23/11/2020 às 09h25min - Atualizada em 23/11/2020 às 10h20min

Tarrafa Literária celebra a 12ª edição com autores internacionais e homenagem à santista Maria Valéria Rezende

Festival Internacional de Literatura de Santos ocorrerá virtualmente com transmissões ao vivo pelo seu canal do YouTube, com início nesta sexta-feira (20), às 17h30

DINO
Tarrafa Literária em 2019


A Tarrafa Literária - Festival Internacional de Literatura de Santos chega à sua 12ª edição neste ano de 2020 e terá início nesta sexta-feira, dia 20 de novembro, de uma forma diferente. Por conta da pandemia do novo coronavírus e, por consequência, atender as medidas de biossegurança da Prefeitura de Santos e Organização Mundial da Saúde (OMS) será realizada virtualmente, até o dia 30 de novembro, com transmissão ao vivo pelas redes sociais do evento: Facebook e YouTube da Tarrafa Literária.

Para essa versão online do evento foram convidados autores de "peso" como o crítico e poeta português Pedro Mexia, o professor, historiador e escritor Luiz Antônio Simas e a arquiteta, escritora e atleta de natação nascida no território hoje pertencente à Croácia, Nora Rónai, e sua filha, jornalista, escritora e fotógrafa, Cora Rónai, além da escritora santista Maria Valéria Rezende, que será a homenageada do evento.

Nesta quinta-feira (19) ocorreu uma "avant-première" com a realização da aclamada Tarrafinha Literária para o público infantil, com a participação da escritora e ilustradora Janaina Tokitaka e dos professores e alunos da rede municipal de ensino, além da mediação da professora Rita Nascimento, da Secretaria de Educação de Santos (Seduc).

Já nesta sexta-feira (20), às 17h30, haverá uma pequena cerimônia de abertura, seguida da primeira mesa, às 18h, com a participação do crítico-cultural do The New York Times e escritor espanhol Jorge Carrion, acompanhado do professor universitário, crítico e escritor Miguel Sanches Neto, mediados pelo jornalista e produtor cultural Rodrigo Savazoni com o debate "Os Livros e as Pessoas, que terá como tema central os leitores, os livreiros, as bibliotecas unidas pelo livro condutor.

Segundo o idealizador e diretor do festival, o livreiro José Luiz Tahan, mesmo com a necessidade de adaptação devido a pandemia, visto que o festival jamais ocorreu de maneira que não fosse presencial, ele acredita que a tecnologia só tem a agregar neste momento.

"O meio digital só tem a somar e, a partir das próximas edições, que voltarão a ser realizadas de maneira presencial, poderemos contar com participações pontuais de autores à distância, em qualquer lugar do mundo, conectados virtualmente, nos ajudando nessa missão de incentivo a literatura", exalta.

O evento terá sequência até o dia 30 de novembro, sempre com as mesas sendo transmitidas às 18 horas pelo canal do YouTube. Confira a programação completa abaixo.

O Festival Internacional Tarrafa Literária conta com o incentivo cultural da Lei Rouanet e Ministério da Cultura e tem patrocínio do Banco Itaú, Yaman Tecnologia e Brasil Terminal Portuário. Apoio: Prefeitura de Santos por meio da secretaria de Educação e Cultura, Colégio Objetivo e Câmara de Comércio Árabe-Brasileira. Parceiro de mídia: Grupo A Tribuna.

Programação - 12ª Tarrafa Literária de Santos

Dia 20/11 - 17h30: Abertura

Patrocinadores;

Dia 20/11 - 18h: Mesa 1

Os livros e as pessoas. Leitores, bibliotecas, livreiros, unidos pelo livro como condutor. Autores: Jordi Carrion + Miguel Sanches Neto. Mediador: Rodrigo Savazo;

Dia 21/11 - 18h: Mesa 2

A escrita como espelho. A ficção é um espelho do autor? Todas as obras são de algumas formas biográficas? Autores: Itamar Vieira Júnior + Beatriz Bracher. Mediador: Jorge Oliveira;

Dia 22/11 - 18h: Mesa 3

Mito, religiosidade e cultura. A música, os orixás e outras heranças africanas na obra de dois autores. Autores: Reginaldo Prandi + Luiz Antônio Simas. Mediador: Simone Vicente Correia;

Dia 23/11 - 18h: Mesa 4

Os Ronai nos trópicos.

Uma conversa sobre imigrantes no Brasil, suas histórias e desventuras. Autores: Cora Ronai + Nora Ronai. Mediador: Matthew Shirts;

Dia 24/11 - 18h: Mesa 5

Os ingleses nos mares do Brasil. Relatos de viagem editados e traduzidos por duas pesquisadoras brasileiras, viagens marítimas, piratas ingleses. Autores: Vivien Lessa + Sheila Hue - Livro Ingleses no Brasil. Mediador: Alessandro Atanes;

Dia 25/11 - 18h: Mesa 6

Nos livros, a verdade impressa. No tempo das fake news como os jornalistas podem se defender, nos livros não existem fake news. Autores: Patrícia Campos Melo + Eugênio Bucci. Mediador: Gustavo Klein;

Dia 26/1 - 18h: Mesa 7

A crônica, o poema, a revista. Dois escritores conversando sobre suas produções no campo literário e de um projeto deles em comum, a revista Granta. Autores: Pedro Mexia + Gustavo Pacheco. Mediador: Ademir Demarchi;

Dia 27/11 - 18h: Mesa 8

Da aldeia pro mundo. O sentimento nascido de um pequeno povoado pode ser universal? Os personagens podem levar suas ideias pro mundo a partir de um pequeno lugar? Autores: Otávio Júnior + Adriana Carranca. Mediador: Simone Batista;

Dia 28/11 - 18h: Mesa 9

O sonho não acabou. A anatomia do sonho, as histórias de pacientes, a divulgação científica é o nosso tema. Autores: Sidarta Ribeiro + Edson Amâncio. Mediador: Gisela Monteiro;

Dia 29/11 - 18h: Mesa 10

Vamos conversar sobre a Água? Autores: Erico Hiller. Mediador: Matthew Shirts

Dia 30/11 - 18h: Mesa 11

A Literatura como reconstrução. Como a literatura pode ser um caminho, uma retomada da vida, como leitores e escritores. Autores: Maria Valéria Rezende + Leonardo Padura. Mediador: Alessandro Atanes

Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp