimento maçônico luta de forma incansável pelo estabelecimento e pela perpetuação da liberdade de mente, espírito e alma. Por fim, disponibilizaram o contato por meio do WhatsApp: 0800-050-0179 e do site: www.maconaria.tv.br/contato

 



Website: https://www.maconaria.tv.br/contato
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp