30/09/2020 às 18h41min - Atualizada em 01/10/2020 às 01h24min

Goiânia e Brasília estão entre as cidades campeãs em destinação correta de lâmpadas fluorescentes usadas no Brasil

Programa Reciclus conta com 1.838 pontos de coleta em todo o País e é responsável por financiar o processo, coletar e descontaminar os resíduos

DINO
http://www.reciclus.org.br


O consumidor doméstico já deve ter se deparado com a seguinte situação: o que fazer com as lâmpadas fluorescentes, depois que elas queimam?

Essas lâmpadas possuem componentes que demandam um fluxo específico na coleta e destinação final. Por isso, o descarte incorreto, como no lixo comum, pode acarretar diversos problemas ambientais.

Com a finalidade de realizar a coleta e a destinação ambientalmente correta desses resíduos, o programa da Reciclus (Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa) disponibiliza 1.838 pontos de coleta em todo o País, a fim de cumprir com a determinação do Acordo Setorial, dos quais 46 em Brasília (DF) e 50 no estado de Goiás, nas cidades de: Goiânia (23), Anápolis (9), Aparecida de Goiânia (5), Rio Verde (4), Itumbiara (2), Valparaíso de Goiás (2), Caldas Novas (1), Cristalina (1), Goianésia (1), Goiatuba (1) e Jataí (1).

A Reciclus é uma organização civil sem fins lucrativos, criada pelos principais importadores de lâmpadas, para atuar como Entidade Gestora do processo, seguindo um modelo de operação autossustentável.

A iniciativa envolveu diversos segmentos da sociedade e atende à determinação da PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos), a Lei Federal nº 12.305/2010 que fala na responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e na logística reversa (LR) como soluções para o descarte correto de itens que podem causar danos ao meio ambiente.

Participam do programa apenas as lâmpadas de uso doméstico, dos seguintes tipos: fluorescentes compactas e tubulares; de vapor de mercúrio, sódio ou metálico; e luz mista. Não há limite para descarte, desde que seja realizado por consumidor doméstico.

Recentemente, a Reciclus alcançou 1,3 milhões de kg de lâmpadas pós-uso coletados em todo o País, dos quais 40.025 kg e 274.145 unidades em Goiânia (GO) e 37.175 kg e 254.628 unidades em Brasília (DF), sendo que as 10 cidades que mais coletaram lâmpadas fluorescentes usadas nos pontos de coleta Reciclus, desde 2017, foram:

Capital UF Kg's Unidades

1º São Paulo/SP. - 135.045,5 kg e 924.969 unidades
2º Curitiba/PR. - 67.760,1 kg e 464.111 unidades
3º Porto Alegre/RS - 54.042,1 kg e 370.151 unidades
4º Goiânia/GO - 40.025,1 kg e 274.145 unidades
5º Brasília/DF - 37.175,6 kg e 254.628 unidades
6º Florianópolis/SC - 35.741,3 kg e 244.803 unidades
7º Belo Horizonte/MG - 32.176,2 kg e 220.385 unidades
8º Maceió/AL - 19.896,9 kg e 136.280 unidades
9º Recife/PE - 13.066,0 kg e 89.493 unidades
10º Fortaleza/CE - 12.769,2 kg e 87.460 unidades

Para saber o ponto de coleta mais próximo de sua residência, acesse: https://reciclus.org.br/lista-de-pontos-de-coleta/

A implantação dos pontos de coleta segue os critérios técnicos indicados no Acordo Setorial, como número de habitantes, área urbana, densidade populacional, domicílios com energia elétrica, poder aquisitivo, infraestrutura viária e acessibilidade.

Sobre a RECICLUS

A Reciclus é uma associação sem fins lucrativos que reúne os principais produtores e importadores de lâmpadas do Brasil, com o objetivo de promover o Sistema de Logística Reversa. Atualmente conta com 99 empresas associadas. O objetivo é envolver toda a sociedade e a cadeia produtiva em um grande movimento estruturado de coleta de lâmpadas ao final de seu ciclo de vida e realizar a sua destinação final ambientalmente adequada.

Mais informações: www.reciclus.org.br ou pelo telefone (11) 5083-0124.



Website: http://www.reciclus.org.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp