03/06/2019 às 16h56min - Atualizada em 04/06/2019 às 00h00min

Manuseio de peso e má postura são principais fatores das Lesões por Esforço Repetitivo

São doenças musculoesqueléticas provocadas por atividades repetitivas e contínuas. Devido ao frequente uso da tecnologia, adolescentes e crianças são os maiores afetados pelo problema cada vez mais recorrente.

DINO
http://smcare.com.br/


As lesões por esforços repetitivos (LER) ou DORT (Distúrbio Osteomusculares Relacionado ao Trabalho) são doenças musculoesqueléticas provocadas por atividades repetitivas e contínuas. Devido ao frequente uso da tecnologia, adolescentes e crianças são os maiores afetados pelo problema cada vez mais recorrente.

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM), o corpo humano não pode ficar na mesma posição por um longo período de tempo, que é exatamente o que a rotina faz com pessoas de todas as idades. Ele explica que, ultimamente, cresceu o número de pessoas diagnosticadas com LER.

Segundo ele, as regiões mais atingidas são o punho, a coluna cervical e a cintura escapular (áreas dos ombros e pescoço). Alguns dos sintomas são inchaço nas articulações, redução de força, formigamento e possivelmente mudança na temperatura.

Ao sentir dores nessas regiões, o ideal é buscar por um médico especialista para que seja tratado o problema desde o aparecimento dos primeiros sintomas. Sendo diagnosticado no início, tomando as providências necessárias e orientadas, evita-se que o problema se torne crônico e, assim, o tratamento seja dificultado.

Dentre os meios de prevenção que podem ajudar a evitar a síndrome, estão: os exercícios de alongamento muscular, com foco no braço, punho, pescoço e na cervical; sempre apoiar-se ao digitar; fazer intervalos no período de trabalho; e redução de carga horária, além de outras pequenas atividades diárias.

Alguns dos principais sintomas relacionados à síndrome são:

● Fadiga muscular;

● Dor nos membros superiores e dedos;

● Formigamento;

● Redução na amplitude do movimento;

● Mudanças na temperatura e na sensibilidade;

● Inflamação.

É importante que as pessoas entendam que esses sintomas são provocados não apenas por atividades feitas de maneira incorreta pelos membros superiores, mas sim pelo corpo como um todo. Alguns exemplos dessa abrangência são o caso da compressão mecânica de alguma parte do corpo e da permanência do indivíduo por um longo período à frente do computador digitando na mesma posição.

Como tratar a LER?

No caso de crises de dor menos intensas, os médicos administram anti-inflamatórios e recomendam repouso. Quanto às mais fortes, o tratamento ocorre por meio de corticoides na região afetada, medicação oral, intervenções cirúrgicas e fisioterapias.

De acordo com especialistas, o ideal é que as pessoas mantenham a postura das costas ereta, buscando apoiá-las sempre em um encosto que ofereça o máximo de conforto. Além disso, os ombros devem permanecer relaxados durante o tempo que se estiver sentado.

Atentar-se para que os punhos não estejam dobrados é outro fator muito importante, bem como levantar a cada hora, caminhar um pouco e fazer alongamentos, o que também faz parte do processo de tratamento.

Como a fisioterapia pode contribuir no tratamento da LER

O tratamento realizado pelos fisioterapeutas nos casos de lesões por esforços repetitivos ocorrem por meio de exercícios de aquecimento que ajudam a aumentar a temperatura dos músculos e tendões, permitindo, dessa forma, o melhor deslizamento das estruturas do membro.

Para manter os músculos sempre relaxados, o especialista recomenda aos pacientes exercícios entre as atividades, além de ressaltar a importância de manter sempre a postura correta.

No caso da necessidade de serviços de fisioterapia, é importante que a pessoa afetada pela síndrome procure sempre por profissionais capacitados e habilitados para realizar tratamentos e pedir todos os exames necessários.

A SM Care é uma clínica especializada em fisioterapia e conta com diversos serviços como a
fisioterapia para coluna e reabilitação e prevenção de lesões. A empresa conta com profissionais altamente qualificados em diferentes técnicas e especialidades, de modo a oferecer um tratamento personalizado e especial para cada paciente.



Website: http://smcare.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp