08/10/2020 às 14h12min - Atualizada em 08/10/2020 às 14h57min

Bancos de sêmen tentam consolidação no País

Pro-Seed oferta às clínicas de reprodução humana atendimento em até 24 horas e seleção de doadores de forma online.

DINO
https://proseed.com.br/


Os números relativos à reprodução humana impressionam no Brasil, tanto que, segundo a Rede Latino-Americana de Reprodução Assistida (REDLARA), o País lidera o ranking latino-americano com 83 mil bebês nascidos por intermédio de Fertilização in Vitro (FIV) em 25 anos, sendo a contagem até o ano de 2018.  

Por mais que o Brasil conte com bancos de sêmen de renome, como o Pro-Seed que está há 32 anos em atuação, a importação de material biológico ainda gera a maior procura por parte de casais que precisam de tratamentos de reprodução humana.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, em 2017, a importação de 1,95 mil amostras seminais (sêmen). O número evidencia a maior propensão dos brasileiros em achar que os atributos dos doares internacionais se sobressaem aos dos brasileiros.

Porém, na opinião da sócia-fundadora e diretora do Pro-Seed, Dra. Vera Fehér Brand, o que fomenta esse estigma é a legislação brasileira que limita as informações fornecidas dos doadores aos interessados. “No Brasil são disponibilizadas informações básicas como cor da pele, dos olhos, formação profissional e hobbies. Já nos bancos de sêmen do exterior, mais dados relativos à vida desse doador são informados, sendo possível também ver uma foto de infância dele”, explica.

Outro ponto de destaque refere-se à remuneração do doador. Enquanto no exterior esse homem é pago ao doar, no Brasil isso não é permitido, o que colabora no menor número de interessados nessa ação altruísta no País.

Atualmente o Pro-Seed tem mais de 600 doadores brasileiros, sendo que o processo de triagem desses é meticuloso e envolve análise criteriosa do material genético doado. “O Programa de Doadores do Pro-Seed foi pensado para colaborar no sonho de milhares de casais. É um processo longo, altruísta em que seleciona os melhores doadores”, enfatiza a biomédica e coordenadora do laboratório, Dra. Erica Molina.

Um destaque importante a esses casais que precisam do auxílio de doadores para a Fertilização in Vitro (FIV) é que, enquanto o Pro-Seed consegue entregar uma alíquota (amostra de sêmen congelado) em até 24 horas em São Paulo, capital, o processo de importação mais rápido feito pelo laboratório levou 23 dias. “Disponibilizamos um buscador online de doadores, além de assessoria completa para escolha do melhor doador. Enviamos as alíquotas em até 24 horas em São Paulo”, enfatiza Dra. Vera sobre esse pronto atendimento às clínicas de reprodução humana assistida.

E o Pro-Seed não deixa de atender aqueles interessados em doadores internacionais. Desde 2012 é parceiro do Seattle Sperm Bank, sendo um dos laboratórios que mais distribui amostras importadas no país. “Sendo do banco de sêmen nacional ou por intermédio de importação, o nosso objetivo é ajudar na realização do sonho de casais que precisam desse apoio na hora de formar sua família”, conclui a Dra. Erica.   



Website: https://proseed.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp